Terça-feira, 18 de Maio de 2010

Sem truques, receitas, ou GPS

 

Costumo dizer que só conhecemos verdadeiramente uma pessoa entre quatro paredes. Afinal de contas, é só na intimidade que “ela” se despe, não apenas das roupas como também das convenções sociais, que nos impedem de mandar as regras e os conceitos as ortigas.

Essa ideia pré histórica, que liga o casamento á função de constituir família e a continuidade da espécie, ao equilíbrio, que nos foi passado pelas velhas tradições e é defendido pela igreja, foi chão que já deu uvas… Basta ver a aprovação do casamento gay. Para manter a continuação da espécie é que não deve ser…

Em pleno século XXI, mandamos a tradição às favas! O que todos procuramos é ser felizes! Se isso contribuir para a perpetuação da espécie e agradar á sociedade, óptimo. Se não ,temos pena… mas a vida é mesmo assim… e lamentavelmente não fui eu que a fiz;)

Mas voltando ao casamento (que alguns chamam de instituição falida) o que é certo é que ainda se continua a casar, e por incrível que pareça, quanto o tempo aquece, possivelmente é pela força do calor, casórios só os que estão marcados com muito tempo de antecedência.

Quem quer casar com a Carochinha que é bonita e Formosinha…

Se é verdade que há sempre uma Carochinha a querer casar (porque balelas á parte, pelo menos uma vez na vida, todas nós sonhamos com isso) não é menos verdade, que entre vários candidatos, há sempre um João Ratão, candidato desejoso de ser o eleito e a candidatar-se ao cargo.

Porque aqui entre nós, o casamento é uma das melhores coisas que podem acontecer na vida de um homem e de uma mulher, claro. O problema é dar certo…

Definir dar certo também pode ser muito subjectivo…

Quem não se lembra do tempo em que mal se podia esperar para cair nos “braços” e quem diz nos braços, em outra parte qualquer… do nosso/a eleito? A troca de olhares, as gentilezas, os sorrisos cúmplices…

A troca de mimos, muitas atenções e salamaleques… parece que nunca era de mais dizer amo-te, o desejo á flor da pele, paixão, tesão, a ânsia de estar juntinho…

Ai, ai… o amor é lindo, é ou não é?

A sofreguidão….O corpo sente uma vontade incomensurável de ir atrás da do eleito/a tê-lo/a por inteira.

Sente-se a falta… na ausência, é como se a própria existência dependesse exclusivamente do “ter” é mais do que uma forma de “alimentar” a alma, é completa-la…. É paixão!

(hoje estou muito romântica)

Uma queca mal o carro para na garagem. Parar o elevador e comerem-se ali mesmo…  Sexo na cozinha, na casa de banho… em todas as divisões da casa…

Sexo no quarto, sexo  algumas vezes no quarto…  e cada vez com menos frequência, porque geralmente ou estão  cansados ou stressados…

Se a paixão tem prazo de validade (três meses, dizem…) então o amor deve ser substancialmente mais durável.

Um está ligado ao outro, acredito que sim, mas existe uma altura que se dá a separação das aguas… Alguns aguentam o barco, na tentativa de decifrar o que o coração sente, mas aparentemente não é assim tão simples…

Afinal de contas não existem amores-perfeitos, e tudo é eterno enquanto dura… é ou não é?

Já lá atrás, quando ouvíamos histórias infantis, acabavam sempre com o “foram felizes para sempre” mas era altamente duvidoso… se não vejamos.

A carochinha por exemplo, ficou viúva no dia do próprio casamento, tadita…

Perdeu o  João Ratão, garganeiro e esfomeado, caiu no caldeirão que foi um regalo…

A Cinderela, alguém soube mais alguma coisa depois do casamento? Claro que não! O malvado do príncipe, fez-lhe uma dúzia de filhos e fechou-a em casa a tomar conta da prol  real

A capuchinho vermelho… segundo alguns…não era nem mais nem menos que uma  jovens de má fama lá no bairro. Também o que é que se podia espera de uma gaja  que passava as tardes na mata de mini saia vermelha e sapatos de salto alto…?

  O lobo coitado, que até era vegetariano e de tendências pacifistas, viu-se metido numa grande alhada, quando a capuchinho que queria ser “comida” e o lobo nada…

Ainda levou uma valente tareia dos lenhadores ,que se fartou de ganir, e ficou cheio de medo e nódoas negras. E para mal dos seus pecados, ficou para todo o sempre ligado a essa gaja de vermelho e de reputação duvidosa.

Já para não falar da branca de neve… essa era outra que tinha sete pequenos “escravos “ coitados dos piquenos, ou nesse tempo não existia exploração infantil??

É facto que as historias infantis não abonam muito a favor dos relacionamentos, mas também toda a gente sabe que o pato Donald a Margarida estão juntos até hoje.

Porque aqui entre nós esta história do ser feliz para sempre dá uma trabalheira do caraças.

Se é verdade que a paixão é efémera, não é menos verdade que com o passar do tempo, o amor cresce, solidifica-se a relação, o companheirismo a cumplicidade, o gostar de estar cresce,  e a admiração, idem.

Mas e o tesão? Os beijos, os amassos… já não é a mesma que nos primeiros tempos de paixão…?

Existem montanhas de truques e dicas de como salvar relacionamentos, como manter a chama acesa.. E eu, as vezes pergunto-me, mas que raio, qualquer dia para dar uma fodinha é preciso estar de manual na mão e para amar  é preciso GPS…

Pois é, mas não existe nada pior que a  rotina… a mesmice… a pasmaceira do igual…

Há a teoria, de que para salvar um casamento há que te imaginação… Fantasias precisam-se…

Mas com a crise actual, até fantasiar sai caro… porque qualquer brinquedito erótico, ou vibrador, já para não falar na lingerie … que está pela hora da morte, seja ela sexy ou não.

Para tudo na vida temos que ter imaginação, fantasia, não que salve um casamento, isso não garanto, mas que ajuda um bocado lá isso ajuda.

Há que puxar por a cabeça e ser imaginativo, não deixar o casamento cair na rotina… disponibilizarmo-nos, ter abertura para…

Os nossos homens gostam de mulheres ousadas? Por muito que digam continuam a cantar de galo… porque não fazer-lhe a vontade…

É fácil, e barato. Basta para isso comprar um pacote de pipocas e um espanador.

Comecem por espalhar as pipocas no chão do quarto até á cama, deitam-se como Deus as deitou ao mundo, ou seja nuinhas, e aguardam… É vê-lo chegar todo nu de espanador no cu, a picar de pipoca em pipoca até chegar ao adjectivo. Isto é um galo de respeito.

Se por outro lado, o seu sonho sempre foi estar com um estivador, cheio de garra…força e destreza… gelatina é um bom remédio. Encher a banheira com muita agua fria, adicionar 20 a 30 pacotes de gelatina de sabor á escolha, e mergulhar… esperar quatro horas, até solidificar. Quando ele chegou em casa, é só convida-lo a participar… aposto que vai encontrar uma verdadeira prova de esforço…

Também há quem goste de uma boa guloseima, muito doce… "besuntar o corpo inteirinho com mel, e deixar-se lamber totalmente pelo parceiro. Mas cuidado, não há bela sem senão… se for diabético, pode entrar em coma e morrer de tanto prazer.

Aqui entre nós, se depois disto não resultar… um hábito de freira são favas contadas…  

Não existem truques, receitas ou GPS que salve um casamento, isso é treta… mas que requer investimento lá isso requer… e algumas propostas indecentes…

Não existem receita , vive-se..

E quem sabe depois podemos pensar: Together forever

publicado por Saia-Justa às 11:15
link do post | confessionário | ver confissões (35) | favorito
|
Terça-feira, 4 de Maio de 2010

As mulheres têm mais fantasias sex...

  

Em matéria de imaginação, a feminina pode ser mais picante do que a masculina, quando o assunto é sexo.

Talvez a diferença substancial, é que elas, deixam a imaginação voar, mas poucas vezes a levam á pratica, ou seja,  poucas vezes concretizam o que querem, seja por vergonha ou temor por serem consideradas ousadas demais.

Diz estudo....:As mulheres casadas têm mais fantasias sexuais com outros homens. do que com os respectivos!

Vocês concordam?

Segundo uma sondagem ( agora diz tailleur, lá vem ela com sondagens..) noticiada pela Lusa.

Diz então a dita sondagem, que uma ampla maioria de mulheres casadas , 76 % reconhece que tem fantasias com um outro homem em lugar do marido, e 39 por cento afirma que se apaixona por outros homens de forma constante.

Um inquérito realizado entre mulheres casadas dos E U mas podia muito bem ser de outro país qualquer…

Revelou ainda, que um terço delas (36 por cento) não escolheria o mesmo homem como marido e 20 por cento não sabe se o faria ou não...

Ela lá sabem... Ou já não há casamentos "perfeitos" ou o mulherio anda por ai com vontade de soltar a franga... Quem sabe pedir uma nova opinião;)

Ora isto é mais ou menos como dizer se… Nós mulheres somos muito de se… se…!!!!

Há quem insinue, que a mente de uma mulher, pode ser mais poderosa que um filme de alto conteúdo erótico ou pornográfico.

Acham que sim???

Todos nós temos um sonho erótico de “consumo” Tipo, eu ainda vou fazer isto… ou aquilo…ou assim... ou assado...mas sempre acrescentamos o  se… se…!

A grande maioria das vezes a falta de ousadia faz com que as fantasias não passem disso mesmo, fantasias, e nunca são concretizadas.

Mas elas continuam lá, presentes e reaparecem as vezes nos momentos mais inoportunos:)

Mas afinal, homens ou mulheres , quem é que não tem assim um fetiche, um sonho erótico que ainda não concretizou??

Tretas, quando dizem eu já fizeram de um tudo…

A típica fantasia, fazer sexo no elevador.

A emoção seria em grande se fosse em um edifício bem movimentado, num lugar publico, uma rapidinha com a adrenalina ao máximo .

Meter uma terceira pessoa ao barulho...

Fazer sexo inesperadamente com um desconhecido….( o António Banderas não era mal pensado)

Vestir uma roupa de criada, enfermeira, de lolita...

Eu tenho uma amiga minha , que um dia achou por  bem fazer uma surpresa ao marido . Vai dai ,vai a uma sex chop e compra um kit da tiazinha .

Já em  casa, e na casa  de banho, prepara-se... perfuma-se e lá sai de mascarilha , botas de couro e chicote na mão tudo para surpreender o maridinho que há tempos a coisa não se animava...

 
- E então , querido?
-Eláaaa... o que temos aqui??? do pescoço para cima pareces  o Zorro, do pescoço para baixo, com o sargento  Garcia....

(homens sempre românticos)

 

Enfim, existem milhentos fetiches e desejos secretos , das coisas mais simples as mais complicadas… porque diz-se que no sexo vale tudo…

 Bom… tudo, tudo não é bem assim…

Sadismo masoquismo, bondage e afins, nem sei qual o gozo disso mas á gostos para tudo…

Há até  quem diga que a mulher gosta de apanhar. Claro que não estou a referir-me a porrada, mas li esta frase pora ai:

“toda a mulher gosta de apanhar do homem  amado.” ( ai meu jesus  cristinho)

As mulheres devem ser tratadas como rainhas, mas, na relação entre homem e mulher, na cama , há sempre um momento em que a mulher provoca, a mulher testa o sentimento masculino, a mulher procura saber até onde ele conseguir ir, e no calor da coisa,  um tapinha não dói...

Como disse Nelson Rodrigues, Nem todas mulheres gostam de apanhar, só as normais, porque as que a neuróticas reagem…

Pois bem me parecia ,que  por aqui por as minhas bandas,  reina uma grande anormalidade... e uma neurose a cima da média…

É que dia que o “meu mais que tudo” tiver o azar de vir com alguma gracinha do género, eu acho que perderia a tesão e partia-lhe   as ventas , e de  certeza que depois de levar com o despertador nas fuças, nunca mais repetia a graça.

Mas dentro de esta panóplia de fantasias, desejos ou vontades, cada um tem os seus sonhos…

Eu cá não sou excepção, e como mulher que sou, também tenho os meus, ora nem mais.

O meu sonho erótico de consumo, é completamente impossível de por em prática. Pelo menos nesta "encarnação", porque na outra, vai ser condição "sine qua non "no currículo para me levar á certa, aí lá isso vai…

Ora aqui a “pecadora “ tembém tem   fantasias ...

Chegar do trabalho, entrar em casa   e ter o “meu mais que tudo” a fazer a comidinha  ( só de avental) lavar e passar as  roupinhas , arrumar a casa e claro, estar arrumadinho e cheirosinho e com um esplêndido  sorrisinho nos lábios  para a sua querida mulherzinha, (eu) e receber-me com um beijo cheio de animo...

E á noite, depois de despachar os afazeres domésticos ( enquanto eu me vou refastelando no sofá a ler o jornal e a fazer zapping )ele vêm sexy , prestável, e sem um sinal de cansaço…   

E com vontade de fazer sexo. Isso sim,  é que era vidinha…

E não é pedir de mais, é só o que eles nos pedem a nós:)

Mas a verdade nua e crua, concorde-se ou não, o máximo de prazer extra que a maioria já teve, foi sentir-se extremamente desejada por um homem e a partir disso tudo o resto é fantasia.

Então será verdade que as mulheres casadas ou não, têm mais fantasias sexuais com outros homens do que com os respectivos, mas raramente as levam á pratica!

Vocês concordam?

Eu até perguntava á minha amiga tailleur, que  não a deve  anda a fazer boa...

Tu vê lá querida, não leves esta coisa de "greve" muito a sério, vai na volta ainda te sobe á cabeça… “salvo seja”

 

 Deixa-te disso amiga, como podemos comprovar ainda estás cá para as curvas... Há matadora!!!!!!

publicado por Saia-Justa às 15:20
link do post | confessionário | ver confissões (25) | favorito
|

.Elas....

.pesquisar

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.pecados/recentes

. Sem truques, receitas, ou...

. As mulheres têm mais fan...

.pecados/absolvidos

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

contador de visitas
compteur gratuit
contador de visitas

.últ. comentários

Vou revelar meu segredoNInguém imagina que na inti...
Procuro mulher fogosa para inversão.Tenho cara voz...
SoParaEla.Net ( SexShop , Sex Shop )http://www.sop...
Interessante. E agora, tantos anos depois... Já fa...
Pelo menos eu percebo e adoro quando minha namorad...
Kkkk... o que eu mais gosto é de explorar os lábio...
Macarron chacarron
Mulher, e a coisaa material mais gostosa que Deus ...
olá rapariga. pela tua mentalidade e pela abordage...

.mais comentados

eXTReMe Tracker
provided by Inteliture.com
Inteliture.com
online
blogs SAPO