Sexta-feira, 15 de Abril de 2011

Conversa de WC

 

É  verdade que  “quando mija um português mijam logo dois ou três…”, temos de reconhecer que  não é menos verdade “quando uma gaja  vai à casa de banho, vai logo uma amiga atrás”.


Tailleur – Tu já leste o jornal hoje?


Saia- Qual deles?


Tailleur- na agência financeira, fiscalistas garantem que o estado português está falido.


Saia - grande novidade  para o FMI: «Portugal é  visto como país de 3º mundo»


Tailleur- Isso não será ver as coisas muito profundamente??


Saia - (à gargalhada)  Pois... a profundidade depende do tamanho do buraco ...


Tailleur- Eu não disse que tu és profunfa!!!!


Saia - Sem dinheiro: «O país pode parar até Outubro» 

www.agenciafinanceira.iol.pt  a menos que...


Tailleur- a menos que o que....?


Saia -que se utilizem argumentos de peso, olha como os espanhóis...


Tailleur- Qual pá?  Vamos começar a dançar sevilhanas...?


Saia – Não mulher  , Espanha está a   utilizou  "dois grandes argumentos" quem nos meteu neste buraco vai ter que arranjar  argumentos...


Tailleur-  Ahhh... sim! E sugeres o que, que mostrem o traseiro...? ou  sabes de  alguma coisa mais comprometedora?


Saia - Eu... tas doida, não sei nada de comprometedor... O freeport não é crime muito menos comprometedor, pois não? O face oculta, também não, pois não...? Nem o  do BPN , certo?  O da  Casa Pia já está mais do que “provado” que foram os moídos que violaram os senhores Dr., não é verdade..?


Tailleur-  E achas que deviam pagar como, com o corpito...?


Saia- Ó pá tu não vês noticias... parece  que a prostituição está em baixo por causa da crise... e ainda o Sócrates não se lembrou de obrigar estas trabalhadoras “liberais” a passar recibo ...


Tailleur- Bom, então qual é a utilidade destes inúteis, se a justiça com eles não funciona, pagam como...?

 

Saia- Boa pergunta!!

 

Tailleur- Olha deixa-te lá de ilusões, as coisas estão a mudar pá!

 

Saia - .....É?

 

Tailleur- Claro, os politícos já eram! agora quem quer mamar vai para padre....

 

Saia- Mau....não venhas agora meter a religião ao barulho!!

 

Tailleur- Ai não ? Julgas que lá por teres sido noviça percebes os mistérios todos do rosário?

 

Saia- Ai ai ai....que raio têm a ver os padres com a crise explicas-me ?

 

Tailleur- Olha pergunta ao Milicias pá...ou pensas tu que por ser padre é mais Nobre? Olha filha entre Religião e Cidadania a diferenta está só no tamanho da  salchicha.

 

Saia- Lá estás tu sempre a levar tudo para o lado do sexo....assim não dá pá!

 

Tailleur- Qual sexo qual quê, estou a falar da lei da oferta e da procura pá, mercados, transões, unidades de produção, colarinhos brancos, é preciso estimular a economia caraças!

 

publicado por Saia-Justa às 23:28
link do post | confessionário | ver confissões (33) | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Novembro de 2009

Vamos vestir o “Gervásio”…

Ficheiro:Condom placement demonstration.ogv

Hoje vamos falar de moda… “roupa” “vestimenta” “agasalho”… ou protecção!
Hoje vamos vestir o “Gervásio”…
Há quem diga, que a moda, é a tendência de consumo da actualidade.
Na idade média, os humanos cobriam-se com peles de animais para se “proteger”
Dai até a Mary Quant inventar a mini-saia, foi um pulinho… hoje a moda movimenta milhões, interessa mais a  uns que a  outros, e por vezes, tem honras de abertura de noticiário… criam-se tendência, fazem-se novas colecções … e os materiais são cada vez mais arrojados e inovadores…
Desde a utilização da pele de animal (lá nos primórdios) até ao látex, poliuretano e vinil a moda evoluiu num todo… arrojou nas cores vivas, tendências novas, “feitios “ inusitados e inovadores.
Hoje não vou falar propriamente de sexo, mas também…!! 
Por mais que toda a gente esteja cansada de saber que os bebes que não vêm de França e muito menos no bico da cegonha e que as DST (doenças sexualmente transmissíveis) estão ai à espreita…ou seja, não são só os bebés não planejados, há muitos, muitos outros sustos…
 Não sei se por burrice inocência ou.. Ainda existe muita gente que na hora (H) pensa que vale tudo menos tirar olhos… (salvo seja).
Palavra puxa palavra… um olhar, e mais outro… o clima perfeito, a pessoa perfeita no momento “certo” e para a total perfeição só faltava livrarem-se da roupa…
Mas….  E protecção? É que cuidados e caldo de galinha nunca fizeram mal a ninguém.
Conheço-o à anos…! E quem te diz a ti que essa pessoa não têm por habito a "comer fora do prato" ….?
Foi um momento e não estava prevenido… ó pá e “ele direito não me tem respeito “
O fato é que não adianta inventar desculpas para não vestir o “Gervásio” o sexo casual, uma escapadela com o colega de escritório ou ainda aquela  a foda do século  com aquele tipo(a) com quem só nos cruzamos uma vez e o tesão falou mais alto…  Ou ainda sexo no primeiro encontro com aquele(a)  que já andamos a “galar” á muito tempo… pode ser uma  condenação perpetua.

Uma foda de uns minutos de prazer pode feder-nos a vida toda… E nenhum orgasmo, por melhor que seja , seja ele duplo ou de fazer subir pelas paredes vale os problemas que pode trazer.. a perda de  sono e  saúde…
Não sei se são mais eles ou elas ainda têm aversão á “indumentaria” há quem diga que incomoda, que tira a “tesão” há até quem diga,  que se perde a graça…ou o sabor…    que é o mesmo que “chupar um rebuçado com papel…”!
Sim, porque não ainda há muita gente a pensar, que para a “prova oral” não  é necessário vestir o “Gervásio” mas na realidade é. 
É óbvio que a textura da pele é muito mais apelativa… e é infinitamente mais saboroso… mas aqui entre nós, mais vale uma foda protegida do que ficar com a  vida fodida e depois dizer que o mundo é injusto…
Segundo o  Programa nacional de prevenção e controlo da infecção VIH/Sida 2007/2010 há  30.366 casos de infecção VIH/sida.
37,5 % foram associados a transmissão heterossexual

11,9 % a transmissão homossexual os restantes com outras  formas de transmissão.
Irrita-me um bocado gente “burra” do tipo só acontece aos outros… ou o “gajo” ou a “gaja” têm um ar saudável…
Claro que não estou a fazer propaganda anti sexo,  ou a dizer para em substituição, utilizarem a prima da “canhota” , muito pelo contrario… 

O sexo é bom e saudável, como tudo o que fazemos com o devido respeito por nós mesmos.
Existem bons preservativos e com um leque  de variadíssimas   escolhas…
Com sabores: Quem  nunca experimentou, imagina que sabem a  borracha de apagar lápis.. 

Com cheiro de frutas, ou que tem sempre o mesmo gosto...há com vários aromas normalmente escolhidos para a pratica de sexo oral, os preservativos com aroma podem ser encontrados nos sabores de morango, maracujá, uva, banana, hortelã, menta, salada mista, tutti-fruti e até chocolate.
Retardante : para quem sofre  com os mais rapidinhos que só pensam no próprio prazer têm como alternativa o preservativo  com efeito retardador.
Sensitivo: sensíveis para os que acham que  o preservativo  incomoda durante o sexo.
Coloridos: dão  uma variedade larga de cores vibrantes para a variedade, com um lubrificante liso de seda e  uma sensação natural..
Sem Lubrificantes : aconselhados apenas para os que tem alergia a algum tipo de lubrificante.
Lubrificados: é o mais tradicional dos modelos,   vem com um gel incolor que envolve o preservativo, lubrificando-o com o objectivo de facilitar a penetração
Com texturas: com relevos, pontinhos salpicados, ondulações e bolinhas, os preservativos com texturas dão mais prazer ao casal, são específicos para homens ou mulheres e estimulam as regiões genitais aumentando a sensação de prazer durante o sexo.
Extra seguro : com espermicida, uma boa escolha para as mais prevenidas!

Produzidos para impedir a entrada dos espermatozóides no colo uterino, os espermicidas também são lubrificantes e oferecem uma certa prevenção contra gravidez caso o preservativo se rompa …
Hot: um preservativo que  aquece durante a relação sexual possui um agente umectante em forma de gel na parte interna (em contacto com pénis) e na externa (em contacto com a vagina) que proporciona a sensação de calor.

E também há com música...:))
Há  por ai uma fundação  a  vende preservativos a 10 cêntimos. 
No âmbito de uma campanha a nível europeu para promover o sexo seguro.

Por isso, o preservativo é «mais barato que um cigarro».
Agora não pensem vocês que sou uma expert em preservativos… mas sou mãe e sobretudo mulher.
Façam sexo mas de preferência seguro.

 

publicado por Saia-Justa às 10:30
link do post | confessionário | ver confissões (7) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

O que entendem por natural ???

 

 

Estão frente a frente... olham-se, olhos nos olhos...
Um momento… o carinho... dois rostos …dois seres..
-Dá-me um abraço… Dois corpos que se encontram, se tocam ..
Abraçam-se em silencio, quietamente, gozando o momento  …
Carinho, amor, desejo…
Olham-se fixamente, como que hipnotizados, uma mão que acaricia o rosto..
Bocas que se aproximam…
De mãos dadas fecham a porta….
O que se passa da porta para dentro, só a (eles) diz respeito..
(Haaá…e que sejam felizes…)
Há histórias de amor muito bonitas, não há???
Por mais ou menos sensíveis que sejamos, todos gostamos de uma bonita historia de amor, e seja num filme ou na vida real, acabamos sempre por “torcer” para que dê certo , que sejam felizes para sempre.
Existe lá coisa mais bonita que uma historia de amor, uma relação que faz sorrir ...???
Sentir-se amado, sentir-se adolescente de novo. Senti que alguém ao nosso lado, é capaz de nos aconchegar em todos os momentos, com palavras, emoções, e desejo.
Todas as historias de amor tem um (Q) de ridículo (para quem está de fora) Troca de MMS, bilhetinhos espalhados por aí... Noites mal dormidas enfim… o amor é lindo.
O que é o amor: é desejo, paixão, tesão, sorrir sem razão…  ora bolas quem é que não gosta de o sentir..?
Mas o amor não é só uma coisa física, o amor na sua essência…é muito mais do que sexualidade, ou não é?
 E muitos de nós, não interpretamos o amor a luz de nossa pequenez?
Aquela historia lá em cima, pode ser uma história de amor, certo?
Tem gestos bonitos, desejo, ou seja, todos os ingredientes para ser uma historia de amor…

Mas será que a vemos com os mesmos olhos se soubermos o sexo dos intervenientes???
Altera alguma coisa? Ou passa a ser um pecado, uma depravação, uma anormalidade?
O objectivo aqui não é o de fazer apologia a nada.  Mas a sociedade em que vivemos,  prova através de comportamentos preconceituosos, e ainda acredita, que o amor só pode ser vivido entre pessoas de sexos opostos.
Como diria a outra, o casamento serve para procriar…

Credo, isso faz-me ver os homens e mulheres como animais de reprodução… elas deposito de esperma e eles bois de cobrição. 
Há quem considere a homossexualidade antinatural. 

E o que é que podemos entender por natural???
Só  as quecas   ente homens e mulheres exclusivamente para reprodução? 
E quando os  casais heterossexuais  dão uma bela foda, só pelo prazer…

Porque é bom, porque faz parte da natureza humana, isso é antinatura?
Os beijos na boca, o sexo oral, anal, a masturbação… 

Deixemo-nos de  hipocrisia quem é que não conhece o próprio corpo através do toque das próprias mãos pela masturbação ????
Tretas á parte, o  prazer é uma coisa muito pessoal…  e sente-se goza-se  independente  de ser pecado ou não!
Independente da orientação sexual de cada um, o amor não pode ser catalogado... para uns como doença , falta de vergonha ou pecado e para outros como uma bênção .
Mas desde quando é que o amor se pode considerar um pecado?? Isto partindo do principio que o pecado existe… Coisa que eu duvido, o pecado está na cabeça de cada um de nós.
Não que seja perita na matéria, mas pelo que me apercebo, a homossexualidade não é uma  pessoa relacionar-se  apenas sexualmente com alguém do mesmo sexo, isso é  tesão….

É tudo o que envolve uma relação hetero, companheirismo, interesses, gostos, o envolvimento sentimental, e  evidentemente que se “comem” que se amam, afinal faz parte é uma  necessidade fisiológica ter sexo.
A homossexualidade não é uma escolha pessoal, ninguém acorda e diz: Hoje sou gay ou lésbica…

Ninguém escolhe a sua orientação sexual.
As vezes pergunto-me se todos nós temos a sensibilidade  suficiente para avaliar  o conceito do amor… sem preconceitos …
Claro que somos espirituosos, e existe sempre a tendência de sorrir ou fazer uma piadinha sobre outras tendências “opções” sexuais.
Mas é absolutamente estúpido o preconceito, e a ignorância de muito boa gente que humilha, e diz que nem amizade manteria com um gay ou lésbica.
Cuidado… isso pode ser sexualidade mal resolvida…  
A sorte é que os gays não são azuis… as tantas, ficaríamos  surpreendidos com a quantidade de pessoas azuis que existem à nossa volta.
A nossa sociedade ainda condena a homossexualidade, seja por questões religiosas ou outras…   mas a ignorância é opcional… temos cérebro…
Como diz a historias lá em cima…
 “O que se passa da porta para dentro, só a (eles) diz respeito..”
Em que é que isso pode afectar a minha sexualidade??

Em relação à homossexualidade, a minha opinião é só uma: Cada um deve procurar a felicidade. Se é com alguém do mesmo sexo seja…!
 É muito hipócrita recriminar tudo o que não seja padrão.   A maioria das pessoas não consegue ser feliz, e tem inveja daqueles que não seguindo os padrõezinhos impostos conseguem ser.
A verdade é que se fossemos mais felizes, não passaríamos a vida a palpitar sobre a “vida do vizinho” Se fossemos verdadeiramente felizes ,viviamos...
O amor deve ser respeitado em todas as suas formas.

 

Saia Justa
 

publicado por Saia-Justa às 14:35
link do post | confessionário | ver confissões (27) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Setembro de 2009

Nós mulheres gajas...

 
Muitos pensam (e é uma forma de dizer), que ironia é o nome de uma montanha …!!Eu partilho a opinião de algumas mulheres, é uma cruz suportar homens imbecis.
E como não me quis tornar lésbica tornei-me pecadora  …. Mas pensando bem, existe lá coisa piorzinha que o bicho mulher?
Depois, ainda nos admiramos, quando os homens dizem que as gajas são umas cabras...
Existem muitíssimas mulheres que "odeiam" (podem achar forte a palavra) as suas semelhantes. Tanto por ciúmes, despeito, inveja, raiva ou por medo...ou por estupidez pura.
Conheço as  que afirmam orgulhosamente ter muitos amigos e poucas ou nenhuma amiga.  As que dizem que não confiam em mulher nenhuma.
Já para não falar daquelas que mostram uma antipatia em relação a qualquer mulher bonita que se atravesse o seu caminho.
As que dizem há boca cheia que as bonitas são parvas por definição e as feias umas azedas.
Existem mulheres que desconfiam de tudo o que veste saias , e que até o admitem.
E também há muitas que nem sequer  estão conscientes da sua postura.
O espírito justiceiro de "gaja" é espalhar aos sete ventos o que viu. As mulheres gostam é de se "entalar" umas às outras.
Se uma mulher, vê outra mulher que até conhece, a conversar com um homem que não conhece, qual será a sua maior tentação????
Ora nem mais!!!! Pega no telemóvel, liga para 27 mulheres que tem na sua lista de contactos, e conta o que viu.
Não desliga o telefone, enquanto não chegar à firme conclusão que a "gaja" que viu, deve estar a preparar-se para meter os cornos ao marido.
Por acaso a gaja que estava a falar com um gajo por sinal,  até é muito sua amiga… Mas isso não interessa nada….!
A culpa da infidelidade do seu marido/amante é de quem?
Da mulher que se deita com ele!
Ele o homem é sempre um coitado levado na conversa de uma "gaja" qualquer.
Como se o homem não tivesse capacidade de escolha e a mulher fosse um ser demoníaco, tentador, que o obriga a agir contra os seus próprios desejos.
Não existe essa história «a outra mulher que mo  roubou»
Ninguém rouba ninguém, (só na mente brilhante de algumas iluminadas) porque cada um de nós pertence a si próprio ora bolas. A bem da verdade, existe por ai muito boa gente eles/elas a porem-se a jeito para ser roubados…
Porque isto de dar mais ou menos  quecas, mais foda menos foda , corresponde sempre a uma escolha pessoal, sejam casados, solteiros ou "nem sim nem nim".
E  bem vistas as coisas , o casamento não " protege " ou resguarda ninguém, muito menos tem a ver com amor... Foi uma instituição criada para salvaguardar os bens patrimoniais, em uma altura em que o amor era visto como subversivo e  destruidor da sociedade, e o sexo servia para procriar...
Hoje possivelmente temos uma visão mais romântica das coisas até á hora de dividir as tralhas...
O casamento é uma instituição que só tem validade se existir respeito.
Mas voltando ao meu raciocínio...
Se uma mulher sabe que outra gaja foi para a cama com um gajo qualquer, qual será a sua maior tentação???
Essa mesmo…! Contar às amigas, até que uma dê com a língua nos dentes, e a história da “facadinha” no matrimónio vá parar aos ouvidos de quem nunca devia saber.
Mas  que vistas bem as coisas, vamos ter que viver toda a vida com uma mulher, para o bem e para o mal, nós próprias.
Detestam-se umas ás outras , apenas porque a (A) é mais  bonita ou porque a (B)tem mais êxito.
Ficam muito zangadas quando colegas   (homens) dizem que as mulheres apenas deviam ter uma esfregona na mão e nunca com processos ou coisas serias! Aqui entre nós para  algumas é bem merecido!
Escondemos a “nossa” fraca auto estima e desconfiamos  de tudo o que veste saias (e uma vingançazinha) é próprio de "gaja".
Algumas são tão mesquinhas e vingativas que até faz vómitos .. Devíamos deixar-nos  de nos  considerar rivais e passar a aliadas seguras.
Resumindo: Vitimização, hipocrisia, mentira, inveja, intriga, falsidade, são estes os defeitos femininos mais típicos atribuídos à mulher.
O que acontece muitas vezes, é que algumas querem ser como os homens.
Era bem mais fácil para nós, darmo-nos mais valor,  gostarmos mais de nós e procurar “modelos” noutras mulheres.
O caminho mais fácil para atingir isso começa e acaba em nós.
Porque, quer se queira quer não, por detrás de uma grande mulher está sempre outra mulher: Ela própria.
O pior inimigo das mulheres somos nós mesmas, desprezamos e vivemos em constante competição,  escolhemos muitas vezes como melhor amigo, um homem.
Já vai sendo hora de metermos na cabeça que o futuro está nas nossas mãos, e não no meio das nossas pernas .
Isto tudo para dizer: existem mulheres que são umas verdadeiras cabras… mas cuidado com as sonsas, ui ui são mil vezes piores!!

Saia Justa

publicado por Saia-Justa às 15:11
link do post | confessionário | ver confissões (43) | favorito
|
Terça-feira, 8 de Setembro de 2009

Que me dizem? Falemos então de sexo!

 

Uma questão é saber se esta "abundância" de sexo escrito (não falado)    se deve à importância que ele têm, ou devia ter, nas nossas vivências, relacionamentos,  ou se,  é um mero  produto onde se encaixa a transgressão o proibido ( e como se sabe o fruto proibido é sempre o mais desejado..) .

Falemos então  de sexo!!  Hoje vamos deixar de lado a bela e  boa  culinária, que como se sabe é  apanágio deste blog..! 

Sexo, ou seja fazer sexo é hereditário.   Ou não estaríamos todos aqui.

Claro que com o avanço da ciência hoje em dia já nos podemos reproduzir-nos sem ter que praticar a actividade mais antiga do mundo e quiçá mais saudável...!

 Mas “Cristo..”  onde é que isto vai parar …??

É quase, como fazer omeletas sem ovos , ou ainda que mal comparado, é o que se pode chamar de fast-food” (comida de plástico).

Ou seja não comemos nem deixamos de comer… ou alguém está convencido que sabe o que come quando passa por esses "Mac Donalds" da vida..?

Aquilo pode bem ser uma mistura à base de minhocas bem condimentadas, com  uma mistela a que dão o nome de molho e venha o próximo.... Mas dizem que é carne!  

Falar de sexo sem tabus, de uma forma simples, e directa e de fácil compreensão as vezes é confundido com  “procura e oferta” com ridicularizar, por vezes fazer “humor” não quer dizer obrigatoriamente ser ridículo ou palhaço.

Dirão alguns, para que falar de sexo ? 

Não é  desnecessário, não necessita de explicações muito menos é um assunto onde se deva trocar ideias.. 

Benzos deus… alguns estão bem enganados…. Existe por ai tanto energúmeno que não consegue fazer umas distinções básicas … ou seja, basicamente não sabem mais que olhar para o seu próprio umbigo. 

Homens e mulheres, a aprendizagem faz falta sim senhora, alguns como de pão para boca…

Depois há por ai  muita confusão, é que falar de sexo não é propriamente dizer: “me liga vai…. “

O sexo é ou deveria ser uma coisa intuitiva aquilo que eu chamo química.. pele …

Podemos e devemos falar sem preconceitos ou tabus, é natural…

Porque é que eu posso falar das aventuras do meu dia a dia , no emprego, em família, com amigos, etc e parece natural e o sexo tem sempre restrições??? Claro que há maneiras e maneiras… não precisa tão pouco de descrições minuciosas, ou vulgaridades, e existem por ai, várias tentativas nesse sentido...depois acaba por se tornar uma coisa completamente repetitiva e maçadora.

Pouco me importa as vezes que a vizinha do blog ao lado, dá uma ou mais  cambalhotas na cama. Se lhe chama cabrão ou lhe diz que o ama …

Se gasta mais ou menos tempos nos preliminares… Ou as vezes que se vêm ou com quem...  Se geme muito ou pouco..

Nada, não me importa ,nem tenho nada a ver com isso, importa-me sim e tenho a ver com isso , quando se confundem as estações..!

Assim tipo, querem apanhar o comboio para a Damaia e sair no apeadeiro ou estação da Reboleira  mas acabam na  gare do oriente e nem percebem a diferença...

Falar de sexo é encarar a sexualidade como algo realmente natural, pois se "estas coisas" são efectivamente naturais porque não falar delas?

A questão é:  Sexo é banal (não no sentido pejorativo da palavra) mas no sentido das pequenas grandes coisas que fazem parte da nossa vida, com mais ou menos  significado para cada um de nós, e todos praticamos.

Porque é que alguns o encaram de uma forma grosseira e são desnecessariamente inconvenientes?

Isso apenas revela além de pouca inteligência muita tacanhez

Afinal todos o praticamos (ou quase todos…) desde a nossa mãe as avós..

E essa pratica não  faz de nós seres excepcionais mas faz-nos sem duvida muito mais felizes e satisfeitos.

Mas nem sempre as mentalidades conseguem evoluir … há cabeças e cabecinhas… e, ao nível da sexualidade, ainda é mais evidente o preconceito o rótulo 

Todos nós somos filhos e netos de alguém, e as ideias e valores relativamente ao corpo e à sexualidade passam de geração em geração, mas quer-me cá parecer que existe por ai muita gente que ao pé dos avós teriam negativa se a matéria fosse sexualidade.

Falar de sexo não faz de nós pessoas fáceis diferentes de quaisquer outras, ou presas fáceis para qualquer pseudo predador da treta.

 

Saia Justa

publicado por Saia-Justa às 20:43
link do post | confessionário | ver confissões (15) | favorito
|
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

E Vocês?

  

 

Vivemos (controlados) por pequenos nadas que fazem toda a diferença, culturalmente reprimidos e castrados.
A sexualidade é um campo fértil para mitos tabus e preconceitos. A nossa cultura  explica os comportamentos sexuais baseando-se em suposições convenientes para determinados grupos. A criação de mitos tabus e preconceitos surge sempre como necessidade de (poder) para alguém.
A maioria deles mais não são mais  de que o perpetuar  de certezas equivocadas e retrogradas.
 Por exemplo:
“o homem é mais competente que a mulher”
“ o branco melhor  que o preto”
”homens de pénis grande são mais homens”
”homossexuais são menos homens que os heterossexuais”
Etc ,etc ,etc...
 Evoluímos, somos uma sociedade moderna e virada para as novas tecnologias queremos estar ao mesmo nível dos melhores, dos mas evoluídos e modernos, mas no fundo mantemos uma mentalidade provinciana, numa mente tacanha e pequena. Preocupamo-nos demais com o que o vizinho faz ou deixa de fazer, com o  que  vizinho diz ou tem, se  está ou não, dentro do que (nós) mesmos achamos aceitável e assim, vivemos agarrados aos nossos padrõezinhos pseudo burgueses.
Eliminar preconceitos é evoluir.
Reconhecer que algumas certezas não passam de mitos e tabus, é darmos a nós próprios a oportunidade de viver uma vida mais livre e sadia. Eliminar o péssimo habito, de o nosso  primeiro pensamento ser critico, é a melhor forma de acabar com preconceitos estúpidos e retrógrados mitos e tabus que quer se queira quer não são um impedimento à felicidade.
O tamanho do pénis é um mito que vem de longe.. sendo que o  pénis, é um órgão do corpo humano como qualquer outro que sofre assim como todos os outros, influencias hereditárias dos nossos pais.
O tamanho do pénis não influencia o tamanho de prazer que o homem possa dar ou sentir muito menos, do poder de ejaculação, mas esse é um dos grandes mitos existentes em relação aos  homens.
O prazer sexual é ainda hoje um grande tabu na nossa sociedade principalmente quando é relacionado com mulheres.
Em muitas regiões do nosso belo pais, muitas mulheres são desestimulada a não ter prazer e encorajadas apenas a “dar-se” ao homem. Tipo tábua, estão a ver?"aqui me tens aqui me queres.." E, se existir prazer deve ser só na parte genital, nunca o erotismo do corpo inteiro, é que assim diminuem as a possibilidade de experimentar prazer e carícias pelo corpo todo e claro que não estimula a intimidade que devemos ter com o nosso parceiro.
Um dos preconceitos mais tacanhos é a descriminação de homens que são mais afectuosos com outros homens.
Alto… este gajo é bicha paneleiro ou seja é conotado como homossexual.
Que estupidamente, ainda  existe muito boa gente que os considera como pessoas inferiores.
Uma coisa que eu nunca percebi,  porque é que um homem não consegue assumir com naturalidade que outro homem é bonito. Faz-me confusão… será uma sexualidade mal resolvida?
Ou simplesmente tem medo de ser conotado como bicha..?
Nós mulheres, somos mais evoluídas e muito mais bem resolvidas.
As mulheres são mais afectivas umas com as outras reconhecem quando uma mulher é bonita e nem por isso  têm medo da conotação de lésbicas. Porque isso é um preconceito estúpido do macho.
O afecto entre pessoas do mesmo sexo não indica nada sobre a sua orientação sexual.
Ser amigo de um homossexual/a só mostra a nossa capacidade de aceitar a diferença e de conviver com ela de forma saudável.
Ideias retorcidas é o que é!
Nem um homem que é gay tem gestos afeminados nem uma mulher lésbica é masculinizada . Até vou mais longe e digo que a maioria dos homossexuais não tem um único tique feminino. ( não sei se diga ainda bem ou é pena… ) porque meus caros se os homossexuais fossem verdes , nem imaginam  a quantidade de pessoas verdes que veriam á vossa volta, inclusive amigos e familiares… e será que vocês manteriam o mesmo tratamento? Pensem nisso. Os gestos e a forma de estar vêm muito da sociedade em que vivemos.
Sem preconceitos, todas as pessoas têm direito á felicidade afectiva e sexual, independentemente da sua orientação. Um bissexual tem tanto direito como um hetero ou como um homossexual. Mas a sociedade insiste em querer controlar tudo…
Um (homem) esperto é aquele que encontra uma pessoa que o satisfaça e o assuma livremente. Sem se preocupar com o que a sociedade diga sobre as suas escolhas. Ninguém me pode obrigar a nada, se uma mulher tem prazer com outra mulher e desejos, não é frustrante estar com um homem (só porque é isso que é esperado) se ela simplesmente não o deseja?
Não é um preconceito estúpido e castrador?
Uma mulher relacionar-se com um homem mais novo é criticada pela sociedade, num homem é aceitável. Assim como é  mais facilmente aceite um homem branco com uma mulher de cor do que o contrario. Quanto ao  branco ser melhor do que o negro... em todos os credos e raças há maças podres, e sexualmente falando , para os que têm o tabu da pila pequena dizem que eles  os batem os pontos..
Existem tantos exemplos de preconceito mitos e tabus que se poderia escrever todos os dias sobre eles, sem nos repetirmos.
A sexualidade ainda esta envolta num tabu tão grande que não acaba de um dia para o outro. Acredito que muitos pais e educadores não estejam preparados para os desmistificar, nem eles nem ninguém. E ainda bem que vamos falando nisso aqui e ali seja em blogs ou não.
Todos nos temos necessidade de nos relacionar de criar vínculos de nos sentirmos queridos e amados, desejados aprovados e aceites. Todos queremos o mesmo, para isso, todos sem excepção têm que desenraizar mitos tabus e preconceitos ancestrais

 

publicado por Saia-Justa às 17:00
link do post | confessionário | ver confissões (15) | favorito
|

.Elas....

.pesquisar

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.pecados/recentes

. Conversa de WC

. Vamos vestir o “Gervásio”...

. O que entendem por natura...

. Nós mulheres gajas...

. Que me dizem? Falemos ent...

. E Vocês?

.pecados/absolvidos

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

contador de visitas
compteur gratuit
contador de visitas

.últ. comentários

Vou revelar meu segredoNInguém imagina que na inti...
Procuro mulher fogosa para inversão.Tenho cara voz...
SoParaEla.Net ( SexShop , Sex Shop )http://www.sop...
Interessante. E agora, tantos anos depois... Já fa...
Pelo menos eu percebo e adoro quando minha namorad...
Kkkk... o que eu mais gosto é de explorar os lábio...
Macarron chacarron
Mulher, e a coisaa material mais gostosa que Deus ...
olá rapariga. pela tua mentalidade e pela abordage...

.mais comentados

eXTReMe Tracker
provided by Inteliture.com
Inteliture.com
online
blogs SAPO