Segunda-feira, 27 de Setembro de 2010

Traição

Traição que palavra mais feia...

Não é justo que alguém a quem respeitamos, alguém a quem consideramos, a quem nos entregamos e principalmente alguém que sempre olhamos com uns olhos puros nos traia!

É horrível, incrível, ela, que sempre me tratou com tanto esmero,(até me chamava Mãezinha), foi capaz de me encornar!

Tudo bem que ultimamente não lhe dava a minha total atenção, ó pá acontece, é o stress, o cansaço, a mudança de estação, a falta de sol, mas, Eu não Merecia!!!!!!

Não merecia e não mereço!

 Talvez devesse ter tido mais atenção; perceber porque andava ela tão calada, tão exausta, tão cheia de trabalho...

É o que dá achar que o pecado não existe:)

 

Nisso ela não mentiu, desde sempre se assumiu Pecadora mas porra, encornar-me. Nem estou em mim!!

Pensar eu que ainda no outro dia ela me contou aquela anedota, (será que era anedota?), lá do tal pintor:

 

- Estou a precisar de pintar o apartamento, mas trabalho o dia inteiro e chego cansada.

  Tentei contratar um pintor, mas ele pediu os olhos da cara.
  Então  tive uma ideia:
- O vizinho ali do lado está de férias e pintar paredes é o seu hobby. Quem sabe ele é capaz? 
  O vizinho como é obvio, aceitou feliz a oferta. Com a lábia que tinha, mal começou a pintar o apartamento, conseguiu levar a mulher pra cama.  Só que não contavam que o marido se ia esquecer dos documentos em casa e voltar para pegá-los. A mulher, ouvindo o marido abrir a porta da sala, correu para o banheiro. Quando o marido chegou ao quarto encontrou o pintor todo nu, em cima da escada, dando umas pinceladas na parede. Aos berros, ele perguntou:
- O que é isso? Você começou pelo quarto?
- Ora, eu estou a pintar de graça, começo por onde quiser.
- Mas nu?
- E você queria que eu manchasse a minha roupa de tinta?!!
- Mas de pau duro?
- E você queria que eu pendurasse o balde aonde???

 

Nem quero acreditar que a mudança de visual aqui do espaço, foi em vez de uma bela surpresa, uma espécie de aviso!

 

Mas o que dói mais ainda do que, "O Corno é sempre o último a saber", é saber que ela me trocou por uma coisa insipida, sem substância, viciante, alucinante e patética.

Um tal de face book imaginem!!

 

Ah! mas ela vai pagar ohhh se vai...não me chame eu PECADORA!

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 11:59
link do post | confessionário | ver confissões (9) | favorito
|
Segunda-feira, 6 de Setembro de 2010

Um erro ou arriscado...??

Muito tentador mas não será demasiado arriscado…?

Será um erro? Ou é inevitável?
Não há certezas de que a motivação masculina para a infidelidade seja diferente da feminina, embora se diga o contrário. Diz-se que a deles é sexual, a delas emocional….
Não sei não…!!! Parece-me a mim chão que já deu uvas…se não vejamos.

Há uns anos atrás, as mulheres evitavam os chefes. Hoje, não se importam nada de os degustar à sobremesa.
Quantos homens ou mulheres (comprometidos) já não tiveram um caso com um colega de trabalho….? Bom sempre é mais fácil com o colega de que com o chefe… Até porque os efeitos colaterais são menores … Se a relação com o chefe corre mal, arrisca-se a perder o amante e o emprego; se for entre colegas só tem de respirar fundo e ter paciência.
Mas as vezes, a  atracçãozinha e ir pedir “colinho” a outra freguesia. Pode ser irresistível... arriscado, mas muito irresistível…
Afinal de contas o que é que nos leva alguém comprometido a sentir-se atraído por uma pessoa?
 Será tesão, atracão fatal, ou uma grande falta de vergonha?
Dizem os entendidos, que a causa principal é o cheiro, quem diria, não é…
Aqui ente nós, parece-me a mim uma bela treta…
Quem é que nunca “comeu” alguém com os olhos a um par de metros de distancia..?
A menos que um dos intervenientes tenha cheiro de doninha, convenhamos que terá que ter um olfacto acima da média para lhe conseguir sentir o cheiro…! O que não impede uma boa foda oftalmológica.
Também se diz, que no verão todos nós temos o olfacto muito mais apurado… (embora ainda exista por ai muita boa gente com o nariz entupido durante o ano inteiro…) Possivelmente deve ser por isso que após o verão surgem mais crises conjugais e até divórcios.
A aliança também pode ser um argumento irresistível, de peso…

Se por um lado dizem que é, ou deveria ser inibidor de (…) por outro, o perigo está no anel.
HÁ quem defenda, que o facto de a pessoa ser comprometida têm as suas vantagens… dá mais estímulo, entusiasmo e atracção sexual.
Tenho uma amiga, que costuma dizer:

Não há nada mais atraente do que um homem aliança no dedo “O cão é facultativo, eu por acaso até gosto mais de gatos…
"Quer se queira quer não, a infidelidade é normal, algumas questões culturais é que viram fazer com que não pareça, e impor regras, a infidelidade faz parte da natureza humana.
Há por ai variadíssimos estudos, e qualquer revista de cusquice que se preze, não tem dúvidas em afirmar, que os homens são mais infiéis que as mulheres.
Ora se os homens têm mais parceiros sexuais do que as mulheres, como esses estudos indicam: Ou há por ai uma grande quantidade de mulheres hipersexuais (umas verdadeiras malucas) que andam a fazer sexo a torto e a direito, com uma quantidade enorme de homens, e tudo que vem  á rede marcha…
Ou os homens mentem descaradamente no número de conquistas. Ou serão elas, as mulheres, que exageram as suas virtudes…?
Das duas três, isto é quase matemática, é ou não é..???
Associamos quase sempre traição /infidelidade a um jogo sexual. E quer se queira quer não, quem controla este jogo são elas, é o comportamento sexual das mulheres ao longo do tempo que dita as regras, define com quem, e quando … ela é que dá o sinal para o homem avançar …
Mesmo num simples  flirt ,elas são as protagonistas. Muito raramente um homem se aproxima de uma mulher se não recebe previamente sinais …

A linguagem corporal é quase sempre o mote da sedução, e aqui entre nós, essa é uma arte em que nós mulheres somos exímias … Mas as vezes é bom que eles pensem o contrário… faz-lhe bem ao ego e a nós até nos dá um certo jeito…
Ora estava Moisés no Monte Sinai a anunciar os 10 mandamentos, e em voz alta, um por um e, quando chegou ao sétimo, Moisés disse:
Não desejarás a mulher do próximo! Não fornicaras ou terás relação sexual ilícita, que possa incluir o adultério.
Mas sobre o marido da próxima nem um pio… verdade?

««São ambos casados e os entre casais os melhores amigos. Fazem sempre férias juntos. Um dia durante as ferias, foram tomar um cafezito sozinhos, e quando deram conta, estavam a gozar as férias com sucessivos enganos … Vá se lá saber porque, acabavam sempre os dois num quarto extra que não pertencia nenhum dos casais…Não foi uma escandaleira, até porque há quem saiba manter a boca fechada…»»
Para a   maioria dos homens o prazer físico não põe  em causa o casamento Têm a noção de que estão a enganar as respectivas, mas não pensam em divórcio, dizem que não estão a trair porque não estão apaixonados.
É mas é uma grandessíssima desculpa para andar a pular muros, mijar fora do penico e ao mesmo tempo, manter a outra em casa, a lavar-lhe as cuecas passar as camisas, fazer o bacalhau com natas e ainda ir buscar os miúdos á escola…
Mas e as mulheres… serão muito diferentes???
««Toda a gente sabe que o Pedro é um libertino D. Juan e sedutor nato,  mas comigo (Matilde)as conversas sempre foram absolutamente inócuas... até ao dia em que ele começou a elogiar o meu corpo… Ele falava-me em uma linguagem carregada de erotismo, agradava-me.

Para que sonhar com a possibilidade se o desejava desesperadamente….?

Foi sexo puro, sem emoção, cometi uma infidelidade puramente sexual. Foi um episódio rápido de férias.
A Matilde não deixa de dizer: Ninguém tem o direito de me julgar a não ser eu mesma, eu pertenço-me, e de mim faço o que bem entender. »»
Ora nem mais querida, só não sei se o teu mais que tudo vai saber onde meter os galhos…
Mas afinal de contas o que é que pode ser considerado traição ou um simples deslize…???
Se para alguns basta uns simples pensamentos eróticos. Para outros, só conta a consumação física. Mas também há quem defenda que a verdadeira traição só acontece quando outro se apaixona por uma terceira pessoa.
Sexo: É uma coisa meramente física.
Virtual: Nunca consumada.
Sentimental: Quando mexe com os sentimentos são outros quinhentos…
Mas vamos lá fazer a separação das águas, tanto faz se a traição é real, virtual, ou sentimental.
Traição é traição e ninguém gosta de ser corno, mas por outro lado quem é que nunca comeu ninguém com os olhos… e isso pode ser considerado traição??
É claro que se perguntarmos 100 pessoas qual a possibilidade virem  a ser infiéis, a esmagadora maioria dirá nunca!
Nem sequer coloca essa hipótese, é a resposta politicamente correcta, ou está a viver um estado de “graça” o período de paixão, e acreditam que o amor é para todo o sempre …
 A verdade nua e crua é que a infidelidade existe, hoje como existiu sempre.

Umas vezes fica-se por isso mesmo, umas belas de umas cambalhotas cumpre-se no seu tempo e esgota-se.

 Outras transforma-se num caso serio, acabam-se relações e começam-se outras…

Mas é “quase” sempre um segredo bem guardado. Raramente se confessa, e nem sempre é consciente.
Tantos homens como mulheres, ninguém está imune…. Não se anda por ai a confessar infidelidades, é ou não é…?
E,  quando se confessa o “pecadito”, sobretudo elas, para quem a sociedade não é tão condescendente face a este fenómeno, como com “eles”, fazem-no a uma amiga íntima, quando muito na cadeira de um psicólogo.

publicado por Saia-Justa às 16:28
link do post | confessionário | ver confissões (68) | favorito
|
Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

Ela o marido e o outro....

 

Se uns sofrem com a ausência de amor, outros há que sofrem com a abundância.

Sim porque, para as mulheres este tipo de abundância é sobretudo angustiante!

Do que falamos pois, quando na vida de um casal entra uma terceira pessoa? Infidelidade ou traição?

No entanto, raramente as pessoas sofrem uma infidelidade sem se sentirem traídas; é a violação do compromisso de fidelidade, que gera o sentimento de traição.

Os homens conseguem compartimentar melhor estas questões de traições e infedilidades. Resulta de uma diferença entre géneros que terá um pouco a ver com os papéis do homem e da mulher na sociedade.

Socialmente a "traição" tem repercussões diferentes. Todo o homem, tem uma espécie de brio na fidelidade da "sua" mulher. A traição de uma mulher está associada á fraqueza no homem logo, mesmo que os outros não saibam fica interiorizada já que põe em causa a sua masculinidade.

Salvo honrosas excepções, é sabido que não há relações que durem para sempre.

Cada vez mais as pessoas e nem só as mulheres, exigem ser felizes, ter relações completas, satisfatórias e quando isso não acontece partem para viver sózinhas ou iniciar uma nova relação.

Outros por opção ou por acidente, têm um caso amoroso, o tal do outro...

Naqueles casais, tantos...onde já não existe sequer um amor  de companheirismo, onde se perderam os vinculos e existe só uma coabitação serena, gera-se um vazio que leva por vezes à procura  do que falta, e a infidelidade acontece.

É sabido também que uma vida sexual insatisfatória ou incompleta potencia a traição e no limite pode até ditar o fim da relação.

Mas será a traição, a infidelidade puramente sexual só? Não necessáriamente.

Todos nós, todos os dias em pequenas coisas, traimos o outro. Sempre que em pensamento os depreciamos, sempre que revelamos segredos ou desejos dos nossos parceiros ás amigas, sempre que fiingimos prestar atenção no que ele nos diz, e estamos a pensar noutra coisa qualquer e, sempre que fingimos um prazer que ele nos não dá.

Ninguém é perfeito.

No entanto, para as mulheres, os universos paralelos são muito angustiantes. Se para o homem não é nada demais dormir com umas e outras e depois voltar para o aconchego do lar, as mulheres não lidam tão bem com a situação.

 Elas tendem a magoar-se, a trair-se a si mesmas, porque o que está realmente em causa é a relação de amor /afecto.

Casos passageiros são fácilmente ultrapassáveis desde que o legitimo(a), não saiba.

Agora quando ela ama o marido e o outro, a coisa é mais complexa.

Ao optar pelo outro, vai magoar profundamente o marido, um homem que até admira que sempre foi bom para ela, mas que já pouco lhe diz. Ao optar pelo marido, vai negar-se a si mesma, não descobrirá nunca o que tal  irresistível atracção, teria proporcionado e aí, em vez de trair é traída.

Complicado não??

Tal como diria a minha amiga Saia Justa .

" A vida não é perfeita e as regras não fui eu que as fiz". 

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 14:35
link do post | confessionário | ver confissões (4) | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Abril de 2009

A moda das (facadinhas)

 

-Querida, eu quero sequestrar o teu  coração, fazer dos   teu pensamento refém, e ainda pedir um beijo como resgate.
-Ó meu amor, se a tua vida depender do meu amor viverás alem da vida, vou amar-te para sempre..
 Vamos lá falar sério. Quando dá certo, o casamento é uma das melhores coisas que podem acontecer na vida do homem ou da mulher, claro. O grande problema é dar certo, ou definir ( certo) .
Casamos e começa por ser tudo fantástico e maravilhoso, até porque o desconhecido sempre exerceu um enorme fascínio sobre o ser humano, é ou não é? E aqui entre nós o casamento é um passo no desconhecido… dizem até que é uma carta fechada, se esta fechada, sabemos lá o que tem escrito.
Ele  são carícias beijos e abraços uma tesão que parece não ter fim.. qualquer hora é hora para os momentos de prazer.. o banho é sempre a dois longo e demorado.. Com continuação dos próximos capítulos quando se ajudam a secar mutuamente.
A cozinha é um lugar tão bom como outro qualquer, entre o descascar de uma batata e uma língua atrevida, um bater de claras e um bom alfinete de peito, tudo no tacho e acaba numa boa foda.
São bilhetinhos de amor, palavras cheias de mel, propostas escaldantes e escandalosas ( que aqui entre nós, adoramos..) e até cantamos: é o amorrrr.
E sem quer ou talvez não.. escondem-se pequenos defeitos alguns hábitos .. ou seja albardasse o burro há vontade  (ou para agradar) ao  dono.
Constituir família! Esta não é nem mais nem menos que uma das tradicionais funções do casamento.
Casamos cheios de tesão com o desejo à flor da pele e com muito amor para dar.. e temos filhos . É o culminar de um grande amor, não é? Um amor que dá frutos.
É lindo mas aparecem novas prioridades … E como nem só de amor e sexo vive o homem, a vida segue o seu curso.. 
Começa por se dividir o tempo entre o trabalho a casa e o "terceiro membro" do casamento que quer se queira quer não , não nos deixa a mesma margem de manobra para os tais banhos, para “entradas” na mesa da cozinha  e o que devia ser já, ou quem sabe mais logo... começa  a ficar para amanhã… até aqui também não é grave, até porque uma boa foda é bom e dá saúde mas não quer dizer que não passemos sem ela… 
O diabo mesmo é quando o amanhã demora demais…e apenas a quinta feira passa a ser o dia de (S. caralho) quando o minha querida passa a ser (olha lá pá) e quando o meu amor vira ( porra também podias dar uma ajudinha, não? ) e a rotina se instala… Já dizia o outro “o amor é fodido” mas quem nos fode a vida é a rotina.
E é aqui que normalmente se separam as aguas salvo raríssimas excepções, porque na vida nem tudo é assim tão linear. Este separar de aguas é o mesmo que dizer, existe amor, ou só paixão e tesão e acabou..
O amor resiste. A tesão se morre lá se vai a fonte de felicidade e começa-se a viver  da segurança, económica,  dos filhos, do património, e das aparências.
(Ele), lá no escritório não resiste á leveza despreocupante da colega, até tem um belo par de pernas e um traseiro que é uma tentação (está minha fixação por cus.. masculinos, entenda-se!!) e um par de mamas que é qualquer coisa.
(Ela), que ultimamente sente que a vida é chata e rotineira e que não recebe a atenção que merece.. e até tem um colega (que de cego não tem nada) e que a acha apetecível, ser mãe só lhe fez bem.. o corpo ganhou novas formas ( aquilo que o marido acha que é gordura).
(Ele) , começa com um café ao fim do dia , uma piada mais ousada… a troca de mensagem .. um fim de semana um congresso e pumba lá se enrola com a  colega.
(Ela) , que se começa a sentir admirada, gosta da atenção que desperta no bonitão do escritório e até sabe que tem valor… pensa porque não…!! afinal este homem é qualquer coisa de se comer rezando..
E a traição  ou infidelidade  (porque a merda é a mesma só mudam as moscas ), está consumada.
Ora li por ai, está frase que me deixou com a pulga atrás da orelha e que me desculpe o dono do blog de onde a roubei descaradamente:
 “ Ser infiel…se assim se pode chamar… apesar de eu não concordar que seja infidelidade mas sim liberdade."
Ai,ai, ai … que eu acho que ando a perder alguma coisa da vida!!! Porque isto de a malta gostar de sexo e tal .. ( a malta salvo seja), de fazer  bem à saúde e de praticar bastante não quer dizer que se ande por ai a mijar fora do penico …
Liberdade é das palavras mais bonitas do dicionário mas não se aplica a quem tem um compromisso e nas costas do companheiro anda a picar em terreiro alheio. Alto lá…
Daqui a pouco estamos a dizer que a formula mágica para acabar com a rotina é enfeitar a testa do outro…
Sim, é verdade que sempre ouvi dizer que um homem sem cornos é como um jardim sem flores.. Mas dai a solução ser pôr-lhe um valente par de chifres na testa também é exagero.
Ninguém é de ninguém é um facto, e como cantavam os outros:
” quando alguém nasce selvagem, tu pertences a ti não és de ninguém”
Ora que grande verdade, mas dai a  dizer que comer por fora, dar umas valentes fodas, e voltar par casa como se nada fosse e ainda a limpar os cantos da boca... Isto é liberdade..?? Não  parece  (a mim claro), é mais   uma falta de respeito filha da puta.
Sou livre  para querer… Meu amigo tu já não me satisfazes ou quero mais da vida… alguém que me faça sentir viva, que tenha tesão por mim me deseje … eu quero viver algo novo. 
Acaba uma relação e começa outra isto é liberdade de decisão.
Foi livre para fazer a sua escolha.
Não existe liberdade por (algumas horas) e comer com os olhos todos comemos… oh se comemos…mas se  chegar a vias de facto,  não é ser livre, é ser traiçoeiro com o outro seja mulher ou homem.
O dono do blog onde roubei a frase que me desculpe... foi uma simpatia no comentário e isto é só, uma brincadeira;)
Não quero ser canonizada, não, muito menos passar de pecadora a santa, até porque tenho pouco jeito para boa samaritana..Mas acredito na fidelidade vá se lá saber porque..
A infidelidade  existe desde que o mundo é mundo e não existem culpados, para dançar o tango são sempre precisos dois…. Vá lá … muito sexo é que é preciso, porquê isto meu amigos, quem não comparece esquece..

 

publicado por Saia-Justa às 14:53
link do post | confessionário | ver confissões (24) | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Abril de 2009

Infiel fidelidade

10

As meninas boas vão para o céu!
E as outras? Bom, a outras vão para onde querem, ou seja para todo o lado.. vão há luta !
E fazer a selecção..? pois é, ai é que ela vai… mas de modo simples vamos dizer assim, meninas boas: São aquelas gajas que parece que não partem um prato, pudicas, recatadas e bem comportadas e na volta vai-se a ver aquilo é cacos por todo o lado… nem sei se o melhor é fazer um contrato com a “vista alegre” ou utilizar pratos de alumínio.
As outras… ok, há até quem lhe chame as “más” são frontais, exigentes e normalmente sabem o que querem e assumem. Têm desejos e  vontades .
 Já lá vai o tempo das  frageizinhas a “presa” agora também são  predadoras.. E porque não? Isto assusta os machos…?claro que assusta, principalmente os mal resolvidos.
Mas que diabo é isto…? As  gajas a darem quecas  só por prazer …!
Elas chegam pegam vêm-se fazem-nos vir, e adeusinho..!
Á mulher associasse  o sexo por amor, ao  homem, bem aí é como lhe convém, dizem que sabe separar sexo de envolvimento afectivo.
Mas eu sou mulher, e acho isto uma baboseira de todo o tamanho uma hipocrisia e só acredita quem quer.
Há muito muito tempo, (ou seja ainda ontem…) toda a mulher que desse uma escapadinha, que saltasse o muro, ou falando bom português, mijasse fora do penico era punida.
Pela sociedade, pois que se lixe...
Pelas outra mulheres até pelas amigas, invejosassss e frustradas porque assumir  que se quer dar uma boa foda, e atenção, não estou a falar de amor mas tesão puro e duro, não é para todas.
E pelos homens … Eles podem tudo, desde procurar as tais profissionais do sexo até ter um ligeiro deslize com uma colega de trabalho.

É aqui que entra aquela velha (e aqui entre nós gasta até ao tutano) frase : Se elas se oferecem eu não sou paneleiro!

Ou ainda a desculpa esfarrapada: Não significou nada  foi só sexo.
Até aqui até entendo, só não entendo é que se for a "respectiva" a fazer o mesmo é uma puta , uma vaca e merece um tiro nos cornos.
 ( um pormenor, neste caso o curnudo é ele)
O sexo é booom, é óptimo..! faz bem a pele melhora o humor e dá saúde. Amor e sexo não têm que estar associados coisíssima nenhuma.
Existem traições, adultérios? Claro que sim! Quem trai mais, eles ou elas..?
Isto dava pano para mangas.. deve ser equitativa a percentagem nos machos e nas  fêmeas.
Existem é muitas formas de trair..
Porque  adultério ou  traição que é a mesmíssima merda, acontece sempre que um dos dois se envolve mental ou fisicamente com uma terceira pessoa, não acham?
Mas, desde que os outros não saibam não vem mal ao mundo.
Mas não me venham com merdas a vender-me a ideia de que na mulher é condenável e no homem aceitável..
E a  treta dessa história de que não havendo contacto físico não há traição também me parece uma boa desculpa… foi só intenção..

Será pois por isso que dizem que de boas intenções está o inferno cheio?
Meus amigos, isto de “Trair e coçar é só começar” se lhes tomam o gosto tá bem tá..


Desde 1982 que o adultério deixou de ser considerado crime pela lei portuguesa. Mas este continua a ser, como é (óbvio), um motivo que leva ao divórcio.
Como é (obvio), também é boa… depende dos casos, não é?

Pois é meus caros:)
A religião (para não dizer a igreja), sempre nos fez acreditar que :

Adultério = traição = pecado.
 Mas o pecado era e é sempre associado há mulher. Eles os grandes machos , é  puro sinal de virilidade quantas mais melhor, e se não têm inventam, porque garganta também não lhes falta.
A Bíblia diz “Não adulterarás.”
Cobiçar a mulher alheia é uma forma de adultério.
Cobiçar a mulher do próximo, ui  ui isso eles tiram de letra… É um pecado gravíssimo. Já nós mulheres, que sempre fomos “crucificadas” e até  condenados por lei, por adultério, não vemos  escrito em lado nenhum que tal seja pecado, cobiçar o homem da próxima.
Cobiçar a mulher alheia sim está escrito! O homem alheio não, portanto não deve ser pecado!!
 O que só prova que durante anos e anos nos andaram a enganar com esta grande mentira. O que sempre nos foi impingido é que:  A traição existe quando surge  uma terceira pessoa num relacionamento, ou quando um dos dois se esbalda por fora sem ninguém saber.
E eu pergunto: E quando o relacionalmente é serio e saudável, mas se por obra dos destino, nos cruzamos com alguém que nos faz virar a cabeça, que provoca um arrepio na pele, um calor no corpo que se transforma em formigueiro e o tipo até está a jeito..? E pensamos assim, tipo…uauuuuuuu...mas que grande foda que lhe dava!...
Ele até está ali à mão e até colabora… Vamos  dizer que não, e deixar que nos  chamem fufa? Ou comemos  e seguimos  alegremente para casa? Afinal  e não significou nada, foi só sexo..
Esta teoria masculina, deve ou não ser aplicada as nós mulheres?
Traição ou adultério foi só um nome que lhe deram e não acabará jamais, seja boi ou seja vaca, até porque tudo o que é proibido tem sempre uma certa atracção não é?
Na maioria dos casos não será fatal e vão valendo as hipocrisias e as aparências.
Quem trai mais portanto??
Eu atrevo-me a dizer que hipocrisias à parte será sempre o que puder mais!
Traição ou intenção? não importa desde que não se saiba....

 

publicado por Saia-Justa às 10:42
link do post | confessionário | ver confissões (20) | favorito
|

.Elas....

.pesquisar

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.pecados/recentes

. Traição

. Um erro ou arriscado...?...

. Ela o marido e o outro....

. A moda das (facadinhas)

. Infiel fidelidade

.pecados/absolvidos

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

contador de visitas
compteur gratuit
contador de visitas

.últ. comentários

Vou revelar meu segredoNInguém imagina que na inti...
Procuro mulher fogosa para inversão.Tenho cara voz...
SoParaEla.Net ( SexShop , Sex Shop )http://www.sop...
Interessante. E agora, tantos anos depois... Já fa...
Pelo menos eu percebo e adoro quando minha namorad...
Kkkk... o que eu mais gosto é de explorar os lábio...
Macarron chacarron
Mulher, e a coisaa material mais gostosa que Deus ...
olá rapariga. pela tua mentalidade e pela abordage...

.mais comentados

20 comentários
9 comentários
eXTReMe Tracker
provided by Inteliture.com
Inteliture.com
online
blogs SAPO