Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

Limpinho, lavadinho e aparadinho

Não há homem que não se pele por um bom bóbó.
Atenção que eu disse bom, o que, como bem sabemos não está ao alcance de todas!
E amigas, quem não gosta de o fazer, escusa de se esforçar, porque para se fazer um bom “alfinete de peito” só quem tenha verdadeiro amor à arte. E quando se lhe toma o gosto..ai, ai que nem vos conto .
Mas o cavalheiro também tem de se esforçar para nos fazer crescer agua na boca!
E estou a falar de uma contribuição anterior aquele momento em que, já despido ou com as calças junto aos sapatos, ele solicita o nosso “mergulho”umas vezes com palavras, os mais bruscos empurram-nos a cabeça par baixo, e os mais subtis com um sorriso guloso e um olhar malandro em direcção ao “gelado” que nos quer oferecer.
Só que, meu caros, gelados….. há muitos ! E nem todos saborosos!
Portanto há que preparar a “sobremesa”. Isto é, se estão interessados num bom bóbó e não naqueles fretes, tipo tá bem, que chatice.. Espero que não me peça nos próximos seis meses, e com um profundo suspiro lá descem elas à “cave”. E é nesta pequena palavra que reside toda a diferença,.
É que as caves, como imaginam, não são sítios lá muito cheirosos. E no tema em questão é no cheiro que está o paladar! Portanto, homens, só lavadinhos de fresco!
E bem limpinhos e cheirosos, e imediatamente antes da coisa, e não um chichi pelo meio, e muito menos com um dia de trabalho com o vosso amiguinho ali fechado dentro das calças, o que, invariavelmente, quer dizer que nos chega ao nariz ( que não participando directamente no assunto, está em cima do acontecimento), o infalível cheiro a peixe podre, e isso, é que não, é insuportável!
Iluminado  o entrave inicial, resta combater o problema final.
O maldito pelinho! É que estamos a falar dos bons, não duvidem: não há bom bóbó sem o pelinho fatal, lá bem no fundinho da garganta, incomodativo e engasgativo, e difícil de tirar como as caraças porque os gajos são fininhos e não saem nem descem.
Para quem não gosta de engolir fluídos..., que ele há gostos para tudo, uma bolinha de miolo de pão, bem ensopada em saliva, para ver se à passagem o raio do pelo se lhe agarra e vai para baixo, é um truque velho mas nem sempre eficaz.
Portanto, nada como cortar o mal pela raiz. Ou seja, depilação genital e ponto final. Com cera, com laser, lamina, creme, ou até pinça, tanto fez desde que o façam … se querem que a malta o faça, e bem feito!

É fácil é barato e não dá engasgo!
 

tags: ,
publicado por Saia-Justa às 10:21
link | favorito
De Lobo a 6 de Abril de 2009
Vou tentar abordar o assunto da forma mais correcta que conseguir e evitar ferir susceptibilidades.
ponto de vista de um homem

Meninas ou senhoras há uma data de pontos dos quais queria falar aqui:
1)conforto
2)força
3)cabelo
4)mãos

Em primeiro lugar, o conforto. É muito importante, para que possa durar o tempo que merece, que ambas as pessoas estejam numa posição confortável. Foi das primeiras coisas que me custou adaptar no início. Pode tornar-se uma actividade muito cansativa para a menina principalmente se ela não fizer pequenas pausas para ajustar a posição e descansar dos movimentos contínuos.

A força. Penso que ainda há muitas meninas com medo de segurar firmemente ou agarrar até com um pouco de força. Há sempre o medo de aleijar. Do conhecimento que tenho o essencial para que se possa aplicar uma força considerável é lubrificação para evitar atrito. Desde que os movimentos sejam fluidos a força só vem como uma forma de prazer. Diria que a saliva normalmente chega, com o cuidado de não a deixar secar, mas existem uma variedade crescente de lubrificantes que mantêm a lubrificação mais duradoura, melhor e podem até acrescer um pouco de sabor à coisa.

O cabelo. Já foquei este ponto num post anterior mas acho importante voltar a focar. Embora seja importante fazer algumas pausas ao longo do processo, torna-se chato e maçador estar sempre a parar para se tirar o cabelo da frente dos olhos, da cara, da boca. Se tiverem o cabelo bem comprido, inclinar a cabeça pode bastar para que não haja problemas, mas se não estiver a funcionar, prendam-no.
Salvaguardo aqui apenas a opinião pessoal do parceiro que pode ser importante. É muito excitante para alguns homens manter algum domínio sobre a parceira ao segura-la pelo cabelo e para isso podem gostar dele solto ou preso.

As mãos. Na minha opinião as mãos são parte essencial do sexo oral e têm uma data de funções. Para começar, no início, em vez de se começar logo à bruta pode ser uma grande ajuda começando-se antes com umas carícias e um pouco de língua. À medida que a acção desenrola são sempre uma óptima forma de pausa para evitar o tal cansaço ou mesmo para o caso de estar a ficar intenso demais e com hipóteses de acabar antes do que era esperado. Mas acima de tudo a mão deve ser usada para dar continuidade à boca. Durante as alturas em que se mantêm um movimento uniforme de entrada e saída da boca, a mão pode acompanhar a boca, aplicando alguma força de forma a, de certa forma, simular uma penetração mais profunda. De uma forma geral isso permite também um menor cansaço a quem está a fazer.

A minha visão geral é esta. Claro que como tudo no sexo a liberdade é total. O objectivo é evitar monotonia. Juntem movimentos novos, truques de língua, sabores, cheiros, toques. Explorem. Inovem. E agora, partilhem
De Saia-Justa a 6 de Abril de 2009
Meu caro Lobo;
Isto é um comentário ou um manual ?
O caríssimo desculpe mas das duas uma a ela primeiro faz um curso intensivo ou é a boca no dito e o manual na mão, aqui entre nós não deve dar muito jeito.
Eu sei que estamos na pascoa.. mas isto é para ressuscitar algum morto?
Está-me cá a parecer que quem pensou nestes pormenores todos nem com uma noite inteiras de bóbós ele se levanta.
De tailleur-e-saltosaltos a 6 de Abril de 2009
ahahahahahaha
Quem não quer ser lobo não lhe veste a pele não é verdade??

O senhor só estava a ser simpático
Mas a teoria é assim mesmo que isto de alfinetes de dama só se lá vai com prática e através do improviso!
De Saia-Justa a 6 de Abril de 2009
Achas que devo desculpas ao senhor?

Puxa mas com tanta táctica fiquei baralhada
De tailleur-e-saltosaltos a 6 de Abril de 2009
Pois....
Esse é um sintoma da idade ou será que te baralhas porque não percebes nada de broches de bòbòs.....etc etc e tal??
De Saia-Justa a 7 de Abril de 2009
Da idade?
Bom já nos entas com muitoooo prazer
Não sou especialista realmente é mais para uso caseiro , e a fofa?
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Elas....

.pesquisar

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.pecados/recentes

. Curiosidades do João "E...

. Realidade ou alucinação ....

. “Cu que não fala é cu sem...

. Quem disse que o tamanho...

. Conversa de WC

. Quem disse...???

. Afinal no que ficamos...?

. Hummm, pode ser quentinho...

. Traição

. Umas dirão que sim, outra...

.pecados/absolvidos

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Tabu, essa é a questão!! Pois garanto que muitos h...
Vou revelar meu segredoNInguém imagina que na inti...
Procuro mulher fogosa para inversão.Tenho cara voz...
SoParaEla.Net ( SexShop , Sex Shop )http://www.sop...
Interessante. E agora, tantos anos depois... Já fa...
Pelo menos eu percebo e adoro quando minha namorad...
Kkkk... o que eu mais gosto é de explorar os lábio...
Macarron chacarron
Mulher, e a coisaa material mais gostosa que Deus ...

.mais comentados

132 comentários
101 comentários
88 comentários
87 comentários
81 comentários
blogs SAPO
Em destaque no SAPO Blogs
pub