Quarta-feira, 15 de Abril de 2009

Ah Valente!!!!

É achei piada á foto!

E vocês deviam ter vergonha disso tudo que vos está a passar pela cabeça...

Vergonha pois!!

E é mesmo por aí, mas quem será que inventou a vergonha?

Será que tal coisa não passa de um mecanismo de defesa aos olhares dos outros?

Afinal de contas nós chegamos ao mundo nuzinhos, despidos de roupas, de vergonhas, de preconceitos, de ideias feitas etc....

Não quero aqui fazer a apologia do nudismo não! Nem tão pouco exaltar o culto do corpo mas a verdade é que a vergonha começa exactamente pelo corpo e depois vai-se espalhando...

Especialmente a nós mulheres, ensinam-nos desde muito novas a ter vergonha do nosso corpo, e no que toca à sexualidade depois é o que se vê e o que se esconde!!

Ter vergonha do corpo que deus nos deu é estúpido mas mais estúpido ainda, é não desfrutar dele.

Que vergonha poderá haver em fazer sexo oral se até se tem prazer com isso? Que vergonha poderá haver no facto de que já todos nós em crianças nos masturbar-mos? Poderá até alegar-se até que é coisa de criança, mas depois não há adulto que não a pratique de quando em vez. Se há de facto falsos puritanismos e muitas conversas do " eu Deus me livre, essas poucas vergonhas não" também não é menos verdade que existe gente com vergonha mesmo. Vergonha de olhar de pedir de falar claro.

Existem inclusive mulheres e homens que se indignam se os respectivos parceiros lhes propõem algo mais arrojado! será mesmo só vergonha,  ou será medo das descobertas que eventualmente irão fazer??

É certo também que nem todas nascemos com as mamas da Pamela Anderson(nem ela aliás), nem todas podemos fazer um seguro de milhões a um par de pernas mas caramba, não basta a casa, o carro....etc que no fundo até pertencem ao banco?. O nosso corpo é efectivamente a única coisa que ainda é verdadeiramente nossa e livre para já, de irs ou irc ou outro imposto qualquer! Portanto toca a desfrutar dele, a dar-lhe uso, utilidade  e gozar, vergonhas para quê??

Vergonha é roubar e voltando á fotografia, rir das vergonhas dos outros estão a ouvir??

Por isso chiu...mais respeitinho seus cuscos!

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 10:50
link | confessionário | ver confissões (22) | favorito
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

E Vocês?

  

 

Vivemos (controlados) por pequenos nadas que fazem toda a diferença, culturalmente reprimidos e castrados.
A sexualidade é um campo fértil para mitos tabus e preconceitos. A nossa cultura  explica os comportamentos sexuais baseando-se em suposições convenientes para determinados grupos. A criação de mitos tabus e preconceitos surge sempre como necessidade de (poder) para alguém.
A maioria deles mais não são mais  de que o perpetuar  de certezas equivocadas e retrogradas.
 Por exemplo:
“o homem é mais competente que a mulher”
“ o branco melhor  que o preto”
”homens de pénis grande são mais homens”
”homossexuais são menos homens que os heterossexuais”
Etc ,etc ,etc...
 Evoluímos, somos uma sociedade moderna e virada para as novas tecnologias queremos estar ao mesmo nível dos melhores, dos mas evoluídos e modernos, mas no fundo mantemos uma mentalidade provinciana, numa mente tacanha e pequena. Preocupamo-nos demais com o que o vizinho faz ou deixa de fazer, com o  que  vizinho diz ou tem, se  está ou não, dentro do que (nós) mesmos achamos aceitável e assim, vivemos agarrados aos nossos padrõezinhos pseudo burgueses.
Eliminar preconceitos é evoluir.
Reconhecer que algumas certezas não passam de mitos e tabus, é darmos a nós próprios a oportunidade de viver uma vida mais livre e sadia. Eliminar o péssimo habito, de o nosso  primeiro pensamento ser critico, é a melhor forma de acabar com preconceitos estúpidos e retrógrados mitos e tabus que quer se queira quer não são um impedimento à felicidade.
O tamanho do pénis é um mito que vem de longe.. sendo que o  pénis, é um órgão do corpo humano como qualquer outro que sofre assim como todos os outros, influencias hereditárias dos nossos pais.
O tamanho do pénis não influencia o tamanho de prazer que o homem possa dar ou sentir muito menos, do poder de ejaculação, mas esse é um dos grandes mitos existentes em relação aos  homens.
O prazer sexual é ainda hoje um grande tabu na nossa sociedade principalmente quando é relacionado com mulheres.
Em muitas regiões do nosso belo pais, muitas mulheres são desestimulada a não ter prazer e encorajadas apenas a “dar-se” ao homem. Tipo tábua, estão a ver?"aqui me tens aqui me queres.." E, se existir prazer deve ser só na parte genital, nunca o erotismo do corpo inteiro, é que assim diminuem as a possibilidade de experimentar prazer e carícias pelo corpo todo e claro que não estimula a intimidade que devemos ter com o nosso parceiro.
Um dos preconceitos mais tacanhos é a descriminação de homens que são mais afectuosos com outros homens.
Alto… este gajo é bicha paneleiro ou seja é conotado como homossexual.
Que estupidamente, ainda  existe muito boa gente que os considera como pessoas inferiores.
Uma coisa que eu nunca percebi,  porque é que um homem não consegue assumir com naturalidade que outro homem é bonito. Faz-me confusão… será uma sexualidade mal resolvida?
Ou simplesmente tem medo de ser conotado como bicha..?
Nós mulheres, somos mais evoluídas e muito mais bem resolvidas.
As mulheres são mais afectivas umas com as outras reconhecem quando uma mulher é bonita e nem por isso  têm medo da conotação de lésbicas. Porque isso é um preconceito estúpido do macho.
O afecto entre pessoas do mesmo sexo não indica nada sobre a sua orientação sexual.
Ser amigo de um homossexual/a só mostra a nossa capacidade de aceitar a diferença e de conviver com ela de forma saudável.
Ideias retorcidas é o que é!
Nem um homem que é gay tem gestos afeminados nem uma mulher lésbica é masculinizada . Até vou mais longe e digo que a maioria dos homossexuais não tem um único tique feminino. ( não sei se diga ainda bem ou é pena… ) porque meus caros se os homossexuais fossem verdes , nem imaginam  a quantidade de pessoas verdes que veriam á vossa volta, inclusive amigos e familiares… e será que vocês manteriam o mesmo tratamento? Pensem nisso. Os gestos e a forma de estar vêm muito da sociedade em que vivemos.
Sem preconceitos, todas as pessoas têm direito á felicidade afectiva e sexual, independentemente da sua orientação. Um bissexual tem tanto direito como um hetero ou como um homossexual. Mas a sociedade insiste em querer controlar tudo…
Um (homem) esperto é aquele que encontra uma pessoa que o satisfaça e o assuma livremente. Sem se preocupar com o que a sociedade diga sobre as suas escolhas. Ninguém me pode obrigar a nada, se uma mulher tem prazer com outra mulher e desejos, não é frustrante estar com um homem (só porque é isso que é esperado) se ela simplesmente não o deseja?
Não é um preconceito estúpido e castrador?
Uma mulher relacionar-se com um homem mais novo é criticada pela sociedade, num homem é aceitável. Assim como é  mais facilmente aceite um homem branco com uma mulher de cor do que o contrario. Quanto ao  branco ser melhor do que o negro... em todos os credos e raças há maças podres, e sexualmente falando , para os que têm o tabu da pila pequena dizem que eles  os batem os pontos..
Existem tantos exemplos de preconceito mitos e tabus que se poderia escrever todos os dias sobre eles, sem nos repetirmos.
A sexualidade ainda esta envolta num tabu tão grande que não acaba de um dia para o outro. Acredito que muitos pais e educadores não estejam preparados para os desmistificar, nem eles nem ninguém. E ainda bem que vamos falando nisso aqui e ali seja em blogs ou não.
Todos nos temos necessidade de nos relacionar de criar vínculos de nos sentirmos queridos e amados, desejados aprovados e aceites. Todos queremos o mesmo, para isso, todos sem excepção têm que desenraizar mitos tabus e preconceitos ancestrais

 

publicado por Saia-Justa às 17:00
link | confessionário | ver confissões (15) | favorito
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

E viva a blogosfera!!

 

E gosto de dizer, viva o discernimento, viva a liberdade de expressão, sem hipocrisias e viva principalmente o sentido de humor… que, aqui é muito relativo. Existem pessoas que só conseguem achar graça no óbvio, e são críticos por excelência. Os sabe tudo que são exímios a julgar os outros. E como todos nós sabemos, é muito dúbia, a arte de julgar os outros. A verdade é que nem tudo o que parece é… é quase o mesmo que dizer, abre a pestana e olha duas vezes talvez consigas ver mais que o teu próprio umbigo.
Sexo é uma bênção!  Uma das melhores actividades físicas. Quando mais se faz, mais se quer!
E falar de sexo não faz das mulheres libertinas, desavergonhadas, putas ou pecadoras. Muito menos frustradas ou vagabundas.
A mulher de César não tem que ser séria, mas parecer. Mas que ideia mas ultrapassada.. para terem ideia, é do tempo dos romanos.
Hoje falar de sexo é um direito que todos têm, independente do estado civil quer seja homem ou mulher.. 
Afinal é praticado por todos, ou não?
 Quem é que não gosta de uma boa foda? Quem é que fica satisfeito se não atingir o orgasmo? Quem é que nunca praticou sexo oral? Existe alguém que não tenha fantasias..? Quem é aquele ou aquela que mesmo casado, nunca olhou para o lado? Para alguns falar de sexo e utilizar linguagem obscena é péssimo, para outros é óptimo. Quem é que nunca disse ou diz uma palavrão quando está envolvido quando faz sexo?
Falar e escrever sobre sexo é natural!
E o que é que isto faz de nós…? Vagabundas, galderias ..? Claro que se uma mulher falar de culinária, ( o sexo é tão natural como comer), não lhe fica mal, até há quem pense que só lhe fica bem, afinal é um tema bem feminino que elas dominam….agora escrever que tem prazer, desejos, e chamar os bois pelos nomes, alto lá..!!!
Ou é uma desesperada, uma mal casada, ou procura gajo ou sabe mais deus o que. Não é por esse motivo que a mulher é mais ou menos leviana,  mais ou menos praticante da traição ou da infidelidade.
Ai a pena que tenho de pessoas sonsas, boazinhas, ”modestíssimos” sem ser modestos, falsos moralistas. No melhor pano cai a nódoa e, por normal há que ter mais cuidado com as aguas paradas do que com o mar revolto.
Não sei se é moda ou um cliché dizer mal, ninguém quer, ninguém faz questão… quase todos de uma maneira ou de outra vão deitando aqui e ali uma acha para o fogueira. Também existe a velha máxima: quem casa não pensa e quem pensa não casa. O que é certo é que todos ou quase todos, salvo raras excepção acabam por passar por ele, todos (um dia) sonham com esse dia, e independente do tempo que dura o casamento é um ritual que deixa marcas e recordações, boas ou más… depende, cada caso é um caso.
Chega um momento da nossa vida em que começamos a pensar, seriamente, em juntar os trapinhos. Namoramos e depois, em geral, queremos casar, montar a nossa casa, ter filhos e viver felizes para sempre…
Sim aceito! E agora? A vida depois do vestido de noiva…
Deixa de ser ter opinião ou simplesmente somos a mulher como a mulher de  César ???
Devem as mulheres ser recatadas, anularem-se deixar de ter opinião só porque os outros podem pensar: a tipa deve ser fresca…
Casar pode ser óptimo não é sinonimo de infelicidade muito menos de rotina ou falta de sexo. Isso é uma tremenda mentira. Muito menos é verdade que quando  acaba a surpresa de uma nova piloca e de novas  acrobacias sexuais... acaba  o fogo ou inevitavelmente  aparece outra pessoa, tretas.

Também não é verdade que as mulheres são tão infiéis como se diz nem os homens como se supõe… é verdade que existe de tudo.. mas também não é menos verdade que ainda existem casamentos felizes sem traições /infidelidade. Não quero dizer com isto que elas são santas, ou eles pouco homens.. a paixão é efémera acende-se e apaga-se como um fósforo mas o amor é real, e se existe, meus amigos não há volta a dar a coisa resulta.
Criatividade na cama há quem diga que o “negócio” é ser criativo. Criatividade para evitar que a rotina fira de morte o prazer. Pensar  em que medida já vencemos os nossos tabus e qual é o nosso  grau de satisfação nos  encontros amorosos debaixo  dos lençóis.
 Será que os resultados espelham o que acontece na cama?
O sexo não é apenas  um ritual ditado pela afeição, também é uma coisa de pele, de instinto, cheiro, tesão, brincadeira, etc etc . tem que dar felicidade, amor-próprio, prazer, alegria e saúde mental.
No casamento, as mulheres hoje não esperam mais passivamente, o prazer, vão buscá-lo, com energia e imaginação.

Uma boa parcela, de facto, ousa nas estratégias…. desde o striptease ás surpresas.. elas sabem o que querem e como querem. 

Falam de sexo sem pudores, opinam, não têm vergonha de o fazer, e, até escrevem sobre o assunto não sendo por isso umas ordinarias.
Eu chamo a isto mulheres bem resolvidas e de bem com a vida, e outros  chamam de gente "estranha"…  e até dizem: A minha mulher não é assim, blá, bla,´blá ... está deve ser é  mais uma cabra.

E elas também os julgam a  eles… o meu marido..? Não se eu sei que faz uma coisa desta está despedido..
Pois vivam lá a ilusão dos vossos seres, (perfeitos)... mas lembrem-se não ponham os "anjinhos" nas alturas, porque normalmente quanto mais alto se está pior é o tombo.
Casamento pode ser óptimo, com respeito, como em tudo na vida.
Dizem  das mulheres casadas, não estão interessadas em sexo com os maridos. 

E também dos homens que não estão interessados em sexo com as respectivas.

O problema não é geralmente a falta de desejo sexual , é que eles não estão interessados em sexo com os parceiros, o que lhes falta na maioria das vezes é apimentar a relação e inovar… esquecer que o casamento não é só regras mas muito tesão, muita foda, e até  muitas palavras obscenas.
Nem todos são perfeitos é um facto.
Quando se começa a achar difícil recordar-se da razão por que algum dia pronunciou o Sim..!! falar em tesão até pode ser uma maldade. Não adianta querer inventar quando não há tesão. Sem libido, não dá para ser criativo. É ele que gera criatividade nas relações. Definitivamente, não adianta espelho no teto sem tesão”
Homens, mulheres, independente do estado civil.. deixem-se de merdas e de criticazinhas da treta. Julgar os outros é fácil quando esquecemos os agreiros nos nossos próprios olhos.

Não confundir sexo com pornografia muitos menos misturar estações. Escrever sobre sexo não é obrigatório  que se fale na primeira pessoa.
Mas se há coisa que me delicia aqui na blogosfera são os falsos moralistas e pregadores do moral alheio. Criticam mas opinam, comentam lêem e não deixam de ler. Há quem defenda que criar um blog serve para transmitir sabedoria, a sua! são os egocêntricos mas tudo bem, errar é humano!

A esses não serve o  Vivam e deixem viver...
Caramba, liberte-se das questões mesquinhas e deixe que uma boa gargalhada o faça lembrar o que de bom existe sobre falar, escrever e praticar sexo.

RIA, pela sua saúde e deixe-se de clichés e frases feitas!

publicado por Saia-Justa às 14:11
link | confessionário | ver confissões (13) | favorito

Mirones....

Shiu.......Amiga tás aí??

Que sonho esquisito!! Imagina lá tu que acordei com a sensação de ter uma data de olhos a espreitar, uma série de focos apontados, olhos que parecem pontos de luz.

Deve ter sido das luzinhas da Páscoa.....

Sabes aquela sensação de estares a ser observada? Xiça que desagradável, tu estás ali e só sentes olhos!!

Ninguém fala, ninguém participa, tu falas, perguntas opinas e nada.

Silêncio e não não é para cantar o fado é silêncio mesmo!

De quando em vez, esse mesmo silêncio é cortado por alguém mais corajoso,  mas nada de muito relevante.

Porque raio porque será??

Será que a crise é desculpa também para a falta de tomates? Será que é mais fácil, mais cómodo espreitar só, e a partilha, a discussão, a interacção?

O debate de ideias e opiniões é tão mais saudável, será que ninguém tem nada a dizer?

Será medo, descaso, falta de tempo?

Será que virou passatempo nacional? É fodido, afinal aqui nem há pecado, será por se falar em bom português, por se chamarem as coisas pelos nomes sem falsos pudores?

Ou será pela gargalhada?? É que espreitadelas á parte nunca me ri tanto na minha vida!

E rir, é tão bom ,faz tão bem como ter sexo.

Xiça amiga, sabes que acordei e afinal não foi sonho!! As espreitadelas continuam, tantos olhos! Filhos da mãe, parecem  almas penadas!

Cum caralho, ainda bem que tás aí....

 

 

 

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 12:50
link | confessionário | ver confissões (2) | favorito
Domingo, 12 de Abril de 2009

Aleluia.....

 Aleluia é uma palavra cara aos católicos mas não só!

Tem a ver com ressuscitar, mas contextos há vários e palpita-me que nos nossos dias "Aleluia, aleluia" é dito e sentido cada vez com mais fervor e pouco terá a ver com religião.

Mas tem a ver com milagres sim! É sabido que a idade não perdoa.

Um homem nasce, envelhece e morre. Só que antes de bater as botas para todo o sempre, regra geral há uma coisa que morre muito...muito antes, a virilidade.

Acontece a todos, os que usaram que abusaram e até aos que se mantiveram virgens.

E, esse suponho eu, é o castigo maior para qualquer homem. Agora imaginem, um típico macho latino que se banqueteou também regra geral, bem menos do que o que diz, querer comer e não ter como....Imaginem aquele outro que até é solitário, ali a cansar a mão e a não conseguir nem um estremecimento...Imaginem a raiva daquele que até tem dinheiro e paga a meninas cada vez mais novas para tentar que lho levantem e não adianta, está murcho e por mais que lho reguem, que lho estiquem, que lhe soprem nada...è fodido não é? Quer dizer deve ser....

Mas eis que de repente surge o viagra!

Aquele comprimidozinho que tanta gente afirma que não que não toma, ainda não precisa, e que emborca e de tal maneira que por vezes até embarca de vez.

Isso sim foi a descoberta do século!

Agora, até os velhinhos que ficam tão depressa sexualmente excitados quando vêm um bom par de mamas, a conseguem levantar e milagre dos milagres até ejaculam.

 Imaginem pois de lá para cá, a quantidade de Aleluia, aleluia, aleluia, ....ale-lui-a que têm sido cantados!!

Realmente, ficarmos sem a única coisa que na maioria das vezes, só vale a pena num homem, era muito injusto daí que não sei quem cantará mais.....

Mas convenhamos que de repente ter uma coisinha murcha que se transforma nisto, hui...Até os anjos dizem amãe....

 

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 09:52
link | confessionário | ver confissões (3) | favorito
Sábado, 11 de Abril de 2009

Vale tudo menos tirar olhos..

 Um homem foi obrigado a casar com uma (cabra), no Sudão.
Não comecem já a ter ideias, uma cabra mesmo, daquelas de  quatro patas e malhadas.
Porque isto do sexo ainda há quem pense que só porque mexe é mulher, e se não estás tu vais tu mesmo.. 
Este,além de ter outras "falhas"  também é burro..
Descuidado, e após ter sido apanhado em flagrante a ter relações sexuais com o animal, Tombe não teve escapatória.
O dono da cabra, identificado como Alifi, disse que ficou surpreso quando encontrou o homem com a sua cabra.
Deixou-o acabar o trabalhinho, e “deteve” o invasor, vai dai, chamou o conselho de anciãos da sua aldeia para resolver a questão.
Depois de muito pensar só se via uma solução à vista, (visto que a cabra era virgem) o conselho decidiu obrigar  o homem a reparar o “erro” casando com a dita cabra, e a pagar um dote ao dono da cabra.
“Nós demos-lhe a cabra e, até onde eu sei, eles continuam juntos”, disse Alifi.
Que ternuerento..
Alifi, que mora na região do Alto Nilo, no sul do país. Disse também a  um jornal sudanês que ouviu um barulho por volta de meia-noite do dia 13 de Fevereiro, saiu para verificar e encontrou Tombe com a sua cabra.
As horas tardias, seria para não ser apanhado pelo bode...? ???
 “Quando perguntei o que ele estava a fazer ali, ele caiu de cima da cabra. Eu apanhei-o e amarrei-o,” disse Alifi.
O dono da cabra chamou os anciãos para lidar com a situação. “Eles disseram que eu não deveria ir à polícia, mas que devia pedir um dote, pois ele estava a usar a minha cabra como ‘esposa’”, contou Alifi.

Bem visto..!

Espero que sejam felizes :)

 

publicado por Saia-Justa às 17:35
link | confessionário | ver confissões (13) | favorito
Quinta-feira, 9 de Abril de 2009

O lobo é "mau" mas sempre nos come melhor

Na Mira do Lobo Mau 

 Uma coisa tenho que reconhecer! Os homens são muito mais unidos, têm por assim dizer um pacto de” irmandade".
Não à regra sem excepção … também existem muitos patos bravos.
 Mas, se as mulheres  possuíssem  10% da união dos homens, hoje, estávamos, sem sombra de duvida muito mais libertas de preconceitos idiotas e sem tantas criticas mutuas.
Quando um homem  têm uma vida sexual muito activa, é visto pelas mulheres de forma positiva, um conquistador, um verdadeiro macho latino  o gajo popular que todas querem.  Desconfio até  que a maioria não se importava nadinha  de ser(passada a ferro) por um tipo assim.
Já quando a mulher tem a mesma conduta, são as próprias  as primeiras a criticá-la.
Começa à boca pequena um titi um diz que disse!
Sabes a ultima..? Então vê lá que a cabra da (X) foi apanhado com o (Y) bom aquela gaja é mesmo uma vaca.... era bem feita que o (W) soubesse!
Mas não contes a ninguém, ok?
Mas passado cinco minutos  já está  a contar a mesma  historia a outra pessoa e aumenta sempre um pormenorzito ...

Foda-se a mulher para  denegrir moralmente a outra é tramada.
São  extremamente complacentes com os erros masculinos e implacáveis com o mínimo erro feminino. A falsidade é a tónica do processo e, não são  raras as vezes, que  coloca a outra em situação desagradável.
E pode desencadeasse a terceira guerra mundial , quando se  sente ameaçadas por outra mulher , então quando o assunto é homens....
 É normal uma mulher acusar outra de ter roubado o marido poucas vezes lhe passa pela cabeça que o “pobrezinho “ quis ser roubado.
A  mulher não conquista um homem,  disputam um homem, competem e guerreiam entre si pelo macho e usam  todas as armas para o conquistá-lo. As casadas olham as solteiras como verdadeiros inimigos da sua felicidade.

Amigas, só de mulheres casadas, como se fizessem parte de um clãs  de defesa da felicidade conjugal. 
Mas isto não é de agora... ai  não é não!
Tudo começa lá atrás com as nossas mães...
Mas afinal o que é que toda a gaja quer ... ou espera encontrar?
Um tipo que lhes diga: Pois é Miúda..Tenho uns braços tão grandes para te abraçar melhor. Tenho umas orelhas tão grandes porque te quero ouvir bem. E os olhos…bom os olhos são tão grandes só para te ver melhor e com toda a tenção. Quanto a esta boca.. minha linda, é mesmo para te comer melhor e saborear.
E o que é que as nossas mães faziam, o que era… com medo que o tipo se esticasse e dissesse, e sabes para que serve isto que tenho aqui entre as pernas???
 Filha isto é o lobo mau!! Mau….???
 Afinal até era um tipo romântico. Queria abraçá-la melhor, atencioso queria ouvi-la melhor, sensível queria vê-la melhor e sente-se arrebatado pelo desejo tem boca e estava desejoso de a usar e se lhe dessem tempo o pénis também.
Mas as mulheres sempre foram umas grandes idiotas…

Ainda acreditam em historias de encantar, e vai dai, em vez de aproveitarem as oportunidades que as vezes  vida lhes proporciona…Não, preferem fazer como a outra.. aquela    grande parva , que não só nunca tira aquele capuchinho vermelho e ridículo e muito pouco sexy .

Que escolheu  cair nos braços da avozinha (que até pode ser uma lésbica desavergonhada, a gente sabe lá) e promete nunca mais querer conversas com o Lobo, a  grande parva, não sabe o que perde…
Bom mas isto é a historia que se conta, porque sempre me pareceu que esta historia dos lenhadores salvarem (salvo seja) a piquena das garras do mauzão está muito mal contada..
Diz até quem sabe, que quando a noticia se espalhou e o pessoal chegou à cabana (sabem como é o português… nunca vai um vão logo dois ou três) que estava a avozinha o lobo e o capuchinho completamente  nus em amena cavaqueira.
 Claro que isto não foi noticia, era hard core.
A mentalidade da mulher sempre foi tacanha para com as outras.
E isso sempre nos foi transmitido desde a infância. Se não vejamos… o príncipe encantado, sempre nos foi “vendido” com um herói de cavalo branco o que todas as miúdas deviam esperar… Tretas o tipo era o maior desavergonhado e inconstante dos homens.
Ora andava com a Bela Adormecida ora dava umas quecas  com a Cinderela, e não satisfeito, sempre que podia esbaldava-se com a Branca de Neve.  Dizem até de quem têm sete filhos….
Sinceramente, entre um príncipe infiel mulherengo e com cara de anjinho  eu sou muito mais pelo lobo mau,  sempre nos quer comer melhor.
E vocês o que escolhiam ..???
 

E por falar em historias infantis.
Quando somos pequenas, lambemos o gelado com paixão... mas também com tristeza, porque aquilo minguava com cada lambidela.
E agora, aprendemos alguma coisa…?

publicado por Saia-Justa às 11:45
link | confessionário | ver confissões (32) | favorito
Quarta-feira, 8 de Abril de 2009

Infiel fidelidade

10

As meninas boas vão para o céu!
E as outras? Bom, a outras vão para onde querem, ou seja para todo o lado.. vão há luta !
E fazer a selecção..? pois é, ai é que ela vai… mas de modo simples vamos dizer assim, meninas boas: São aquelas gajas que parece que não partem um prato, pudicas, recatadas e bem comportadas e na volta vai-se a ver aquilo é cacos por todo o lado… nem sei se o melhor é fazer um contrato com a “vista alegre” ou utilizar pratos de alumínio.
As outras… ok, há até quem lhe chame as “más” são frontais, exigentes e normalmente sabem o que querem e assumem. Têm desejos e  vontades .
 Já lá vai o tempo das  frageizinhas a “presa” agora também são  predadoras.. E porque não? Isto assusta os machos…?claro que assusta, principalmente os mal resolvidos.
Mas que diabo é isto…? As  gajas a darem quecas  só por prazer …!
Elas chegam pegam vêm-se fazem-nos vir, e adeusinho..!
Á mulher associasse  o sexo por amor, ao  homem, bem aí é como lhe convém, dizem que sabe separar sexo de envolvimento afectivo.
Mas eu sou mulher, e acho isto uma baboseira de todo o tamanho uma hipocrisia e só acredita quem quer.
Há muito muito tempo, (ou seja ainda ontem…) toda a mulher que desse uma escapadinha, que saltasse o muro, ou falando bom português, mijasse fora do penico era punida.
Pela sociedade, pois que se lixe...
Pelas outra mulheres até pelas amigas, invejosassss e frustradas porque assumir  que se quer dar uma boa foda, e atenção, não estou a falar de amor mas tesão puro e duro, não é para todas.
E pelos homens … Eles podem tudo, desde procurar as tais profissionais do sexo até ter um ligeiro deslize com uma colega de trabalho.

É aqui que entra aquela velha (e aqui entre nós gasta até ao tutano) frase : Se elas se oferecem eu não sou paneleiro!

Ou ainda a desculpa esfarrapada: Não significou nada  foi só sexo.
Até aqui até entendo, só não entendo é que se for a "respectiva" a fazer o mesmo é uma puta , uma vaca e merece um tiro nos cornos.
 ( um pormenor, neste caso o curnudo é ele)
O sexo é booom, é óptimo..! faz bem a pele melhora o humor e dá saúde. Amor e sexo não têm que estar associados coisíssima nenhuma.
Existem traições, adultérios? Claro que sim! Quem trai mais, eles ou elas..?
Isto dava pano para mangas.. deve ser equitativa a percentagem nos machos e nas  fêmeas.
Existem é muitas formas de trair..
Porque  adultério ou  traição que é a mesmíssima merda, acontece sempre que um dos dois se envolve mental ou fisicamente com uma terceira pessoa, não acham?
Mas, desde que os outros não saibam não vem mal ao mundo.
Mas não me venham com merdas a vender-me a ideia de que na mulher é condenável e no homem aceitável..
E a  treta dessa história de que não havendo contacto físico não há traição também me parece uma boa desculpa… foi só intenção..

Será pois por isso que dizem que de boas intenções está o inferno cheio?
Meus amigos, isto de “Trair e coçar é só começar” se lhes tomam o gosto tá bem tá..


Desde 1982 que o adultério deixou de ser considerado crime pela lei portuguesa. Mas este continua a ser, como é (óbvio), um motivo que leva ao divórcio.
Como é (obvio), também é boa… depende dos casos, não é?

Pois é meus caros:)
A religião (para não dizer a igreja), sempre nos fez acreditar que :

Adultério = traição = pecado.
 Mas o pecado era e é sempre associado há mulher. Eles os grandes machos , é  puro sinal de virilidade quantas mais melhor, e se não têm inventam, porque garganta também não lhes falta.
A Bíblia diz “Não adulterarás.”
Cobiçar a mulher alheia é uma forma de adultério.
Cobiçar a mulher do próximo, ui  ui isso eles tiram de letra… É um pecado gravíssimo. Já nós mulheres, que sempre fomos “crucificadas” e até  condenados por lei, por adultério, não vemos  escrito em lado nenhum que tal seja pecado, cobiçar o homem da próxima.
Cobiçar a mulher alheia sim está escrito! O homem alheio não, portanto não deve ser pecado!!
 O que só prova que durante anos e anos nos andaram a enganar com esta grande mentira. O que sempre nos foi impingido é que:  A traição existe quando surge  uma terceira pessoa num relacionamento, ou quando um dos dois se esbalda por fora sem ninguém saber.
E eu pergunto: E quando o relacionalmente é serio e saudável, mas se por obra dos destino, nos cruzamos com alguém que nos faz virar a cabeça, que provoca um arrepio na pele, um calor no corpo que se transforma em formigueiro e o tipo até está a jeito..? E pensamos assim, tipo…uauuuuuuu...mas que grande foda que lhe dava!...
Ele até está ali à mão e até colabora… Vamos  dizer que não, e deixar que nos  chamem fufa? Ou comemos  e seguimos  alegremente para casa? Afinal  e não significou nada, foi só sexo..
Esta teoria masculina, deve ou não ser aplicada as nós mulheres?
Traição ou adultério foi só um nome que lhe deram e não acabará jamais, seja boi ou seja vaca, até porque tudo o que é proibido tem sempre uma certa atracção não é?
Na maioria dos casos não será fatal e vão valendo as hipocrisias e as aparências.
Quem trai mais portanto??
Eu atrevo-me a dizer que hipocrisias à parte será sempre o que puder mais!
Traição ou intenção? não importa desde que não se saiba....

 

publicado por Saia-Justa às 10:42
link | confessionário | ver confissões (20) | favorito

vaidade ou luxúria?

Esta é caso para dizer, limpinha, lavadinha e careca!

Nós mulheres e estrebuchem o que quiserem seremos sempre eternas escravas da moda.

Ele são séculos de escravidão, no que se refere ao corpo. Desde o espartilho ao silicone, fazemos de tudo para modificar o que deus nos deu.

Será só vaidade? Será só para nos sentirmos bem? ou será que mascarada de tudo e mais alguma coisa é só luxúria mesmo?

Seja como for, até na induzida escravidão ninguém nos pode acusar de não sermos criativas!

Depilar é palavra de ordem que mulher peluda, ou sofre de excesso de hormonas ou é fufa.

Vai daí toca a sofrer, ele é pinça, laser, cera quente, cremes depilatórios, uma verdadeira guerra ao pelo e, em caso de emergência até a gilete deles!

Mas, vamos debruçar-nos, sobre pelos púbicos, pubianos ou os conhecidos pentelhos.

Há quem afirme que os mesmos têm como função proteger os órgãos sexuais, outros que servem como estímulo sexual. Pois, mas hoje em dia vivemos na era da rata careca ou no mínimo decorada! Porque será?

Uma rata será sempre uma rata, limpinha, lavadinha cheirará sempre a rata, agora quanto ao visual isso aí já é outra cantiga!

Não passa por escolher só o método para exterminar o pelo não, existem uma variedade de modelos á escolha com direito a catálogo e tudo. O visual pode ir desde rata radical(careca) á moicana, á rata celebridade, sweet moon, exclusiva, siga este caminho, fruto do pecado etc,etc,e tal...é tudo uma questão de gosto e personalidade.

Gostos não se discutem é certo mas a propósito de personalidade, reza uma antiga lenda chinesa que os pentelhos revelavam a personalidade da mulher. Pelos negros e abundantes mostravam uma mulher guerreira, pelos espessos e cerrados uma mulher apaixonada, pelos dourados uma mulher bondosa e... carequinha de todo?? alguém se atreve a opinar??

É mulheres há muitas e também não há duas ratas iguais. Com pelo ou sem pelo convenhamos, elas querem-se é com personalidade.....

 

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 01:54
link | confessionário | ver confissões (7) | favorito
Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

Limpinho, lavadinho e aparadinho

Não há homem que não se pele por um bom bóbó.
Atenção que eu disse bom, o que, como bem sabemos não está ao alcance de todas!
E amigas, quem não gosta de o fazer, escusa de se esforçar, porque para se fazer um bom “alfinete de peito” só quem tenha verdadeiro amor à arte. E quando se lhe toma o gosto..ai, ai que nem vos conto .
Mas o cavalheiro também tem de se esforçar para nos fazer crescer agua na boca!
E estou a falar de uma contribuição anterior aquele momento em que, já despido ou com as calças junto aos sapatos, ele solicita o nosso “mergulho”umas vezes com palavras, os mais bruscos empurram-nos a cabeça par baixo, e os mais subtis com um sorriso guloso e um olhar malandro em direcção ao “gelado” que nos quer oferecer.
Só que, meu caros, gelados….. há muitos ! E nem todos saborosos!
Portanto há que preparar a “sobremesa”. Isto é, se estão interessados num bom bóbó e não naqueles fretes, tipo tá bem, que chatice.. Espero que não me peça nos próximos seis meses, e com um profundo suspiro lá descem elas à “cave”. E é nesta pequena palavra que reside toda a diferença,.
É que as caves, como imaginam, não são sítios lá muito cheirosos. E no tema em questão é no cheiro que está o paladar! Portanto, homens, só lavadinhos de fresco!
E bem limpinhos e cheirosos, e imediatamente antes da coisa, e não um chichi pelo meio, e muito menos com um dia de trabalho com o vosso amiguinho ali fechado dentro das calças, o que, invariavelmente, quer dizer que nos chega ao nariz ( que não participando directamente no assunto, está em cima do acontecimento), o infalível cheiro a peixe podre, e isso, é que não, é insuportável!
Iluminado  o entrave inicial, resta combater o problema final.
O maldito pelinho! É que estamos a falar dos bons, não duvidem: não há bom bóbó sem o pelinho fatal, lá bem no fundinho da garganta, incomodativo e engasgativo, e difícil de tirar como as caraças porque os gajos são fininhos e não saem nem descem.
Para quem não gosta de engolir fluídos..., que ele há gostos para tudo, uma bolinha de miolo de pão, bem ensopada em saliva, para ver se à passagem o raio do pelo se lhe agarra e vai para baixo, é um truque velho mas nem sempre eficaz.
Portanto, nada como cortar o mal pela raiz. Ou seja, depilação genital e ponto final. Com cera, com laser, lamina, creme, ou até pinça, tanto fez desde que o façam … se querem que a malta o faça, e bem feito!

É fácil é barato e não dá engasgo!
 

tags: ,
publicado por Saia-Justa às 10:21
link | confessionário | ver confissões (40) | favorito

.Elas....

.pesquisar

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.pecados/recentes

. Curiosidades do João "E...

. Realidade ou alucinação ....

. “Cu que não fala é cu sem...

. Quem disse que o tamanho...

. Conversa de WC

. Quem disse...???

. Afinal no que ficamos...?

. Hummm, pode ser quentinho...

. Traição

. Umas dirão que sim, outra...

.pecados/absolvidos

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Tabu, essa é a questão!! Pois garanto que muitos h...
Vou revelar meu segredoNInguém imagina que na inti...
Procuro mulher fogosa para inversão.Tenho cara voz...
SoParaEla.Net ( SexShop , Sex Shop )http://www.sop...
Interessante. E agora, tantos anos depois... Já fa...
Pelo menos eu percebo e adoro quando minha namorad...
Kkkk... o que eu mais gosto é de explorar os lábio...
Macarron chacarron
Mulher, e a coisaa material mais gostosa que Deus ...

.mais comentados

132 comentários
101 comentários
88 comentários
87 comentários
81 comentários
blogs SAPO
Em destaque no SAPO Blogs
pub