Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

O que entendem por natural ???

 

 

Estão frente a frente... olham-se, olhos nos olhos...
Um momento… o carinho... dois rostos …dois seres..
-Dá-me um abraço… Dois corpos que se encontram, se tocam ..
Abraçam-se em silencio, quietamente, gozando o momento  …
Carinho, amor, desejo…
Olham-se fixamente, como que hipnotizados, uma mão que acaricia o rosto..
Bocas que se aproximam…
De mãos dadas fecham a porta….
O que se passa da porta para dentro, só a (eles) diz respeito..
(Haaá…e que sejam felizes…)
Há histórias de amor muito bonitas, não há???
Por mais ou menos sensíveis que sejamos, todos gostamos de uma bonita historia de amor, e seja num filme ou na vida real, acabamos sempre por “torcer” para que dê certo , que sejam felizes para sempre.
Existe lá coisa mais bonita que uma historia de amor, uma relação que faz sorrir ...???
Sentir-se amado, sentir-se adolescente de novo. Senti que alguém ao nosso lado, é capaz de nos aconchegar em todos os momentos, com palavras, emoções, e desejo.
Todas as historias de amor tem um (Q) de ridículo (para quem está de fora) Troca de MMS, bilhetinhos espalhados por aí... Noites mal dormidas enfim… o amor é lindo.
O que é o amor: é desejo, paixão, tesão, sorrir sem razão…  ora bolas quem é que não gosta de o sentir..?
Mas o amor não é só uma coisa física, o amor na sua essência…é muito mais do que sexualidade, ou não é?
 E muitos de nós, não interpretamos o amor a luz de nossa pequenez?
Aquela historia lá em cima, pode ser uma história de amor, certo?
Tem gestos bonitos, desejo, ou seja, todos os ingredientes para ser uma historia de amor…

Mas será que a vemos com os mesmos olhos se soubermos o sexo dos intervenientes???
Altera alguma coisa? Ou passa a ser um pecado, uma depravação, uma anormalidade?
O objectivo aqui não é o de fazer apologia a nada.  Mas a sociedade em que vivemos,  prova através de comportamentos preconceituosos, e ainda acredita, que o amor só pode ser vivido entre pessoas de sexos opostos.
Como diria a outra, o casamento serve para procriar…

Credo, isso faz-me ver os homens e mulheres como animais de reprodução… elas deposito de esperma e eles bois de cobrição. 
Há quem considere a homossexualidade antinatural. 

E o que é que podemos entender por natural???
Só  as quecas   ente homens e mulheres exclusivamente para reprodução? 
E quando os  casais heterossexuais  dão uma bela foda, só pelo prazer…

Porque é bom, porque faz parte da natureza humana, isso é antinatura?
Os beijos na boca, o sexo oral, anal, a masturbação… 

Deixemo-nos de  hipocrisia quem é que não conhece o próprio corpo através do toque das próprias mãos pela masturbação ????
Tretas á parte, o  prazer é uma coisa muito pessoal…  e sente-se goza-se  independente  de ser pecado ou não!
Independente da orientação sexual de cada um, o amor não pode ser catalogado... para uns como doença , falta de vergonha ou pecado e para outros como uma bênção .
Mas desde quando é que o amor se pode considerar um pecado?? Isto partindo do principio que o pecado existe… Coisa que eu duvido, o pecado está na cabeça de cada um de nós.
Não que seja perita na matéria, mas pelo que me apercebo, a homossexualidade não é uma  pessoa relacionar-se  apenas sexualmente com alguém do mesmo sexo, isso é  tesão….

É tudo o que envolve uma relação hetero, companheirismo, interesses, gostos, o envolvimento sentimental, e  evidentemente que se “comem” que se amam, afinal faz parte é uma  necessidade fisiológica ter sexo.
A homossexualidade não é uma escolha pessoal, ninguém acorda e diz: Hoje sou gay ou lésbica…

Ninguém escolhe a sua orientação sexual.
As vezes pergunto-me se todos nós temos a sensibilidade  suficiente para avaliar  o conceito do amor… sem preconceitos …
Claro que somos espirituosos, e existe sempre a tendência de sorrir ou fazer uma piadinha sobre outras tendências “opções” sexuais.
Mas é absolutamente estúpido o preconceito, e a ignorância de muito boa gente que humilha, e diz que nem amizade manteria com um gay ou lésbica.
Cuidado… isso pode ser sexualidade mal resolvida…  
A sorte é que os gays não são azuis… as tantas, ficaríamos  surpreendidos com a quantidade de pessoas azuis que existem à nossa volta.
A nossa sociedade ainda condena a homossexualidade, seja por questões religiosas ou outras…   mas a ignorância é opcional… temos cérebro…
Como diz a historias lá em cima…
 “O que se passa da porta para dentro, só a (eles) diz respeito..”
Em que é que isso pode afectar a minha sexualidade??

Em relação à homossexualidade, a minha opinião é só uma: Cada um deve procurar a felicidade. Se é com alguém do mesmo sexo seja…!
 É muito hipócrita recriminar tudo o que não seja padrão.   A maioria das pessoas não consegue ser feliz, e tem inveja daqueles que não seguindo os padrõezinhos impostos conseguem ser.
A verdade é que se fossemos mais felizes, não passaríamos a vida a palpitar sobre a “vida do vizinho” Se fossemos verdadeiramente felizes ,viviamos...
O amor deve ser respeitado em todas as suas formas.

 

Saia Justa
 

publicado por Saia-Justa às 14:35
link do post | confessionário | favorito
|
27 comentários:
De tailleur-e-saltosaltos a 2 de Outubro de 2009 às 15:07
Bom começo por te dizer que não vou achar nada natural "se", alguém imaginar que essas duas moçoilas somos nós....nada contra mas a verdade acima de tudo!!

Depois vou ter de te dizer que brincadeiras à parte este foi provávelmente o melhor post que fizeste até hoje

Não dá para brincar, para rir para gargalhar mas o testemunho que aqui deixaste é a verdadeira essência do Pecadoras

Não me importa quem cá vem, muito menos quem nos comenta, muito do que escrevemos aqui é irrealista, serve para nos divertirmos, para darmos umas boas gargalhadas mas, acho que já deu para perceber a quem nos acompanha que essencialmente no que se refere a tabús, preconceitos, racismo e todas as outras hipocrisias que infelizmente grassam por aí , nós temos uma postura responsável!

Não somos donas da verdade, nem melhores que ninguém mas uma mente lúcida e a total ausência de preconceitos faz especialmemte de ti uma mulher muito especial
De Saia-Justa a 2 de Outubro de 2009 às 15:28
Ora, ora, ora….
Gracias pelos elogios , mas vai com calma, não somos as moçoilas da foto mas as tantas até pensam que sim… olha uma é loira outra é morena, assim como nós.

Quanto ao post em si, melhor não direi…embora nenhum deles seja grande coisa, este deu-me especial prazer porque sem exageros é genuinamente o que penso sobre o assunto.

Este bocadinho do teu comentário tem a sua piada..
(Não me importa quem cá vem, muito menos quem nos comenta)

Este blog é difícil de comentar… é que para “regar” já cá estamos nós, “brincar” com o tema sexo não é fácil….
Afasta os grandes contadores de histórias de cueca e cama, é fácil de ver que já deixamos de acredita no pai natal à muito tempo…. E o coelhinho da pascoa vai pelo mesmo caminho.

Bom mas hoje o assunto é sério, hoje gostava de opiniões…


De tailleur-e-saltosaltos a 2 de Outubro de 2009 às 15:45
Bom não concordo contigo no que se refere a "ser difícil comentar o pecadoras"".....difícil será engolir as respostas aos comentários mas isso são outros quinhentos

Não julgo ninguém, que espreitem à vontade mas uma coisa é certa quem ainda não aprendeu a rir de si mesmo não consegue comentar o Pecadoras e com "tomates ou sem tomates para se identificar"

Brincar com o sexo não é di´ficil minha querida a dificulfdade está em o levar a sério....
De Saia-Justa a 2 de Outubro de 2009 às 15:54
Bolas por momentos assustei-me, difícil é leva-lo....
Ai credo onde é que esta pecadora quer levar o sexo.. ok, fiquei mais descansada.

Embora não entenda nada dessas coisas… ( eu é mais couves e pão caseiro) mas quem não sabe brincar com o sexo está a perder muitas coisas boas.

Não concordas mas é verdade!!
Já alguém me disse que não é fácil deixar comentários
De tailleur-e-saltosaltos a 2 de Outubro de 2009 às 16:06
Olha minha linda tu entendeste-me perfeitamente tá

Agora quanto ao ser difícil comentar será do vermelho??

É que às vezes investe cada um por aqui
De tailleur-e-saltosaltos a 2 de Outubro de 2009 às 16:58
Hummmm.....

Adoro deixar-te sem argumentos
De Saia-Justa a 2 de Outubro de 2009 às 17:17
Neste caso não é tanto falta de argumento mas trabalho, topas?
De Saia-Justa a 2 de Outubro de 2009 às 17:16
Tento mas nem sempre tenho o dom de te entender
Investidas à parte é preciso é por a “coisa” a jeito ..
Também detesto o vermelho com sabes.
De desejososer a 2 de Outubro de 2009 às 19:14
Bem...só me apraz dizer: " que te deu hoje???"
Mas vou comentar!
Não tenho nada contra gays nem lésbicas, muito menos contra o fundamento das suas relações.
Mas que de natural tem muito pouco isso tem.
Senão analisemos ao fundo a natureza!
Qual o ser vivo, além do homem, que relaciona sexualmente e socialmente com o mesmo sexo?
Deves tar a contar pelos dedos!
Claro que não acredito que a homossexualidade se possa tornar num padrão de vida, porque se assim fosse a humanidade estaria condenada à extinção.
Pode ser uma opção certamente ou talvez não!
Vários factores podem contribuir para o facto da homossexualidade estar a aumentar no mundo inteiro.
Mas aquele que eu acho mais relevante é o facto de que seres do mesmo sexo se compreendem melhor do que ao sexo oposto.
Mas não estarão a cometer o erro do facilitismo cada vez mais presente nas nossas acções e relações quotidianas? Não será o gozo da tentativa de compreensão e do jogo de poderes que nos dá mais prazer à relação entre diferentes!
Que no fundo acabam por encaixar perfeitamente!
Claro que os sentimentos não os podemos julgar, mas podemos pelo menos tentar compreende-los, analisa-los e consequentemente avaliar!
E o que importa mesmo é ser feliz...
E há na homossexualidade aspectos que nunca vão proporcionar felicidade!
E o da continuação da vida é um deles!
Mas com a felicidade plena não existe...
Fica o meu respeito!



De Saia-Justa a 2 de Outubro de 2009 às 21:27
Como todo o respeito faço questão de te responder.

Não concordo, ou seja nem é questão de concordar ou não, é um facto, a homossexualidade não está a aumentar em todo o mundo.
Porque a orientação do desejo sexual de uma pessoa não é decorrência de modas ou de apetites.
Homossexuais existiram em todos os tempos e culturas da humanidade e a homossexualidade não é uma opção pessoal que possa ser modificada em função de circunstâncias muito menos de natureza legal.

O que está a acontecer é uma maior visibilidade de casais homossexuais em função da sua melhor aceitação social.
Isso não significa que houve um aumento no número de homossexuais, mas sim que começaram a perceber que não tem que se esconder, que tem tanto direito de amar como tu ou eu.

Existe no teu comentário dois pontos que de facto me deixam perplexa, claro que aceito que seja o teu ponto de vista, mas não deixo de me perguntar se realmente a maioria das pessoas pensa assim..??

«Claro que não acredito que a homossexualidade se possa tornar num padrão de vida, porque se assim fosse a humanidade estaria condenada à extinção»

Diz-me, a heterossexualidade é um padrão de vida para preservar a humanidade da extinção?
Relacionamo-nos com pessoas de sexo oposto com a única finalidade de procriar?
E os casais, em que um deles é estéril, deve separa-se e encontrar outro companheiro de maneira a que segure a continuação da espécie?
E os que fazem a opção de não ter filhos..? não devem ter sexo?

«E há na homossexualidade aspectos que nunca vão proporcionar felicidade!
E o da continuação da vida é um deles!»

Bom… aqui confesso que me apetece perguntar se existem condições pré definidas para se ser feliz???
E volto a bater na mesma tecla, existem casais que um deles é estéril, devem separar-se???
Como mãe só te posso dizer: parir é dor criar é amor.

As pessoas procurar relacionar-se sexualmente com outras do mesmo sexo por facilitismo, é a parte humorística do teu comentário… desculpa mas não resisto…:)
Encaixar perfeitamente, concordo mas não no mesmo contexto que tu queres utilizar

Agora vou dizer-te o que na minha opinião não é natural…
Crianças trincafiadas em instituições quando poderiam ser adoptadas.
Homens que espancam mulheres e vice versa e não existir uma lei severa
Crianças violadas pelos próprios pais , esses que as fizeram, será que foi só para perpetuar a espécie ou o amor entra nesta barganha??

Por ultimo, respeito a tua opinião e a de todos, mas faz-me um bocado de confusão porque é que os casais ditos “normais” temem tanto a união civil de homossexuais, se estão seguros da orientação… o que os impede a aceitar que os outros possam ter a sua vida “normal”?

Háaa.... Eu tenho cinco dedos em cada mão e tu..?
E a proposto deixo-te isto:

A fim de relatar o comportamente homossexual nos outros animais, o Museu de História Natural de Oslo, na Noruega, apresentou em 2006 a primeira exposição dedicada a "animais gays", que foi chamada de "Against Nature", exibindo cerca de 500 espécies que existem relatos de comportamento homossexual de um universo de 1.500 relatos, desde mamíferos e insetos até crustáceos. Nos pássaros australianos Galahs (Roseate Cockatoo), por exemplo, cerca de 44% dos pares são formados por indivíduos do mesmo sexo. Além desses, há registros bem mais antigos, como os de Aristóteles, que fez menção a hienas lésbicas.

De Flor do Campo a 4 de Outubro de 2009 às 22:26
Não posso deixar de concordar com o conteudo do post...

O que consideramos ou não normal não passa de uma construção, de uma interiorização de valores sociais que a sociedade nos impoe (e que muitas vezes aceitamos sem questionar), querendo referir um aspecto que na minha opinião é um dos factores que mais influencia a personalidade de cada pessoa, nomeadamente no que se refere
a homossexualidade. Refiro-me o femoneno religião. As crenças religiosas são limitadoras na aceitação da diferença em termos praticos no entanto nos seus principios basicos encontramos mensagens como "aceitemo-nos uns aos outros...". É contraditorio não é... (acrescento que não tenho nada contra a religião, qualquer que seja, cada um cre naquilo que os seus valores e experiencia de vida lhe transmitiram nem que seja a crença da não crença...).
E ja que falo de religião e homossexualidade não posso deixar de ser um pouco má (digo realista), ao questionar a quantidade de homossexuais que encontramos no mundo religioso...deixo a reflexão ao vosso criterio...

Por outro lado, num nivel mais geral, se cada um antes de pensar sequer em abrir a boca para proferir comentarios preconceituosos acerca da homossexualidade olhasse para dentro de si e se auto-avaliasse de certeza que encontraria algo que o fizesse calar-se para sempre...E de novo volto a religião "quem nunca pecou que atire a primeira pedra...", uma frase que deve ser entendida como analogia sem qualquer entendimento de homossexualidade como pecado...

Não sou homossexual.... Não os critico nem os defendo...cada um é livre de escolher o seu caminho...não que ser homessual é algo que se escolha, mas uma escolha que se faz de procurar a felicidade ou de viver infeliz em função dos valores sociais que nos imposeram...

Uma ideia para reflectirem, quem sabe se as pecadoras não escrevem a vossa opinião...quem sabe...

Não somos heterossexuais, somos bissexuais...mais uma vez os valores sociais a fazer com que nos enganemos a nós proprios... Apenas uma provocação...

Voltarei...

Um beijo
De Saia-Justa a 6 de Outubro de 2009 às 09:39
Começa a ser cansativa a “discussão” a respeito da normalidade ou anormalidade dos homossexuais.
Era muito mais fácil cada um viver a sua vida sem se preocupar com quem se deita o (A) quem deseja o (B) ou quem come o (C) .

Acredito que sim, que seguimos valores que nos são impostos sem nos questionarmos, valores caducos e completamente desadequados à época.
Normal é pertencer a uma “elite “ com status de hipocrisia.

Não querendo fazer juízo de valores, nem tenho nada com a vida de cada um, mas “anormalidade” talvez emposta pela “normalidade” do certo do que é esperado do que a sociedade espera de nós, leva a comportamentos pouco dignos… é a palavra que me ocorre..!

A quantidade de homens casados e pais de família que procuram gays, para satisfazer os seus desejos ou fetiches sexuais. Que mantém relacionamentos completamente encobertos com outros homens …
Não estou a condenar ninguém, afinal se as partes envolvidas estão de comum acordo (não é?) qual é o problema?
O que não acho muito justo é o fato de enganarem as suas famílias ou seus parceiros. Isto tudo porque vivemos numa era de aparências, não importa ser, mas parecer…

Bem vistas as coisas, no frigir dos ovos, a conclusão que se pode tirar , é que temos uma sexualidade mal resolvida e vivida a medo.
Medo do ser apontado, marginalizado, discriminado , até existe aquela frase… “se soubéssemos da vida sexual uns dos outros, ninguém falava com ninguém”

Não podemos mudar o mundo muito menos mentalidades, mas podemos e devemos é uma obrigação de todos nós, distinguir o certo do errado.
Existem coisas que não consigo perceber, uma delas é o que leva meio mundo a ser contra ao casamento entre duas pessoas do mesmo sexo… quem sou eu para palpitar sobre a vida de alguém que amar, deseja, sofre como eu..?
O amor é a melhor forma de nos expressarmos porque é que existem pessoas contra o amor??
Preconceituosos é o que é….

Curiosamente, a homossexualidade feminina é mais tolerada.
Dizem até, que é fetiche das maioria dos homens, estar com duas mulheres na cama, óbvio que se eles se envolverem uma com a outra é ouro sobre azul…
Quanto à religião nem vou palpitar… não tenho uma opinião muito abonatória!

«Uma ideia para reflectirem, quem sabe se as pecadoras não escrevem a vossa opinião...quem sabe...»
A nossa opinião está mais do que exposta e escrita, não te parece???

Quanto à provocação …:
«Não somos heterossexuais, somos bissexuais...mais uma vez os valores sociais a fazer com que nos enganemos a nós próprios...»
Possivelmente somos muitas coisas …!!! o ser humano é um mundo por descobrir… mas não, ainda não descobrir a minha bissexualidade, mas quem sabe … nunca é uma palavra que evito usar.

Volta quando quiseres.

De tailleur-e-saltosaltos a 6 de Outubro de 2009 às 10:45
Olá flor do campo

Segundo percebo deixas uma provocação para as Pecadoras.

Bom provocação é assim a modos que "desajustado" mas se a tua ideia é que as Pecadoras escrevam sobre a bissexualidade quem sabe....

Afinal é só mais um preconceito, um assunto tabú uma anormalidade aos olhos de alguns, na tua perspectiva até parece é mais "um dois em um", mas não deixa de ser uma ideia com uma certa lógica!!


Volta sempre
De Martina a 5 de Outubro de 2009 às 00:07
E dai????
Voce é um ser humano como outro qualquer, q paga impostos...e tem direitos e deveres como qualquer outra pessoa....
Parabens
De Saia-Justa a 6 de Outubro de 2009 às 09:44
Olá Martina

Pois, e dai..???
Mas já agora , dai o que????

Sou pois, um ser humano, pago impostos, e tenho alguns direitos mas muitos deveres…
Muito obrigada pelo parabéns ( embora não saiba bem porque)
De tailleur-e-saltosaltos a 6 de Outubro de 2009 às 10:48
Direitos deveres e...vontades!!!

Depois há o licíto e o não licíto, o aceite e o não aceite, o assumido e o escondido....um ser humano portanto
De blue258 a 7 de Outubro de 2009 às 16:43
Numa relação homossexual, bem como numa dita heterossexual, há espaço para o tesão/atracção sexual e para o amor.

Convenhamos, o ideal numa relação são as duas. Sempre as duas.
De Saia-Justa a 8 de Outubro de 2009 às 09:29
Bingo
O amor completa-se com tesão e não só….
O ideal é viver o amor quando se encontra, o género pouco importa.:)
De Pedro Bom a 7 de Outubro de 2009 às 20:02
Eu costumo dizer que sou homossexual só com gajas ahahaha e como se define isso?
Para muitos/as é perversão LOL
De Saia-Justa a 8 de Outubro de 2009 às 09:31
É uma definição difícil de fazer… que mal te pergunte, o que é ser homossexual só com as gajas????
Perversão é sempre uma palavra forte de mais.
De Pedro Bom a 24 de Janeiro de 2010 às 05:26
é praticar sexo anal com elas
De Pedro Bom a 24 de Janeiro de 2010 às 05:28
P normal e natural é cada um seguir os seus instintos!!
De Saia-Justa a 24 de Janeiro de 2010 às 18:19
Ó Pedro, isto é o chamado dois em um!!

Eu já vi que és "Bom" (pelo menos de nome )
Pelo primeiro comentário, deves ser mais sonhador que praticante... a ver pelo adiantado da hora e tu na net...

Faz-me lembrar aquela história do tipo que dizia
«Que comia o capuchinho e não lhe tocava nem a avozinha...»

Depois de borrares a pintura com o primeiro comentário o segundo parece-me a mim "natural"

Volta sempre
De Pedro Bom a 24 de Janeiro de 2010 às 20:57
Permite-me responder ao teu comentário, embora espero não ser desagradável como foste nem basear-me na suposição, também a minha educação não me permite responder na mesma moeda!
Que tem a hora que se anda na net com o fazer-se o que quer que seja?
Que sabes tu de mim para opinar se faço com a avozinha ou com a filha, neta, etc?
Não quero borrar mais a pintura por aqui e por isso não voltarei!!
De Saia-Justa a 24 de Janeiro de 2010 às 21:34
Ena ena…
Não te enerves que eu também não!!

Se não queres voltar, problema teu , aqui não chamamos ninguém e só faz falta quem cá está.

Possivelmente fui precipitada no meu comentário, confesso que quando o aprovei e respondi, não reparei que vinha na sequencia de outros já feitos
( em 7 /10/2009) já foi á um bocado de tempo…
(é praticar sexo anal com elas) era o que dizia o teu comentário, e pareceu-me despropositado, dai a minha resposta.

Quando vi este teu segundo comentário, fui ver o porque de teres ficado tão “ofendido” com a resposta que te dei a um comentário que deixaste, que para mim não tinha pés nem cabeça.

Reconheço que deveria ter ido ler o post para poder enquadrar o comentário e ver se tinha algum sentido, mas dai a dizeres que fui desagradável a basear-me em suposições também já é de mais…!!

É que não lembra a ninguém dar seguimento a um comentário feito há quatro meses a trás , não podia adivinhar embora seja bruxa.

Quanto a tua pergunta:
(que sabes tu de mim? blá blá blá…)
Pois meu caro não sei nada e muito menos estou interessada em saber.

Essa do capuchinho e da avozinha já tem barbas… Agora se tu “fazes” com a avozinha, a filha ou com a neta… também me interessa tanto como a vida sexual dos pardais.
Mas se não tens preconceitos aconselho-te a escolheres a que gostares mais.

É pena sabes, ( que a tua educação não te permita responder na mesma moeda) deverias… sempre gostava de ver o que o meu comentário te suscitava …

A minha educação permite-me não ofender ninguém e julgo que não o fiz contigo, a menos que sejas muito susceptível…
Porque tem paciência, 4 meses depois eu ia lá adivinhar que vinha dar seguimento a um comentário… tem dó!!!

Fiz questão de publicar este teu ultimo comentário, porque acho que também ele merece uma resposta.

E olha, volta sempre



De ivone a 19 de Fevereiro de 2010 às 23:09
Mais uma vez a falta de informação das pessoas heterossexuais.
Eu pergunto : vocês nasceram heterossexuais,não foi? ou pré-definiram que iriam ser heterossexuais,assim,sem mais nem menos? pois bem,nós também nascemos homossexuias,não é por capricho,desafio à Igreja nem acordamos um dia e dizemos "olha,apartir de hoje vou ser homossexual". Quando é que vão entender que a homossexualidade nasce connosco tal como a hetero e bissexualidade e naõ,nós não pensamos só em sexo nem em devassidão nem nos andamos a atirar a todo o pessoal que encontramos,temos relações estáveis,somos responsáveis,pessoas cumpridoras dos nossos deveres.
De ivone a 19 de Fevereiro de 2010 às 23:23
Não se pode ver a homossexualidade apenas como prática de sexo,que é o que muitos heterossexuais pensam,nós homossexuais temos relações de amor e afecto como os hetero e muitas vezes nos queixamos das "dores de cabeça" quando estamos em baixo e não nos apetece "cama" e também "discutimos a relação" como os hetero,temos vida de casal como os hetero,não nos limitamos a sexo desnfreado como tanta gente pensa e julga mal.

Comentar post

.Elas....

.pesquisar

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.pecados/recentes

. Curiosidades do João "E...

. Realidade ou alucinação ....

. “Cu que não fala é cu sem...

. Quem disse que o tamanho...

. Conversa de WC

. Quem disse...???

. Afinal no que ficamos...?

. Hummm, pode ser quentinho...

. Traição

. Umas dirão que sim, outra...

.pecados/absolvidos

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

contador de visitas
compteur gratuit
contador de visitas

.últ. comentários

Vou revelar meu segredoNInguém imagina que na inti...
Procuro mulher fogosa para inversão.Tenho cara voz...
SoParaEla.Net ( SexShop , Sex Shop )http://www.sop...
Interessante. E agora, tantos anos depois... Já fa...
Pelo menos eu percebo e adoro quando minha namorad...
Kkkk... o que eu mais gosto é de explorar os lábio...
Macarron chacarron
Mulher, e a coisaa material mais gostosa que Deus ...
olá rapariga. pela tua mentalidade e pela abordage...

.mais comentados

132 comentários
101 comentários
88 comentários
87 comentários
81 comentários
eXTReMe Tracker
provided by Inteliture.com
Inteliture.com
online
blogs SAPO