Sexta-feira, 17 de Julho de 2009

Sonhos molhados ou anseios escondidos...

Inácia vinha da sua aula de catequese quando se deparou com um bando de miúdos todos excitados a ver os cães a acasalar. Presa de uma legítima indignação, corre os cães à pedrada e desata a pregar moral aos miúdos!

- Seus devassos, seus impudicos, quereis arder no fogo dos infernos? isto é lá coisa que se veja! instintos animais, bestialidade pura! já para casa seus magarefes!

Os miúdos desandaram e ela foi para casa a bufar de indignação. Comeu qualquer coisa leve e depois de deixar a cozinha imaculada, lavou-se fez as suas orações da noite e deitou-se. Mal tinha fechado ainda os olhos quando....

 

«- Se viu rodeada por uma matilha de cães raivosos com membros enormes, dentes arreganhados, prontos a saltar-lhe em cima. Num acto de desespero puro, desatou a fugir pelo meio da mata sem sequer ter consciência dos espinhos que lhe rasgavam a roupa e lhe arranhavam a pele. Foi-se embrenhando cada vez mais no denso matagal, sempre com os cães a rosnar no seu encalço até que num último assomo de energia, produto do desespero, galgou um portal e sá aí se sentiu a salvo. Iluminada apenas pelo luar foi tacteando na escuridão até que esbarrou num corpo, dando conta só então da sua nudez.  A forma que dela se acercou, destablizou-a com o seu cheiro de animal primitivo e pouco depois, tremia de excitação e os seus gemidos impunham-se. Aquilo, mordiscava-lhe os ombros e humedecia-lhe a pele, arrastando os lábios pela base do pescoço. Segurava-lhe os seios com a mão e acariciava-lhe os mamilos com uma língua quente. Inácia não o travou. Atordoada, caiu de joelhos sobre um tapete de musgo e sentiu-o chupar com prazer um mamilo e outro, o estômago distendeu-se e sentiu uma dor aguda entre as pernas que a impeliu a agarrar a cabeça daquela forma indistinta.

O seu ventre foi percorrido com beijos, o umbigo invadido por uma língua quente ao mesmo tempo que umas mãos fortes lhe acariciavam as nádegas e desciam ao lugar mais recôndito do seu ser. Estás húmida e quente ouviu-o sussurrar ofegante enquanto os seus dedos desvendavam essa parte secreta, a sua boca procurou de novo a dele, enquanto os dedos continuavam a friccionar o pequeno vulto entre as pernas. Era tão bela a maneira como se tocavam, como os seus corpos se moldavam, lançou a cabeça para trás e ofereceu-lhe todo o seu corpo.Sem afastar os olhos, deixou-se acariciar até aqueles dedos a penetrarem ao mesmo tempo que o polegar lhe massajava o clítoris. Deixou escapar um suspiro, arfou e depois gemeu. as suas mãos apertaram-lhe a carne, as suas unhas enterraram-se e as suas ancas iniciaram uma dança ritmada e ouviu-se murmurar «Por favor», ao mesmo tempo que a sua vagina se distendia prevendo o orgasmo iminente. Quando por fim a tensão explodiu o seu corpo exprimiu-se em lascivos urros e grunidos de prazer. A sua mão fechou-se em torno daquele membro poderoso e guiando-o foi abrindo as pernas.

Mergulhado naquela húmida tepidez, sentiu o membro duro e pulsante penetrá-la milímetro a milímetro e então, com uma estocada seca e firme, iniciou-se a dança, um movimento ritmado, cada vez mais urgente, ao mesmo tempo que a sua vagina sofria espasmos em volta daquele corpo estranho, apertando-o, contendo-o, incitando-o. Os seus corpos moviam-se a um ritmo selvagem investindo e empurrando cada vez mais fundo. Levantou a cabeça e dirigiu o olhar para onde os seus corpos se uniam, ali onde uns pelos negros se enroscavam no ruivo dos seus. Fechou os olhos e elevou ainda mais as pernas e então começou a agitar-se e a gemer como se estivesse a ter uma convulsão. Louca de prazer, mordeu o punho quando aquela onda de fogo a submergiu. Depois daquele orgasmo, ficaram ambos parados, tensos, presos um ao outro, ele ainda dentro dela, as respirações agitadas contra as peles húmidas....»

 

-Inácia, Inácia, acorda mulher!

-Fiquei aflita faltas-te à missa das seis.

- Que te aconteceu? tens o pulso todo negro....

- Foi só um sonho Tia Emília, só um sonho...

 

-Inácia, vestiu-se e sentou-se para tomar o pequeno almoço mas, em vez da costumeira oração, só lhe acudia ao espírito aquela música :

«Eles não sabem que o sonho

É vinho, é espuma é fermento

Bichinho álacre e sedento

De focinho pontiagudo

Em perpétuo movimento...

 

Eles não sabem nem sonham

Que o sonho comanda a vida...»

Levantou-se danada  a resmungar entre dentes " malditos cães" e abalou para a missa das oito.

 

 

Texto de ficção escrito na posse das minhas faculdades mentais ao abrigo da lei que me permite ser eu própria.

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 09:40
link | confessionário | favorito
26 comentários:
De red_shoes a 17 de Julho de 2009
Lindo este conto...que todas nós temos na intimidade do leito e do pensamento.
De tailleur-e-saltosaltos a 17 de Julho de 2009
Olá

Efectivamente sonhar não nos está vedado nem ainda paga imposto

A hipócrisia é que mancha os sonhos é a tacanhez que os afugenta e a falta do conhecimento de nós e dos outros que os faz abortar.

Mais importante que aquilo que se passa na nossa intimidade ou pensamento será ter coragem de sonhar de olhos bem abertos concordas??

Comentar post

.Elas....

.pesquisar

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.pecados/recentes

. Curiosidades do João "E...

. Realidade ou alucinação ....

. “Cu que não fala é cu sem...

. Quem disse que o tamanho...

. Conversa de WC

. Quem disse...???

. Afinal no que ficamos...?

. Hummm, pode ser quentinho...

. Traição

. Umas dirão que sim, outra...

.pecados/absolvidos

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Tabu, essa é a questão!! Pois garanto que muitos h...
Vou revelar meu segredoNInguém imagina que na inti...
Procuro mulher fogosa para inversão.Tenho cara voz...
SoParaEla.Net ( SexShop , Sex Shop )http://www.sop...
Interessante. E agora, tantos anos depois... Já fa...
Pelo menos eu percebo e adoro quando minha namorad...
Kkkk... o que eu mais gosto é de explorar os lábio...
Macarron chacarron
Mulher, e a coisaa material mais gostosa que Deus ...

.mais comentados

132 comentários
101 comentários
88 comentários
87 comentários
81 comentários
blogs SAPO