Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

Afinal no que ficamos...?

Elas ....
 
E eles...

 

Existe lá melhor maneira para começar o dia... rir é óptimo;)

publicado por Saia-Justa às 09:44
link do post | confessionário | ver confissões (1) | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Setembro de 2010

Umas dirão que sim, outras dizem que não…

 

Aqui há meia dúzia de dias, estava eu descansadamente a ver o Alvim,

 ex que não quando, me deparo com uma “ piquena”  a falar de sexo.
“Os homens não sabem fazer minetes”
Eu não conhecia a “ Ana Anes" mas digo sinceramente que fiquei estupefacta…
Ora então está senhora, escreveu um livro  que se chama “sete anos de mau sexo”... Cristo, será que em sete anos ela nunca pensou desistir e dedicar-se á pesca…??

Então cá vai....

  

«Escrevo esta crónica em plena quadra natalícia, numa altura em que os homens, coitados, na sua pequenez de vista, acham que nós queremos receber jóias, um casaquito de Javali, um fim-de-semana numa linda pousada, um micoondas para enfiarmos a cabeça lá dentro, etc., etc.

Nem estão enganados, os pobre. Mas o que nós queríamos mesmo era homens que soubessem fazer um minete "comme il faut".
Eu explico. Estas almas penadas vieram ao mundo com um gene que lhes meteu na cabeça que fazer um bom minete é dado adquirido.
Pois aqui vai uma notícia: não é!

E pergunto eu...( Ó minha cara, mas em 7 anos foi tudo mau...?)

 


E o mais giro é que perguntando aos desgraçados dos meus amigos "ex", e afins ( o leque é grande e a probabilidade de acertar é quase igual à da Eurosondgem), todos acham que fazem "o" minete. Extraordinário!
Mas alguém se lembrou de perguntar às respectivas? Não. E todos continuam convencidos de que são os maiores nesta lide particular. Burros!
Ora, da mesma forma que nós - grandes falsas- esperneamos, dizemos ahhh, sim !, hummmm, e nos mexemos à "Canal 18" para fingir um orgasmo durante o acto, o mesmo fazemos quando nos estão a meter a cara entre as pernas.

( Alto lá, fale por si...)

  

 Arrisco a dizer que 80 % dos homens fazem minetes como os São Bernardo lambem as vitimas perdidas na neve. Lambem, lambem, sem saber porquê e onde.

( esta teve a tua graça...)
 

E nós fazemos o nosso papel, para os pobre coitados não ficarem cheios de complexo. Depois, há cerca de 10% que tem jeito para a coisa: um potencial elevado para um "minete-colibri". E finalmente, vêm os abençoados, que já foram como os anteriores mas entretanto leram os livros da especialidade e fazem uns minetes de oiro. São os "meninos de oiro" - coisa rara nos dias correm...»

 


Este texto , foi  transcrita de uma revista ( que ne dei ao trabalho de ir cuscar)
Não deixa de ser um ponto de vista de algumas mulheres , espero que não de todas… mas sem dúvidas nenhumas, que a resposta que encontrei  é  seguramente melhor

 

Aqui vai ....

 

"Minha Cara,

 

Tenho, sinceramente, muita pena de si...
Em primeiro lugar, tive a pena de constatar que só se sentiu realizada, ou minimamente realizada, em 20% dos minetes que lhe fizeram.

Concordo consigo quando diz que os homens devem perguntar às respectivas se estão contentes com o seu desempenho. Nesse caso, porque é que assume claramente que finge os seus orgasmos? Das duas uma, ou a menina nunca foi "comida" como devia, ou então, coitadinha, não tem mesmo jeitinho nenhum para o sexo.

Nós, homens, também lhe podemos fazer, por exemplo uma estatistica de quantas mulheres são ou não boas na cama. Ou quantas fazem ou não, bons broches. O que nunca lhe vamos poder fazer é fingir um orgasmo. Isto, claro, se conseguir que atinjamos um.
Acredite que há muitos homens que perguntam as parceiras se estão contentes com o seu desempenho. E acredite também que a maior parte dos homens não teve que ler um manual para fazer bons minetes. Apenas teve que os fazer, uma e outra e outra vez. Só com treino se consegue melhorar a performance minha cara.
Em segundo lugar, informo-a que, caso ainda nao tenha percebido, o que você está a fazer é, muito simplesmente, a aumentar o número de homens que pratica mau sexo. Você e as mulheres como você.

Ora repare: se você finge um orgasmo de cada vez que está com um homem, em primeiro lugar, está a fazer com que o homem acredite que realmente percebe do assunto (Sim, há homens que não percebem).

Em segundo lugar, está a fazer com que este mesmo homem, não se esforçe o suficiente para agradar a parceira na relação seguinte. Penso que estamos ambos de acordo, quando digo que uma situação destas não é agradável, nem tão pouco desejável , certo?
O meu conselho, se o quiser aceitar, é: Faça mais sexo!!! A sério, penso que você precisa. Mas faça mais sexo sem fingir orgasmos. Vai ver que a sua vida sexual melhorar exponencialmente, e excusa de se vir queixar para as revistas. É obvio que nem todos os homens lhe vão dar um orgasmo, ambos sabemos isso. Mas vão tentar, isso , eu garanto...
E já agora. Informo-a também que não é assim tão raro uma mulher pedir ao "querido" para fazer assim ou assado. Não julgue todas as mulheres por si, "Dra . Ruth" .

 


Um Cordial abraço,
Miguel Sousa Tavares"

 

 

Mai nada...:)))

 

Sei que o texto é antigo, mas ando sempre atrasada nas novidades …

 

publicado por Saia-Justa às 16:57
link do post | confessionário | ver confissões (15) | favorito
|
Quarta-feira, 8 de Setembro de 2010

Sexo, porque será...?

 

Sexo é um assunto recorrente neste espaço, claro que é!

Este é assumidamente um blog de sexo que fala de outras coisitas mais…. Uma visão muito feminina, o que não quer dizer feminista …(Partindo de um principio, que eu tenho cá para mim, que a vida sem o bicho homem era uma canseira e tremendamente chata, o macho dá-lhe um tempero especial) penso eu de que…

Ou não fosse escrito por duas gajas.

Existiram várias teorias, cientificas ou religiosas, mas acho que de uma coisa ninguém têm dúvida, o sexo é o inicio de tudo. Propositadamente, deixo de lado a história do menino Jesus. Essa são outros quinhentos… Foi concebido por obra e graça do divino espírito santo. Digamos que foi uma inseminação artificial divina….

Todos (quase ) nós estamos no mundo a troco de uma bela foda. Ou talvez não…

É de conhecimento geral,  que o sexo tem múltiplos benefícios, mentais e físicos…É grátis e eficaz, está comprovado que é uma medicação de fácil acesso, sem qualquer contra indicação ou efeitos secundários.

Sexo alivia o stress revitaliza o corpo e a alma e, com a vantagem de ser óptimo na prevenção de doenças cardiovasculares, queima calorias, é um excelente exercício físico. Quase se pode dizer mente sã em corpo são, é só saúde…

Sobre os benefícios do sexo já estamos carecas de falar… mas, que o sexo a par da mulher tem muitos mistérios, lá isso tem…

Quer se queira quer não, a mulher é um imenso mistério, que o homem jamais alcançará. É o sagrado da própria vida. É através do corpo feminino que a vida se concretiza no plano físico e isso assusta que se farta…

Desde que o mundo é mundo que o homem teme a mulher. Vamos lá então  atrás, aos primórdios…

Por exemplo, a bíblia é extremamente tendenciosa em relação á mulher. Desde o começo que fomos informadas que a mulher foi criada para servir o homem. O que é certo, é que se não fosse a mulher, hoje vivíamos na completa ignorância.

Foi a mulher quem tomou a iniciativa de tocar na árvore do conhecimento, provar o fruto do bem e do mal. Aqui entre nós, não devemos todos ter conhecimento do bem e do mal…? A mulher só  tentou  abrir os olhos ao homem… isso é pecado??

E é de louvar a sua atitude de partilha, deu o fruto ao seu companheiro, para que também ele pudesse enxergar um palmo á frente do nariz.

Deus zangadíssimo:

-Comeste tu da árvore que te ordenei que não comesses?

Cobardemente e sem iniciativa o homem responde

- Foi a  mulher … foi ela quem me deu do fruto da árvore e eu o comi. (até ficou engasgado coitado)

 Deus disse à mulher:

 - O que fizeste?

 A mulher espertalhona, porque de parva não tem nada…  respondeu:

 - A serpente enganou-me e eu comi do fruto proibido….

(tretas,como toda a gente sabe,  as serpentes não falam, muito menos estava preocupa com maças… Mas pelo menos a mulher,  não pôs a culpa no homem)

Desde essa altura que a mulher mostrou uma postura de superioridade, e discernimento superior, um  QI elevado . O homem por sua vez, tentou abafar, subjugar e renega-las para segundo plano.

Homens que agridem mulheres… maltratam, humilham, O que leva um homem a tais selvajarias? Podem ser vários os factores, Mas o mais profundo que todos, mais antigo… É o medo da mulher !

 É claro que se perguntarmos, a maioria vai negar. Ou no mínimo leva para o lado da piadola, como se isso fosse um entrave á sua masculinidade.

Calma machões…. Esse medo não põe em risco a vossa masculinidade, é um sentimento milenar ,instintivamente todo homem teme a mulher. É tão natural quanto o desejo sexual que sentem por elas.

E voltamos de novo ao sexo…

Segundo reza a historia , se hoje o praticamos(sexo) com prazer, se temos noção do nosso próprio corpo, se nos entregamos aos prazeres da carne, isso devemos á mulher. Ora bolas , não foi a Eva a causadora do Adão ter noção da própria nudez…??

Toda a mulher é um mistério… já há muitos milhões de anos atrás que descobrimos que viemos todos de dentro dela, é uma maravilha assustadora…:)

O mistério é tanto, que foi feita uma exploração sem precedentes dos mistérios da sexualidade feminina, compilada num livro intitulado "Why Women Have Sex ", "Porque as mulheres têm sexo" há pois é…

As mulheres fazem sexo para procriar, para ter prazer, ou exibir a sua afeição?

Ai  ,ai, nem queiram saber as respostas…

237, são as razões invocadas pelas mulheres. Curiosamente, as supostamente mais “óbvias” como “por amor” ou “por paixão” ficaram no fimzinho da lista e “procriar” no 55º lugar. Existem outras bem mais curiosas…

-Por vingança

-Para melhorar o desempenho sexual

-Por aborrecimento,

-Quando se sentem entediadas,

-Sentir-se próximas de Deus,

-Puro divertimento,

-Sentimentos de poder,

-Por rotina      

-Romantismo 

-Por pena, ou vingança,

-Em troca de uns favores

-Motivos financeiros,

-Em troca de um presente,

-Porque a vida é muito curta para não fazer sexo!

-Aliviar uma dor de cabeça ( e eu que pensava que esta era uma bela desculpa para a nega)

Resmas de confissões, verifica-se que as mulheres fazem sexo por razões físicas, emocionais, materiais, para aumentar a sua auto-estima,  até para manter os amantes. 

E outras tantas, que não lembram ao diabo…

Estou aqui farta de pensar aonde é que vou arrumar esta frase ( «Os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor»)

Então e  o amor…?  Isso é apenas uma canção.  … Será que ainda há quem alimente a fantasia do príncipe encantado…? Que aliás não existe, o príncipe encantado é uma lenda.

Homens e mulheres, são geneticamente compatíveis, porque são iguais…?

 

Se clicar na imagem do  livro, está disponível

publicado por Saia-Justa às 14:18
link do post | confessionário | ver confissões (12) | favorito
|
Segunda-feira, 6 de Setembro de 2010

Um erro ou arriscado...??

Muito tentador mas não será demasiado arriscado…?

Será um erro? Ou é inevitável?
Não há certezas de que a motivação masculina para a infidelidade seja diferente da feminina, embora se diga o contrário. Diz-se que a deles é sexual, a delas emocional….
Não sei não…!!! Parece-me a mim chão que já deu uvas…se não vejamos.

Há uns anos atrás, as mulheres evitavam os chefes. Hoje, não se importam nada de os degustar à sobremesa.
Quantos homens ou mulheres (comprometidos) já não tiveram um caso com um colega de trabalho….? Bom sempre é mais fácil com o colega de que com o chefe… Até porque os efeitos colaterais são menores … Se a relação com o chefe corre mal, arrisca-se a perder o amante e o emprego; se for entre colegas só tem de respirar fundo e ter paciência.
Mas as vezes, a  atracçãozinha e ir pedir “colinho” a outra freguesia. Pode ser irresistível... arriscado, mas muito irresistível…
Afinal de contas o que é que nos leva alguém comprometido a sentir-se atraído por uma pessoa?
 Será tesão, atracão fatal, ou uma grande falta de vergonha?
Dizem os entendidos, que a causa principal é o cheiro, quem diria, não é…
Aqui ente nós, parece-me a mim uma bela treta…
Quem é que nunca “comeu” alguém com os olhos a um par de metros de distancia..?
A menos que um dos intervenientes tenha cheiro de doninha, convenhamos que terá que ter um olfacto acima da média para lhe conseguir sentir o cheiro…! O que não impede uma boa foda oftalmológica.
Também se diz, que no verão todos nós temos o olfacto muito mais apurado… (embora ainda exista por ai muita boa gente com o nariz entupido durante o ano inteiro…) Possivelmente deve ser por isso que após o verão surgem mais crises conjugais e até divórcios.
A aliança também pode ser um argumento irresistível, de peso…

Se por um lado dizem que é, ou deveria ser inibidor de (…) por outro, o perigo está no anel.
HÁ quem defenda, que o facto de a pessoa ser comprometida têm as suas vantagens… dá mais estímulo, entusiasmo e atracção sexual.
Tenho uma amiga, que costuma dizer:

Não há nada mais atraente do que um homem aliança no dedo “O cão é facultativo, eu por acaso até gosto mais de gatos…
"Quer se queira quer não, a infidelidade é normal, algumas questões culturais é que viram fazer com que não pareça, e impor regras, a infidelidade faz parte da natureza humana.
Há por ai variadíssimos estudos, e qualquer revista de cusquice que se preze, não tem dúvidas em afirmar, que os homens são mais infiéis que as mulheres.
Ora se os homens têm mais parceiros sexuais do que as mulheres, como esses estudos indicam: Ou há por ai uma grande quantidade de mulheres hipersexuais (umas verdadeiras malucas) que andam a fazer sexo a torto e a direito, com uma quantidade enorme de homens, e tudo que vem  á rede marcha…
Ou os homens mentem descaradamente no número de conquistas. Ou serão elas, as mulheres, que exageram as suas virtudes…?
Das duas três, isto é quase matemática, é ou não é..???
Associamos quase sempre traição /infidelidade a um jogo sexual. E quer se queira quer não, quem controla este jogo são elas, é o comportamento sexual das mulheres ao longo do tempo que dita as regras, define com quem, e quando … ela é que dá o sinal para o homem avançar …
Mesmo num simples  flirt ,elas são as protagonistas. Muito raramente um homem se aproxima de uma mulher se não recebe previamente sinais …

A linguagem corporal é quase sempre o mote da sedução, e aqui entre nós, essa é uma arte em que nós mulheres somos exímias … Mas as vezes é bom que eles pensem o contrário… faz-lhe bem ao ego e a nós até nos dá um certo jeito…
Ora estava Moisés no Monte Sinai a anunciar os 10 mandamentos, e em voz alta, um por um e, quando chegou ao sétimo, Moisés disse:
Não desejarás a mulher do próximo! Não fornicaras ou terás relação sexual ilícita, que possa incluir o adultério.
Mas sobre o marido da próxima nem um pio… verdade?

««São ambos casados e os entre casais os melhores amigos. Fazem sempre férias juntos. Um dia durante as ferias, foram tomar um cafezito sozinhos, e quando deram conta, estavam a gozar as férias com sucessivos enganos … Vá se lá saber porque, acabavam sempre os dois num quarto extra que não pertencia nenhum dos casais…Não foi uma escandaleira, até porque há quem saiba manter a boca fechada…»»
Para a   maioria dos homens o prazer físico não põe  em causa o casamento Têm a noção de que estão a enganar as respectivas, mas não pensam em divórcio, dizem que não estão a trair porque não estão apaixonados.
É mas é uma grandessíssima desculpa para andar a pular muros, mijar fora do penico e ao mesmo tempo, manter a outra em casa, a lavar-lhe as cuecas passar as camisas, fazer o bacalhau com natas e ainda ir buscar os miúdos á escola…
Mas e as mulheres… serão muito diferentes???
««Toda a gente sabe que o Pedro é um libertino D. Juan e sedutor nato,  mas comigo (Matilde)as conversas sempre foram absolutamente inócuas... até ao dia em que ele começou a elogiar o meu corpo… Ele falava-me em uma linguagem carregada de erotismo, agradava-me.

Para que sonhar com a possibilidade se o desejava desesperadamente….?

Foi sexo puro, sem emoção, cometi uma infidelidade puramente sexual. Foi um episódio rápido de férias.
A Matilde não deixa de dizer: Ninguém tem o direito de me julgar a não ser eu mesma, eu pertenço-me, e de mim faço o que bem entender. »»
Ora nem mais querida, só não sei se o teu mais que tudo vai saber onde meter os galhos…
Mas afinal de contas o que é que pode ser considerado traição ou um simples deslize…???
Se para alguns basta uns simples pensamentos eróticos. Para outros, só conta a consumação física. Mas também há quem defenda que a verdadeira traição só acontece quando outro se apaixona por uma terceira pessoa.
Sexo: É uma coisa meramente física.
Virtual: Nunca consumada.
Sentimental: Quando mexe com os sentimentos são outros quinhentos…
Mas vamos lá fazer a separação das águas, tanto faz se a traição é real, virtual, ou sentimental.
Traição é traição e ninguém gosta de ser corno, mas por outro lado quem é que nunca comeu ninguém com os olhos… e isso pode ser considerado traição??
É claro que se perguntarmos 100 pessoas qual a possibilidade virem  a ser infiéis, a esmagadora maioria dirá nunca!
Nem sequer coloca essa hipótese, é a resposta politicamente correcta, ou está a viver um estado de “graça” o período de paixão, e acreditam que o amor é para todo o sempre …
 A verdade nua e crua é que a infidelidade existe, hoje como existiu sempre.

Umas vezes fica-se por isso mesmo, umas belas de umas cambalhotas cumpre-se no seu tempo e esgota-se.

 Outras transforma-se num caso serio, acabam-se relações e começam-se outras…

Mas é “quase” sempre um segredo bem guardado. Raramente se confessa, e nem sempre é consciente.
Tantos homens como mulheres, ninguém está imune…. Não se anda por ai a confessar infidelidades, é ou não é…?
E,  quando se confessa o “pecadito”, sobretudo elas, para quem a sociedade não é tão condescendente face a este fenómeno, como com “eles”, fazem-no a uma amiga íntima, quando muito na cadeira de um psicólogo.

publicado por Saia-Justa às 16:28
link do post | confessionário | ver confissões (68) | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Setembro de 2010

Homens....

Por falar em futilidades....

Os homens são todos uns fúteis!!!

Um estudo feito não sei onde, refere que as mulheres estão cansadas de encontrar homens que só pensam em termos descartáveis.

 Adeptos do usar e deitar fora no dia seguinte e passam a explicar:

Eles acusam-nos de sermos fúteis mas na verdade são eles que nos levam a isso.

Poucas são as mulheres que apreciam homens que têm aversão a compromissos, ou tão acomodados que não querem nada da vida.

Eles querem meninas de bem, sexys, taradas, bonitas, inteligentes e boazinhas, além de outras coisitas...e até encontram!

No início é tudo lindo, espectacular, estimulante, eles até começam a pensar que aquela é a tal e até já vão equacionando submete-la ao escrutínio da mãe.

A relação torna-se estável até que vira uma rotina sem graça. Já Era!

Ele dá por si com inveja dos amigos que vão arrasar na noite, tem saudades de dar cantadas na mulherada, das dançadinhas provocatórias na pista, depois um passar de mão, um aperto aqui e acolá tentando que role algo mais, noite após noite...

Pois bem, diz á tal (que era quase perfeita) que não está pronto para se enclausurar para o resto da vida e coisa e tal....e pronto!

Enquanto isso, a tal que esteve quase para ser a tal, manda tudo pro C****** e resolve nunca mais se envolver, promete a ela mesma que nunca mais irá ser chutada.

 Vai daí, transforma-se numa monstra.

A mulher vulcão, sexy e misteriosa da noite de hoje, era pois a ex-menina inteligente e boazinha de ontem.

E depois, lá vêem eles queixar-se da vida e das mulheres!

Rotulam-nos de carentes, exibidas, vulgares, ciumentas, mandonas, maníacas das limpezas, loucas por calorias dietas e afins, interesseiras, frescas...

Também é verdade que há mulheres que não se valorizam , mas aí pergunto eu, o que valoriza uma mulher?

Se é comportadinha não os interessa, se é extrovertida é fácil!

Que frustração!!!

Não há mulheres perfeitas, nem príncipes ou princesas mas também já não há paciência para a futilidade dos homens na sua busca desenfreada da tal felicidade amorosa.

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 21:24
link do post | confessionário | ver confissões (28) | favorito
|
Terça-feira, 8 de Junho de 2010

Rapidinha da tarde

 

A Matilde ( uma mulher muito requisitada lá na rua) resolve marcar uma consulta no psiquiatra.

Já no consultório, ainda pensa em voltar atrás, mas lá ganha coragem.

- Então minha senhora, o que a trás por cá…?

 A Matilde, meio sem jeito, lá  começa a falar:
- Sabe doutor, de manhã quando  me levanto, e depois do meu marido sair, sinto uma coisa muito estranha por o meu  corpo todo...

Vou para a rua, e o primeiro homem que encontro convido-o para fazer sexo.

Ao meio-dia os sintomas repetem-se , é um formigueiro que não consigo controlar… e convido outro homem para ter sexo.

- E a noite?  Pergunta-lhe o médico.
Á noite, bom á noite é que a coisa se complica… espero que o meu marido adormeça, e chego a procurar dois ou três homens por noite.

- Então doutor…, o  que é que  acha que eu tenho?
- Aparentemente o seu caso é bem simples... A senhora sofre de ninfomania.
- Ninfo... o que…???
- A senhora é ninfomaníaca...
- Doutor, por favor, não se importa de  escrever esse nome num papelzinho?

É que lá  na rua onde eu moro, o pessoal diz que eu sou uma grande puta!

publicado por Saia-Justa às 16:04
link do post | confessionário | ver confissões (29) | favorito
|
Terça-feira, 18 de Maio de 2010

Sem truques, receitas, ou GPS

 

Costumo dizer que só conhecemos verdadeiramente uma pessoa entre quatro paredes. Afinal de contas, é só na intimidade que “ela” se despe, não apenas das roupas como também das convenções sociais, que nos impedem de mandar as regras e os conceitos as ortigas.

Essa ideia pré histórica, que liga o casamento á função de constituir família e a continuidade da espécie, ao equilíbrio, que nos foi passado pelas velhas tradições e é defendido pela igreja, foi chão que já deu uvas… Basta ver a aprovação do casamento gay. Para manter a continuação da espécie é que não deve ser…

Em pleno século XXI, mandamos a tradição às favas! O que todos procuramos é ser felizes! Se isso contribuir para a perpetuação da espécie e agradar á sociedade, óptimo. Se não ,temos pena… mas a vida é mesmo assim… e lamentavelmente não fui eu que a fiz;)

Mas voltando ao casamento (que alguns chamam de instituição falida) o que é certo é que ainda se continua a casar, e por incrível que pareça, quanto o tempo aquece, possivelmente é pela força do calor, casórios só os que estão marcados com muito tempo de antecedência.

Quem quer casar com a Carochinha que é bonita e Formosinha…

Se é verdade que há sempre uma Carochinha a querer casar (porque balelas á parte, pelo menos uma vez na vida, todas nós sonhamos com isso) não é menos verdade, que entre vários candidatos, há sempre um João Ratão, candidato desejoso de ser o eleito e a candidatar-se ao cargo.

Porque aqui entre nós, o casamento é uma das melhores coisas que podem acontecer na vida de um homem e de uma mulher, claro. O problema é dar certo…

Definir dar certo também pode ser muito subjectivo…

Quem não se lembra do tempo em que mal se podia esperar para cair nos “braços” e quem diz nos braços, em outra parte qualquer… do nosso/a eleito? A troca de olhares, as gentilezas, os sorrisos cúmplices…

A troca de mimos, muitas atenções e salamaleques… parece que nunca era de mais dizer amo-te, o desejo á flor da pele, paixão, tesão, a ânsia de estar juntinho…

Ai, ai… o amor é lindo, é ou não é?

A sofreguidão….O corpo sente uma vontade incomensurável de ir atrás da do eleito/a tê-lo/a por inteira.

Sente-se a falta… na ausência, é como se a própria existência dependesse exclusivamente do “ter” é mais do que uma forma de “alimentar” a alma, é completa-la…. É paixão!

(hoje estou muito romântica)

Uma queca mal o carro para na garagem. Parar o elevador e comerem-se ali mesmo…  Sexo na cozinha, na casa de banho… em todas as divisões da casa…

Sexo no quarto, sexo  algumas vezes no quarto…  e cada vez com menos frequência, porque geralmente ou estão  cansados ou stressados…

Se a paixão tem prazo de validade (três meses, dizem…) então o amor deve ser substancialmente mais durável.

Um está ligado ao outro, acredito que sim, mas existe uma altura que se dá a separação das aguas… Alguns aguentam o barco, na tentativa de decifrar o que o coração sente, mas aparentemente não é assim tão simples…

Afinal de contas não existem amores-perfeitos, e tudo é eterno enquanto dura… é ou não é?

Já lá atrás, quando ouvíamos histórias infantis, acabavam sempre com o “foram felizes para sempre” mas era altamente duvidoso… se não vejamos.

A carochinha por exemplo, ficou viúva no dia do próprio casamento, tadita…

Perdeu o  João Ratão, garganeiro e esfomeado, caiu no caldeirão que foi um regalo…

A Cinderela, alguém soube mais alguma coisa depois do casamento? Claro que não! O malvado do príncipe, fez-lhe uma dúzia de filhos e fechou-a em casa a tomar conta da prol  real

A capuchinho vermelho… segundo alguns…não era nem mais nem menos que uma  jovens de má fama lá no bairro. Também o que é que se podia espera de uma gaja  que passava as tardes na mata de mini saia vermelha e sapatos de salto alto…?

  O lobo coitado, que até era vegetariano e de tendências pacifistas, viu-se metido numa grande alhada, quando a capuchinho que queria ser “comida” e o lobo nada…

Ainda levou uma valente tareia dos lenhadores ,que se fartou de ganir, e ficou cheio de medo e nódoas negras. E para mal dos seus pecados, ficou para todo o sempre ligado a essa gaja de vermelho e de reputação duvidosa.

Já para não falar da branca de neve… essa era outra que tinha sete pequenos “escravos “ coitados dos piquenos, ou nesse tempo não existia exploração infantil??

É facto que as historias infantis não abonam muito a favor dos relacionamentos, mas também toda a gente sabe que o pato Donald a Margarida estão juntos até hoje.

Porque aqui entre nós esta história do ser feliz para sempre dá uma trabalheira do caraças.

Se é verdade que a paixão é efémera, não é menos verdade que com o passar do tempo, o amor cresce, solidifica-se a relação, o companheirismo a cumplicidade, o gostar de estar cresce,  e a admiração, idem.

Mas e o tesão? Os beijos, os amassos… já não é a mesma que nos primeiros tempos de paixão…?

Existem montanhas de truques e dicas de como salvar relacionamentos, como manter a chama acesa.. E eu, as vezes pergunto-me, mas que raio, qualquer dia para dar uma fodinha é preciso estar de manual na mão e para amar  é preciso GPS…

Pois é, mas não existe nada pior que a  rotina… a mesmice… a pasmaceira do igual…

Há a teoria, de que para salvar um casamento há que te imaginação… Fantasias precisam-se…

Mas com a crise actual, até fantasiar sai caro… porque qualquer brinquedito erótico, ou vibrador, já para não falar na lingerie … que está pela hora da morte, seja ela sexy ou não.

Para tudo na vida temos que ter imaginação, fantasia, não que salve um casamento, isso não garanto, mas que ajuda um bocado lá isso ajuda.

Há que puxar por a cabeça e ser imaginativo, não deixar o casamento cair na rotina… disponibilizarmo-nos, ter abertura para…

Os nossos homens gostam de mulheres ousadas? Por muito que digam continuam a cantar de galo… porque não fazer-lhe a vontade…

É fácil, e barato. Basta para isso comprar um pacote de pipocas e um espanador.

Comecem por espalhar as pipocas no chão do quarto até á cama, deitam-se como Deus as deitou ao mundo, ou seja nuinhas, e aguardam… É vê-lo chegar todo nu de espanador no cu, a picar de pipoca em pipoca até chegar ao adjectivo. Isto é um galo de respeito.

Se por outro lado, o seu sonho sempre foi estar com um estivador, cheio de garra…força e destreza… gelatina é um bom remédio. Encher a banheira com muita agua fria, adicionar 20 a 30 pacotes de gelatina de sabor á escolha, e mergulhar… esperar quatro horas, até solidificar. Quando ele chegou em casa, é só convida-lo a participar… aposto que vai encontrar uma verdadeira prova de esforço…

Também há quem goste de uma boa guloseima, muito doce… "besuntar o corpo inteirinho com mel, e deixar-se lamber totalmente pelo parceiro. Mas cuidado, não há bela sem senão… se for diabético, pode entrar em coma e morrer de tanto prazer.

Aqui entre nós, se depois disto não resultar… um hábito de freira são favas contadas…  

Não existem truques, receitas ou GPS que salve um casamento, isso é treta… mas que requer investimento lá isso requer… e algumas propostas indecentes…

Não existem receita , vive-se..

E quem sabe depois podemos pensar: Together forever

publicado por Saia-Justa às 11:15
link do post | confessionário | ver confissões (35) | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Maio de 2010

Protesta

Enquanto gritas à tua mulher, companheira ou namorada, há um homem desejando sussurrar-lhe ao ouvido.

Enquanto a humilhas, ofendes e insultas, há um homem cortejando-a e recordando-lhe de que é uma boa mulher.

Enquanto lhe bates, há um homem desejando dar-lhe amor. Enquanto a fazes chorar, há um homem que lhe rouba sorrisos.

"Copia e cola" Não podemos deixar de  protesta contra a violência doméstica

 

 

Este espaço pode não estar vocacionado para isto (mas o sexo é feito de mulheres e homens)  

 Nunca é de mais lembrar…

 

 

 

publicado por Saia-Justa às 16:22
link do post | confessionário | ver confissões (40) | favorito
|
Terça-feira, 4 de Maio de 2010

As mulheres têm mais fantasias sex...

  

Em matéria de imaginação, a feminina pode ser mais picante do que a masculina, quando o assunto é sexo.

Talvez a diferença substancial, é que elas, deixam a imaginação voar, mas poucas vezes a levam á pratica, ou seja,  poucas vezes concretizam o que querem, seja por vergonha ou temor por serem consideradas ousadas demais.

Diz estudo....:As mulheres casadas têm mais fantasias sexuais com outros homens. do que com os respectivos!

Vocês concordam?

Segundo uma sondagem ( agora diz tailleur, lá vem ela com sondagens..) noticiada pela Lusa.

Diz então a dita sondagem, que uma ampla maioria de mulheres casadas , 76 % reconhece que tem fantasias com um outro homem em lugar do marido, e 39 por cento afirma que se apaixona por outros homens de forma constante.

Um inquérito realizado entre mulheres casadas dos E U mas podia muito bem ser de outro país qualquer…

Revelou ainda, que um terço delas (36 por cento) não escolheria o mesmo homem como marido e 20 por cento não sabe se o faria ou não...

Ela lá sabem... Ou já não há casamentos "perfeitos" ou o mulherio anda por ai com vontade de soltar a franga... Quem sabe pedir uma nova opinião;)

Ora isto é mais ou menos como dizer se… Nós mulheres somos muito de se… se…!!!!

Há quem insinue, que a mente de uma mulher, pode ser mais poderosa que um filme de alto conteúdo erótico ou pornográfico.

Acham que sim???

Todos nós temos um sonho erótico de “consumo” Tipo, eu ainda vou fazer isto… ou aquilo…ou assim... ou assado...mas sempre acrescentamos o  se… se…!

A grande maioria das vezes a falta de ousadia faz com que as fantasias não passem disso mesmo, fantasias, e nunca são concretizadas.

Mas elas continuam lá, presentes e reaparecem as vezes nos momentos mais inoportunos:)

Mas afinal, homens ou mulheres , quem é que não tem assim um fetiche, um sonho erótico que ainda não concretizou??

Tretas, quando dizem eu já fizeram de um tudo…

A típica fantasia, fazer sexo no elevador.

A emoção seria em grande se fosse em um edifício bem movimentado, num lugar publico, uma rapidinha com a adrenalina ao máximo .

Meter uma terceira pessoa ao barulho...

Fazer sexo inesperadamente com um desconhecido….( o António Banderas não era mal pensado)

Vestir uma roupa de criada, enfermeira, de lolita...

Eu tenho uma amiga minha , que um dia achou por  bem fazer uma surpresa ao marido . Vai dai ,vai a uma sex chop e compra um kit da tiazinha .

Já em  casa, e na casa  de banho, prepara-se... perfuma-se e lá sai de mascarilha , botas de couro e chicote na mão tudo para surpreender o maridinho que há tempos a coisa não se animava...

 
- E então , querido?
-Eláaaa... o que temos aqui??? do pescoço para cima pareces  o Zorro, do pescoço para baixo, com o sargento  Garcia....

(homens sempre românticos)

 

Enfim, existem milhentos fetiches e desejos secretos , das coisas mais simples as mais complicadas… porque diz-se que no sexo vale tudo…

 Bom… tudo, tudo não é bem assim…

Sadismo masoquismo, bondage e afins, nem sei qual o gozo disso mas á gostos para tudo…

Há até  quem diga que a mulher gosta de apanhar. Claro que não estou a referir-me a porrada, mas li esta frase pora ai:

“toda a mulher gosta de apanhar do homem  amado.” ( ai meu jesus  cristinho)

As mulheres devem ser tratadas como rainhas, mas, na relação entre homem e mulher, na cama , há sempre um momento em que a mulher provoca, a mulher testa o sentimento masculino, a mulher procura saber até onde ele conseguir ir, e no calor da coisa,  um tapinha não dói...

Como disse Nelson Rodrigues, Nem todas mulheres gostam de apanhar, só as normais, porque as que a neuróticas reagem…

Pois bem me parecia ,que  por aqui por as minhas bandas,  reina uma grande anormalidade... e uma neurose a cima da média…

É que dia que o “meu mais que tudo” tiver o azar de vir com alguma gracinha do género, eu acho que perderia a tesão e partia-lhe   as ventas , e de  certeza que depois de levar com o despertador nas fuças, nunca mais repetia a graça.

Mas dentro de esta panóplia de fantasias, desejos ou vontades, cada um tem os seus sonhos…

Eu cá não sou excepção, e como mulher que sou, também tenho os meus, ora nem mais.

O meu sonho erótico de consumo, é completamente impossível de por em prática. Pelo menos nesta "encarnação", porque na outra, vai ser condição "sine qua non "no currículo para me levar á certa, aí lá isso vai…

Ora aqui a “pecadora “ tembém tem   fantasias ...

Chegar do trabalho, entrar em casa   e ter o “meu mais que tudo” a fazer a comidinha  ( só de avental) lavar e passar as  roupinhas , arrumar a casa e claro, estar arrumadinho e cheirosinho e com um esplêndido  sorrisinho nos lábios  para a sua querida mulherzinha, (eu) e receber-me com um beijo cheio de animo...

E á noite, depois de despachar os afazeres domésticos ( enquanto eu me vou refastelando no sofá a ler o jornal e a fazer zapping )ele vêm sexy , prestável, e sem um sinal de cansaço…   

E com vontade de fazer sexo. Isso sim,  é que era vidinha…

E não é pedir de mais, é só o que eles nos pedem a nós:)

Mas a verdade nua e crua, concorde-se ou não, o máximo de prazer extra que a maioria já teve, foi sentir-se extremamente desejada por um homem e a partir disso tudo o resto é fantasia.

Então será verdade que as mulheres casadas ou não, têm mais fantasias sexuais com outros homens do que com os respectivos, mas raramente as levam á pratica!

Vocês concordam?

Eu até perguntava á minha amiga tailleur, que  não a deve  anda a fazer boa...

Tu vê lá querida, não leves esta coisa de "greve" muito a sério, vai na volta ainda te sobe á cabeça… “salvo seja”

 

 Deixa-te disso amiga, como podemos comprovar ainda estás cá para as curvas... Há matadora!!!!!!

publicado por Saia-Justa às 15:20
link do post | confessionário | ver confissões (25) | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Abril de 2010

Com ou sem...

Um final de almoço, ali numa esplanada lá para os lados do Guincho.

Dois mulherões chegam e sentam-se, em lados distintos.

Ambas pedem café, ainda ouço o empregado perguntar "Com ou sem..." mas, abstenho-me das respostas e fixo-me na aura de satisfação que ambas ostentam, engraçado, ...têm as mesmas estrelas no olhar.

 

A morena a quem vou chamar Paulina, é escultora de profissão.

Está habituada a corpos nus mas, o corpo "dele" e, vamos chamar-lhe Alberto é uma coisa...perfeita!

Ombros largos, músculos poderosos, estomago liso, ancas estreitas, pernas longas e esbeltas, a sustentarem uma virilidade arrogante.

O seu pelo corporal é como uma rede dourada, que o envolve desde o peito ao sexo poderoso.

Alberto é poderoso, intenso.

Ela gosta especialmente, quando ele se deita em cima dela, lhe mordisca a orelha e com um simples toque de polegar lhe deixa os mamilos intumescidos a ansiar por satisfação.

Ainda á pouco lhe desenhou um trilho de fogo, que deixou a sua feminilidade inchada e palpitante.

Alberto é criativo, todo ele paixão.

O sexo seja onde fôr nunca é rotineiro ou sem imaginação.

Com estrelas nos olhos, Paulina recorda momentos atrás, em que o seu sexo aveludado se abriu e numa penetração rápida e certeira e eles, se fundiram num só.

Foi tão intenso....tão primitivo!

Extenuados e sem fôlego, permaneceram abraçados, enquanto em uníssono os seus corações celebravam o orgasmo.

 

A ruiva, a quem vou chamar Margarida, é terapeuta da fala.

Mexe o seu café com os olhos perdidos no infinito.

Está a repassar momentos passados com "ele", e isso é visível até na maneira como humedece os lábios, ao mesmo tempo que um ligeiro rubor lhe sobe ao rosto.

Vitor, vamos chamar-lhe Victor.

Ele, não é própriamente bonito.

Alto e esguio, tem um corpo compacto, uma pele translúcida, um peito poderoso coberto de pelos negros e lisos, que vêm morrer no membro grosso e grande.

Vitor é sempre gentil. Tem umas mão de dedos longos e uma língua irrequieta, abrasadora, num toque ao mesmo tempo suave e atrevido.

O seu seio enche-lhe a mão, e adora a maneira como lhe beija e suga os mamilos, como lhe descobre o umbigo, como lhe percorre cada reentrância.

Ainda á pouco, espalmou as mãos contra aquele peito peludo, para evitar cravar-lhe as unhas nas nádegas perfeitas.

Vitor é um torturador nato, tem um controle impossível e adora ouvi-la implorar.

Eentão, e só então, a olha nos olhos, esmaga-lhe os seios, e com a boca na curva suave do pescoço, sussura palavras doces enquanto vai fundo, cada vez mais fundo.

Margarida contrai as ancas ao redor do seu sexo, e num ritmo alucinante os dois fundem-se num só.

É intenso, profundo, perturbador....

Extenuados e sem fôlego, permanecem abraçados, enquanto em uníssono os seus corações celebram o orgasmo.

 

Duas mulheres, dois homens, orgasmos poderosos, (parece publicidade a um qualquer filme a acontecer num cinema próximo de si)

Também não quero saber se foi "com ou sem" camisinha, isso fica à consciência de cada um.

Muito menos me interessa se o café foi "com ou sem açúcar.

 

O que eu gostaria de saber, Saia é se consegues distinguir, qual dos dois orgasmos antigidos foi (com ou sem)...amor.

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 13:15
link do post | confessionário | ver confissões (81) | favorito
|

.Elas....

.pesquisar

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.pecados/recentes

. Afinal no que ficamos...?

. Umas dirão que sim, outra...

. Sexo, porque será...?

. Um erro ou arriscado...?...

. Homens....

. Rapidinha da tarde

. Sem truques, receitas, ou...

. Protesta

. As mulheres têm mais fan...

. Com ou sem...

.pecados/absolvidos

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

contador de visitas
compteur gratuit
contador de visitas

.últ. comentários

Vou revelar meu segredoNInguém imagina que na inti...
Procuro mulher fogosa para inversão.Tenho cara voz...
SoParaEla.Net ( SexShop , Sex Shop )http://www.sop...
Interessante. E agora, tantos anos depois... Já fa...
Pelo menos eu percebo e adoro quando minha namorad...
Kkkk... o que eu mais gosto é de explorar os lábio...
Macarron chacarron
Mulher, e a coisaa material mais gostosa que Deus ...
olá rapariga. pela tua mentalidade e pela abordage...

.mais comentados

eXTReMe Tracker
provided by Inteliture.com
Inteliture.com
online
blogs SAPO