Sexta-feira, 31 de Julho de 2009

Dicas úteis para quem vai de férias

Bom, em primeiro lugar nunca se deve ir de férias com o oficial de dia, e muito menos com botas da tropa e camuflado sob pena de depois, se dar um tiro no pé.

Férias é para se ir à paisana!

Mas, uma coisa que atrapalha toda a gente é o que levar na bagagem. Vá sozinha ou acompanhada para longe ou para perto há sempre umas dicas muito úteis que eu vou passar a expor:

Refiro que estas dicas não foram retiradas da revista Amélia, nem tão pouco da Maria mas antes de uma fonte muito mais fidedigna o "Almanaque, que como todos sabem é um livro muito mais disciplinador e com muito mais moral.

Então é assim;

Nunca mas nunca, quando forem de férias revelem a idade.

 

 

Muito menos os dados pessoais!

 

Nem opiniões particulares,

 

Mas se o fizerem aconselho a meterem esta na mala

 

 

Aaaah,  e se por acaso o seu companheiro tem tendência para se  armar aos cucos, pelo sim pelo não leve esta

 

 

 Contudo, o mais importante, e aqui aconselho a levá-la já vestida é sem dúvida esta aqui!

 

 

E já agora, boas fo....ups férias! 

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 10:10
link do post | confessionário | ver confissões (7) | favorito
|
Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

Pecadora com guia de marcha ...

Já tenho leitura para as ferias..
Gaja que é gaja lê a Amélia  a revista das mulheres à seria !!!

Chegou a hora do dizer aguenta ai que eu venho já…

Porque aqui entre nós, só trabalha quem não sabe fazer mais nada… e nem só de trabalho, sexo, blogues e afins vive o ser humano, muito menos uma pecadora…

Guia de marcha assinada e carimbada pelo oficial de dia (que neste caso também vai) é hora de preparar a trouxa. Trocar a belíssima Louis Vuitton pela mochila de lona, arrumar os saltos altos  na caixa que foram trocados por a bela da bota da tropa despir a saia justa e enfiar o camuflado… (não é  bem assim  mas  podia ser)…  e zarpar…

O destino de eleição : Butão, Tibete, e arredores… China Índia ou seja coisa pouca...

Mas na falta de melhor já me contentava com  uma viagem à "baixa da banheira".

Porque isto de ferias na praia, em condomínios fechados com câmaras de vigilância 24 horas por dia e refastelados na piscina com o empregado a trazer ora o  coquetel de frutas ora o champanhe ora passa aqui o bronzeador ora esfrega dali não é para todas…

( existem meia dúzia de sortudas que tiram o (tailleur-e-saltosaltos) se esbaldam e seja o que deus quiser ( atenção deus com letra pequena)isto também é mais pecado menos pecado..

Mas já que estamos em maré de recomendações, e eu cá até nem sou de intrigas... muito pelo contrario… sou uma rapariga pacata ...vou, mas deixo uma recomendação… pequem muito , pelo menos 7 vezes, ok.

 

Preguiça:

Muita preguiça…aproveitem a cama … nada de dar uma queca e sair a correr… existe lá coisa melhor do que ficar na ronha …? é uma preguiça boa.

mulher_na_mala

Soberba

Cuidado …não tenham mais olhos que barriga.. mas encham a barriga sexo nunca fez mal a ninguém

Ira

Gritem , esperneiem arranhem mordam.. e digam palavrões … ora cada um sabe as linhas com que se cose e sexo pode ter todos estes condimentos … e sempre apimenta uma relação .. acabem lá com a monotonia .

mulher_na_mala_01

Avareza

A avareza também se deve ter QB … não vão nessa que é mau e tal… há que ser avarento sim senhor com aquilo que é nosso… é meu e só meu ( homem/mulher) depende dos gostos… não dou não troco e mais ninguém tasca.

Gula

Abençoado pecado…

Acho que devem ter muita gula muito apetite e comerem tudo o que lhes der na gana… na cama no chão na sala na cozinha até subir as paredes se preciso fora..

mulher_na_mala_02

Luxúria

 Muito luxúria muito desejo muito tesão e muito sexo  que faz bem à saúde…

E atenção meninas podem desejar o marido da próxima que não é pecado… já os meninos cuidado, não pequem.

mulher_na_mala_04

Inveja

Podem sentir a inveja que quiserem … apontar os erros , dizer que é triste que a mulher imita comportamentos masculinos etc etc…  azar, a inveja é tramada com o caraças e a vida é mesmo assim e não fui eu que a fiz…

 

mulher_na_mala_05

 Estou de férias…

Saia Justa

publicado por Saia-Justa às 08:45
link do post | confessionário | ver confissões (35) | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

E se alguém perguntar se isto foi impulse bem...na verdade foi

 

Bom, eu estou como diz a minha amiga Saia Justa "Nem sei se me ria se me deite ao poço", por um triz não levei foi um valente par de estalos...,
 É assim, eu até não sou impulsiva, muito menos tenho o hábito de me meter na vida seja de quem for. Sou observadora o que é diferente de ser curiosa ou cusca e uma pessoa calma por natureza e, demais a mais eu não falo mal de mim a ninguém como aliás todos nós e cada um.
Mas vamos lá e curiosamente, este post não é para rir ok, nem vai falar de culinária.
Já há uns tempos que os observava. Ele alto musculado, cabeça rapada, a inevitável tatuagem no antebraço e de peito sempre inchado. Ela, cabelo negro, ancas largas, cheia de carnes, morena mas com uns olhos sempre tristes, apagados. Tanto um como o outro com traços tipicamente portugueses mas curiosamente sem uma únia palavra de português. Aveques de terceira geração muito provavelmente,  dois filhos pequenos e tirando ele nenhum sinal aparente de uma família em gozo de férias. Aqui, nesta espécie de condomínio fechado, dá para reparar nisto tudo acreditem, até porque o gajo fala alto que se farta.
Bom mas o que aconteceu é que estava eu muito sossegada na minha espreguiçadeira a ler "Sushi para principiantes", quando nas minhas costas estala uma monumental discussão. Encolhi-me um pouco mais e tentei abstrair-me daquilo, afinal não era nada comigo.
O tal fulano, berrava num francês a 100 à hora que a única coisa que eu percebia era a raiva e merde, merde, merde. Ela respondia baixinho, meio a medo mas não se calava.
Ai a minha vida pensei eu, mas onde é que nós estamos? Primeiro tossi..., depois acendi um cigarro..., depois voltei a tossir... e nada!
O gajo cada vez estava mais exaltado, era tanta a raiva naquela voz que até os pelos dos braços se me arrepiaram. Depois ouço o som de uma bofetada, e mais outra...ela a choramingar chama-lhe bruto, insensível, monstro e ele dá-lhe outra!
Bem, não estou com mais nada, levanto-me agarro na mangueira que está junto à piscina, abro a torneira no máximo e pronto, mandei umas boas mangueiradas nos dois.
A ele por ser menos que um animal e a ela por se sujeitar àquilo!
O resto dos pormenores não conto!
Se calhar devia ter chamado a polícia, o gerente, o apoio à vítima, sei lá, ou não ter feito nada, às tantas o mais certo é fazerem depois as pazes na cama.
 Ai, que se lixe!
Bem, nem quero pensar se aquela mangueira se virasse contra mim..
Mas, o que é certo é que aquele ódio, aquela prepotência, aquela submissão toda me puseram fora de mim.
Este é um espaço vocacionado para o riso, onde nem nós próprias nos levamos muito a sério mas onde se abordam  situações  e factos infelizmente, por vezes bem reais.
 Realmente eu não tinha nada que me meter mas porra, um banho de mangueira também nunca fez mal a ninguém e... aí nem sei se me ria se me deite ao poço...
 

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 15:46
link do post | confessionário | ver confissões (35) | favorito
|
Terça-feira, 28 de Julho de 2009

Rogai por nos pecadoras ( As pecadoras somos nós..?)

Nem só de sexo vive uma mulher… por muito “pecadora” que seja…
Já agora pergunto-me, e as pecadoras somos nós…??
E também dizem as más-línguas que  mulherio quando se junta é  sinónimo de galinheiro.

Mas reza a historia, que deus criou a mulher e o homem à sua imagem e semelhança, logo iguais…. ( ou uns mais iguais que outros)
(In)felizmente o drama aconteceu,  ( porque segundo o homens onde há mulher à drama  ) o homem, propriamente dito foi seduzido pelo demónio de saias neste caso Lilith que se não foi a primeiro tentação do homem foi pelo menos a primeira que lhe atazanou o juízo.
Ou querendo ver a coisa por outro anglo foi quem lhe mostrou um maravilhoso mundo novo.
Por muito que eles se digam ou se julguem mais libertos sexualmente nem sempre foi assim… se não vejamos…

Lilith exigia ser tratada como igual ,  até sexualmente, ou seja os mesmos direitos e o mesmo prazer. Já muito a frente para a sua época (não havia mais nenhuma)
Inconformada começou a questionar o Adão. ..
 Por carga de água tenho que ficar sempre por baixo?
 Porque tenho que ser dominada por ti?
E Adão, que ainda acreditava no pai natal, que é como quem diz na supremacia do homem, nega-se a mudar a ordem das coisas e  Lilith revolta-se, diz xau até há próxima e foi a primeira separação da historia da humanidade.
Embora nos  queiram fazer pensar o contrario desde os primórdios que as mulheres se separam quer seja por incompatibilidade pessoal ou sexual.

Obviamente que o homem sempre teve medos, e a mulher sempre foi um dos grandes medos dos homem .
Desengane-se quem pensa que o maior medo dos homens é o exame à próstata. Embora a maioria deles seja muito macho muito macho mas quando chega a hora de sentir o  dedito  no cú fogem como o diabo da cruz.. 

Mas um dos maiores medos é a mulher, medo do poder que ela representa, e o que é que os homens sabem das mulheres… existe um livro  do Peter Schonen-Leblond. Que se chama :  de Tudo o que os Homens Sabem sobre as Mulheres
Atenção:  o livro contém apenas duas paginas e em branco.

A mulher povoa a imaginação dos homens e não é de hoje… penso até que quando se juntam é o assunto principal, assim tipo o prato do dia.

 Até ai nada de mais não vem nenhum mal ao mundo… o problema está quando entram em delírio… ai sim, é vê-los   a debitar sobre elas como grandes conhecedores , ou quiçá professores na arte das quecas.

Eu juro que as vezes me pergunto se alguns não se drogam… talvez com a seringa das farturas e aquilo acaba por ser açúcar de mais no sangue…
 Mas o que é um facto é que não podem viver sem elas… já Adão sentiu saudades da Lilith e é  ai que  logo Eva entra em cena.  Descrita como a primeira mulher e companheira de Adão, submissa e sem fazer muitas ondas contudo não deixando de ser mulher na sua essência.
É que  nas mulheres, as vezes nem tudo o que parece é…
Desenganem-se pois, aqueles que acreditam que nós não nos questionamos e que acatamos todas as rodem sem pestanejar..

Deus criou a mulher e nesse momento acabou aborrecimento, e não, não fui eu que o disse foi friedrich nietzsche, que segundo se conta não morria de amores pelas feministas   mas é uma verdade incontestável.
Cansada da monotonia do paraíso… Eva resolve apelar para  a inteligência … vai á arvore, saca de uma maça e dá uma trinca e é nesse momento que se faz luz… repara que está nua… e que a vida pode ser mais do que aquela pasmaceira do paraíso,chama   Adão e oferece-lhe o delicioso fruto, já tinha dado umas  trincas quando se apercebe tanto ele quanto ela estavam nus, ou seja, “estavam a entrar  no verdadeiro paraíso ” e a “felicidade eterna” .

Quando se tocou, que era o fruto proibido  ainda  leva a mão à garganta ( mas tarde piaste..) Adão acusa Eva, um habito que ainda se mantém..
A espertalhona da Eva,  vai dai inventa uma história com uma cobra sedutora.
- A serpente enganou-me e eu comi do fruto proibido.
O que é certo é que as cobras não falam e nunca falaram.
Claro que existem excepções as regra, mas não há nada pior do que homens que se comportam como verdadeiras mulherezinhas… sem querer ofender as mulheres… mas já que temos a fama porque não ter algum proveito..
O conceito de masculinidade elaborado socialmente impõe que “homem que é homem”  deve evitar gestos, palavras e atitudes que estejam em desacordo com o tal conceito. Dai as mulheres fazerem uma imagem dos homens diferentes do que realmente eles são .
Há homens que são uns grandessíssimos cuscos capazes de bater em largos pontos as mulheres quando toca a (corte e costura)
De minha parte admiro homens que tenham coragem e naturalidade de se assumirem como seres realmente humanos com falhas e defeitos e até alguma sensibilidade  mas existe cada surpresa…
Um seminário é sempre uma coisa chaterrima que de um momento para o outro se pode transformar numa caixinha de surpresas…
Podemos descobrir que sim, existem verdadeiros atletas sexuais que comem tudo o que mexe…
As vezes que se come a (X) sim porque a tipa era uma maluca só estava bem com ele entalado . A (Y) sabes parece uma não me toques mas grita como uma doida , e lambe como ninguém , ela devora .. devias de ver a gaja adora-me .  E a (z)… de quatro ou por baixo de lado e de pé  de frente e por trás…  a tipa desde que lhe ensinei umas coisas  está  uma bomba.
Dai a passarem as ferias em Cancun com as respectivas foi um tirinho...
Eram uns quantos representantes da especial que não a minha, quarentões algum até bem apanhados, perfeitamente engravatados com fatos da “moda” e com um ar muito seria. Nunca me passaria pela cabeça que passassem três longas horas   a falar de assuntos tão sérios…
Separavam-nos uma fila de cadeiras , e bem sei que mulher honrada não tem ouvidos ,  ( as surdas claro)  o que não é o  meu caso, graças a deus ... e lá passei três horas a ouvir historias de carochinha… quando sai de lá parece que ainda ouvia cacarejar..
Existe coisinha pior que homem que se gaba das fodas que deu???
Eu tenho cá para mim que quem como cala que fala tem fome…
Isto tudo passando por o vestido , a saia, a blusa até o cabelo de algumas das mulheres presentes na sala.
A cereja em cima do bolo foi quando a historia de um  “suposto” gay mudou o rumo da conversa…
Diante deste tabu, os homens passaram a expressar-se com uma ironia “medrosa” como quem têm receio ou falta de segurança á acerca da sua masculinidade.
Digam-me cá, a fobia do mundo machista é tão grande ou é sexualidade mal resolvida??? De onde vêm essa estupidez  … ?
– O gajo é uma aberração  quero distancia do tipo.
- Hello  amiguinhos… conviver com alguém com outra opção sexual não é condição sine qua non para ser gay, boa?
Os homens não encaram o sexo de forma aberta, sem preconceitos ou restrições.
Onde fica toda a conversa sobre ter certeza absoluta de sua masculinidade ?

Esse comportamento homofóbico da maioria dos homens parece ocultar um medo.

É certo que o universo masculino é cercado de vários medos: já falamos  do medo sobre a mulher , a prostata , de falhar na hora H, medo de ser traído sexualmente, medo de ter um pénis muito pequeno… medo de perder a macheza … e por aí vai.
Que fardo terrível encarar a masculinidade desta forma. Libertem-se!
O homem é o único animal  radicalmente diferente  pela sua inteligência e  multiplicidade de capacidades, o homem possui algo de único no mundo, é o único ser do universo capaz de reflexão sobre si próprio. 
Pensem... como podem alguns ser tão tacanhos ou serão apenas grandes contadores de historias de cueca?
Ai as pecadoras somos nós...

publicado por Saia-Justa às 11:42
link do post | confessionário | ver confissões (74) | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Julho de 2009

Era uma vez na praia

Bom, até que poderiamos chamar-lhe Matilde mas não, aliás porque nem tudo o que parece é. Nem tão pouco vou falar aqui de infidelidades, pelo menos daquelas que dão direito a protuberâncias não!

Vou falar de uma coisa que me mete uma certa confusão.

Sendo este um blog de "culinária" já todos chegamos à conclusão que por vezes o bife até pode não ser da vazia muito menos tenro mas, se tiver os condimentos certos, pode transformar-se num manjar dos deuses,  é tudo  uma questão de tempero e paladar.

Quantas vezes a gente diz "não gosto" sem ainda provar? Ai pois é... mas adiante.

Ora convenhamos que o sexo sempre se deu bem com tempo quente. Não serão precisos muitos preliminares para aquecer um corpo meio desnudo que se oferece ao astro rei até porque ele nem é esquisito, lambe por igual, gordos, magros, feios ou bonitos, branquinhos ou morenos.

Ora muito bem, com o astro rei a lamber-nos, com o mar a sussurar-nos(obscenidades ou  palavras ternas)como queiram, com a areia a moldar-nos o corpo e um perfume a maresia no ar, pasmem!! ainda há mulheres que se entretêm a ler a MARIA.

 Ele é vê-las nos seus biquinis de marca, com a depilação irreprensível, untadas até ao tutano, com os inevitáveis óculos de sol e deitadas e de revista em punho...Ele há coisas...

Com eles passa-se exactamente o mesmo, com ou sem depilação, com calções até ao joelho ou não, de óculos claro e o inevitável boné, eis que se instalam e puxam do respectivo jornal!!

Lêem, muito compenetrados, sem olhar para os lados(ai que não convêm...) e a única palavra que trocam com a mais que tudo é passa-me aí a Maria""

É, nestas férias deu-me para reparar nisto, os casais portugueses que vão juntos à praia apresentam cá um semblante que vai lá vai....

Não trocam um sorriso, muito menos uma carícia e então eles , trabalham que nem moiros!

E se tiverem crianças então....

-Zé ! deixa o jornal e vai ver os miúdos!

-Zé!Passa-me óleo nas costas!

-Zé! Vai buscar gelados!

-Zé! Que horas são?

-Zé! Já arrumaste tudo?

De seguida levantam-se, deitam um olhar ao mar e lá vão elas embora, nas suas saias de praia da "Caras", bebedas de sol, sem sequer molharem os pés.

Bom, depois eu como boa rapariga que sou, ponho-me a fazer filmes!!

Como raio é que os Zés aguentam mulheres assim e vice versa??

Será que as férias funcionam como uma espécie de vingança?Elas vingam-se das quecas que eles dão no emprego eles vingam-se das horas que elas passam nos chates?

Será que elas suam as estopinhas no ginásio para fazerem boa figura na praia e aquilo tudo esgota-as de vez e só sobra a fotografia? Será que não têm pudor em mostrar o corpo(porque toda a gente o faz) mas parece mal um gesto de ternura, um carinho, um sorriso que seja em público??Será que quando se estão a espalhar protector, nas nádegas , nas costas, nas pernas, não sentem nada nadinha??

Realmente não parece acreditem!!

Tirando meia dúzia de adolescentes que se atrevem a dar vazão aos desejos da carne, o resto é trombas e banhas ao sol!!

E andamos nós a falar nos beneficíos do sexo, de desejos, de culinária e de temperos quando afinal esta gente toda está de dieta!! Será que este pessoal faz  sexo?, faz amor?

 Será que o fazem na bancada da cozinha? no duche, no carro?Será que por detrás destas caras petrificadas gemem, arfam, hurram?? A ver pelo que me rodeia quase jurava que não!

Juro, juro que neste momento gostava de ser mágica ou bruxa ou qualquer coisa assim que  me permitisse adulterar todos aqueles frascos de protector solar quem sabe com Durex Play "Ó".......

Já imaginaram toda esta gente a cantar ópera??  Um areal a parecer o Scala de Milão com Monserrat Cabalés e  Josés Carreras aqui aos montes???

BOM ...Que Filme!!! E nem sequer faltavam os figurantes como esta aqui do lado a gritar "François!! vien ici vite!! François!! Ca***** levas já um estalo!! até porque isto de filmes convêm que o cenário seja o mais real possível!! Bom, vou embora mas  ainda vos digo ele há cada figurinha na praia....

 

 

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 23:45
link do post | confessionário | ver confissões (8) | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Julho de 2009

Opinião feminina!

Hoje, e se porventura fosse possível por uma banda sonora no post a escolha era sem sobra de duvidas Eagles  vá se lá saber porque.. Mas adiante.

Hoje este poste é sobre sexo, (convínhamos, uma novidade por aqui..)

Sexo. Sexo. Sexo. Sexo.

 O Sexo relaxa evita uma seria de maleitas e ainda é a única formula magica para a perpetuação da espécie embora ultimamente em Portugal a reprodução esteja pelas ruas da amargura.. É  um instinto tão natural como dormir, beber, ou comer .

Sexo é como comer (eu digo sempre que este blog é quase gastronómico) isso é senso comum;) Uns gostam mais de carne outros de peixe… uns gostam de batatas fritas outros preferem arroz já dos cornetos todos gostam só muda o sabor… uns preferem chocolate outros morango. É igualzinho ao sexo ou seja às preferências sexuais.

Se há quem goste do bife mal passado também há quem não o suporte e o prefira quase esturricado tudo se resume a gostos ou sabores… no sexo é igual ,  é importante saber o que o outro gosta de comer…

Dai eu ache que é importante que se fale de sexo.

As relações homem/mulher ou homem/homem mulher/mulher depende dos gostos de cada um e eu cá não tenho nada com isso…! Deveria ser algo tão  espontâneas  e natural  como comer um cozido à portuguesa naqueles dias mais frios ( que sabe tão bem) mas pelo contrair, dá tremendas dores de cabeça a muita gente.

Ao longo dos anos as mulheres tem lutado por igualdade e direitos iguais mas é um facto que na hora do “vamos ver” ou seja de se falar de sexo ainda existem muitas vergonhas e preconceitos, somos castradas quer pela educação quer pelos padrões machistas que ainda imperam na nossa sociedade que se diz moderna e liberal.

Desejo, prazer, orgasmo, tesão, queca , etc… em nome de quem é que nos devemos privar de dizer estas palavras com todas as letras ?? e que gostamos ..Hoje já não existem mulheres só da cozinha embora também seja bom…

Não quero com isto dizer que se deve banalizar o sexo, longe de mim …  mas dai a dar ao tema um ar quase místico  “salvo seja”  também já é de mais.  Mas quando ouço alguém falar do tema nota-se um certo tabu … principalmente em relação as mulheres… ora se o sexo (salvo algumas excepções) é praticado por duas pessoas de sexos opostos, já é hora de aceitarmos que o sexo é igualmente importante quer para homens ou  mulheres em igual proporção.

Alguém me disse (“O que é que leva uma mulher a rebaixar-se, humilhar-se e contar as suas intimidades em publico?) Ao que eu respondo que nunca aqui falei de mim, mas em forma de brincadeira sempre vou dizendo o que penso sobre a coisa “salvo seja” o assunto.

E por falar em náusea …

Espero que ninguém que leia este blog não nos leve a serio, é que nem nós próprias nos levamos… e as criticas até são bem vindas quando identificadas, mas com direito a  resposta  isso é ponto assente.

Mas simplificando … o sexo é tão simples e humano quanto respirar, tomar banho, conversar, dormir e comer…

Existe uma revista ( Maria) que deve ter alguma tiragem a ver pelos anos de vida .. que na minha opinião e vale o que vale… tem maiores baboseiras que as que se encontram aqui no blog .. Mas é lida por recatadas donas de casa e não só…

Podemos encontra estas pérolas … verdades ou mentiras.. ? Pois não sei mas parece-me que precisamos de muita informação adicional.

 “Gosto que me batam nas nádegas “

Sinto-me um pouco confuso por causa de uma preferência a nível sexual: gosto que me batam no traseiro e fico bastante excitado com isso. Será que tenho algum problema?

Carlos Matosinhos

- Ó Carlos , o problema  são só as nódoas negras, nada que Trombocid não resolva:)

"Beijar-lhe os seios pode causar cancro da mama?"

Tenho 24 anos e a minha esposa 22 .Estamos casados há ano e meio e somos felizes, quer na vida afectiva, quer sexual. Sempre tive muito prazer em beijar-lhe e acariciar-lhe os seios, no entanto, desde há algum tempo ela proíbe-me deste prazer. Não sabemos se pode originar cancro da mama.

Jorge braga

- Cuidado.. Jorge, não ande ela a dar as ditas a beijar por outros lados.

 "Tenho fantasias com o padre da paróquia"

Sou solteira e tenho 35 anos. Desde que vi o padre da minha paroquia, fiquei louca de desejo. Ele é da minha idade e já tentei seduzi-lo no confessionário ,mas não cedeu e fiquei de rasos. À noite introduzo os dedos na vagina e masturbo-me a pensar nela.

M. Porto

- Ó M, Que tal tentar a sacristia… o espaço sempre é maior talvez resulte… a masturbação não é grave.

Os testículos podem rebentar?

Namoro à dois meses e nunca tive relações sexuais porque ela não está preparada, apenas fazemos brincadeiras que me deixam muito excitado .isso não teria importância se não fossem os meus testículos , doem-me muito a ponto de me custar a andar. Será que podem rebentar?

Mário Lisboa

- Grave grave  Mário é se a tesão te sobe ao cérebro… se é que o tens..!!

 “Excito-me quando vejo um homem"

Sou casada e tenho uma vida sexual satisfatória . Mas sempre que um homem bonito se aproxima e mete conversa fico logo excitada e molho as cuecas.

Inês Leiria

- Ó mulher das duas três ou não o deixas falar ou fazes um contrato com alguma marca de detergente… sempre fica mais em conta.

"Não aguento o ritmo da minha mulher"

Não consigo acompanhar o ritmo da minha mulher. Por ela estávamos na cama 24 horas. O problema é que anda a emagrecer e ela continua a exigir de mim. Não sei se a devo levar a um psicólogo, pois não acho isto normal.

P.M. Guarda

- Cuidado, isso pode ser só preguiça… antes do psicólogo que tal tentar arranjar-lhe um emprego??

"Ao fazer sexo oral ao parceiro"

Ao fazer sexo oral com o meu parceiro, ele atingiu o orgasmo com o pénis dentro da minha boca e eu engoli o esperma dele. Que desvantagens pode ter isso para a minha saúde? Poderei engravidar? Terá vantagens para a minha pele?

Lurdes vila real

- Lurdes,  diz que sim que faz uma cútis de pêssego

"Serei alérgico a raparigas?"

Em termos de namoro pode dizer-se que sou virgem. Há três meses conheci uma rapariga e quando a beijo fico cheio de borbulhas na cara e n pescoço ,uma situação insuportável, serei alérgico a raparigas?

Bruno Beja

- Pois… possivelmente procura rapazes quem sabe acabas com o brutuejo

"Ele diz palavrões"

O meu marido tem um habito que me põe um pouco confusa : quando estamos a fazer amor, diz palavrões e chama-me nomes. Depois disso não diz um único palavrão .

Júlia lagos

- E a menina sente falta é??

 

Não inventei nenhum destes casos, todos publicados na dita revista… andam a brincar connosco ou falar de sexo faz mesmo muita falta???

Citando John Lennon, por que precisamos nos esconder para falar de  amor, enquanto a violência é praticada em plena luz do dia?

 Saia Justa

 

 

publicado por Saia-Justa às 11:15
link do post | confessionário | ver confissões (16) | favorito
|
Terça-feira, 21 de Julho de 2009

Se alguém lhe oferecer… um par de cornos.. não, não é “impulse”

Um tema pouco interessante, eu sei, mas a infidelidade é uma coisa que está presente em muitos casamentos....e não só! Fala-se muito na infidelidade feminina mas quanto há masculina parece que existe uma irmandade que os protege cujo o lema é (casado mas não capado) ainda está interiorizada aquela velha “velhíssima” diria eu , ideia que ao homem tudo é permitido… Mas aqui entre nós, com mais ou menos cinismos hipocrisias ou falsos moralismos,  quem nunca sonhou em comer o vizinho(a)...ou o(a) colega (a)...ou até mesmo o(a) amiga (o) ....??A diferença está em passar dos pensamentos  aos actos, porque infiéis somos todos sem excepção nem que seja em pensamento. Se há coisa que me intriga, é o facto do mulherio ser o primeiro a  apontar o dedo… elas não perdoam , ao contrario deles que se “protegem” as gajas são as primeiras criticas delas mesmas. Fazem questão de apelidar a “infiel” de nomes sugestivos…!


Às vezes também me apetece escrever coisas escabrosas. nestas alturas que acho que estou a avariar ligeiramente mas se não fossem estas náuseas não teria assunto para encher páginas e páginas (desta coisa que chamo de blog ) de coisíssima nenhuma!)


Era uma vez uma vaca chamava Matilde  (e que me perdoem as Matildes  do mundo) todas  as que me conhecem e as que não me conhecem também que eu não tenho nada contra esse nome. Muito pelo contrario se há nome que eu poria a uma vaca se porventura tivesse uma seria precisamente este!)  A  Matilde era uma das vacas mais bonitas do estábulo com umas  curvas fantásticas uma pelagem com varias manchas que lhe davam um ar  intrigante , e deixava fascinados todos os animais que para ela olhavam.
 

É sempre difícil saber o que se passa na cabeça de uma vaca…  e saber o que se passava na da Matilde mais difícil ainda.  . Quem olhava aqueles olhos amendoados e doces notava que deixavam transparecer algo mais que doçura… Talvez desejos acumulados, por vezes pareciam doces como mel, para fazer pandan com aquele focinho tão rosadinho e patusco. Mas quem olha-se com olhos de ver, notava que a  Matilde era um enigma… guardava um segredo que se escondia na alma.
Bondosa e romântica, a verdade é que Matilde   era muito prestável e nunca se recusava a dar-se..  E uma dos piores tormentos  é que era pouco solicitada.


Pode dizer-se que Matilde  tinha uma vida pacata, não por opção mas por outras circunstancias da vida . Comia, dormia, ruminava Qb. Um pouco diferente  das  outras vacas suas vizinham e era pouquíssimo ordenhada. E, era ai que residia um dos cerne da questão… Sofria horrores porque havia dias que a pobre se sentia completamente abandonada e deixada ao deus-dará . Até tinha falado disso ao companheiro,  mas ele tinha-se rido e encolhido os ombros e que não se preocupasse com ninharias e continuasse a comporta-se como uma vaca digna ou seja uma "senhora" vaca… ou tínhamos o caldo entornado.


Inconformada, nem ninguém imagina o que a Matilde sofria… pensava ela que o”boi” não lhe dava a atenção devida e, nem sequer tinha hipótese de mostrar como era boa.. Jeitosa ela sabia que era, uma pelagem macia e apelativa e uns corninhos adoráveis . Já para não falar das tetas… era um desperdiço umas tetas  daquelas,   tão cor-de-rosinhas e perfeitas que só visto estarem sem uso.

Por muito que custe acreditar, a Matilde era  uma vaca sexy  tinha tanto de sexy como de  frustrada..e pensava…  o qué lá isso… como é que as outras tem alguma atenção e até dizem que são ordenhadas de vez enquanto e eu não…!!! Não é justo, e começou a acumular raiva   ao companheiro "boi". Quando lhe pedia atenção a olhava com indiferença e até desprezo.  


Sentia-se abandonada, mas   o que mais incomodava a  Matilde eram os olhares que lhe lançavam os outros  bois. Olhavam-na descaradamente de ponta à outra deixando o olhar cair por longos instantes nas tetas que ela sentia enrijecer, por muito que ela tentasse não mostrar o quanto se sentia afectada.


O companheiro “boi” nem sequer a via… ou notava que os outros bois a olhavam! Talvez  a vissem como um naco de carne que efectivamente era, mas que raio, sempre era um bocado de carne com consciência…  não queria ser olhada apenas como um bocado de carne. Queria mais… Sabia que era atraente e atractiva mas não queria cá nada  dessas coisas que parecem mal a qualquer vaca que se preze e não devia pois, ter consciência sequer desses olhares. 
Mas ficava irritadíssima  quando sentia os sorrisinhos parvos estampados nas fuças do boi (companheiro) que se babava sempre que passava outra vaca qualquer… como se não quisesse mais do que monta-la .
 

Matilde como qualquer vaca que se preze e de boas famílias, aguenta heroicamente  todas a investidas ou falta deles por parte do respectivo boi  mas a insatisfação começava a assalta-la..  E em conversa com outras vacas amigas, dos estábulos vizinhos, começou a ouvir dizer  que quando mais montadas fossem mais tenrinhas ficavam as carnes e acabava com a  gordura…
 ( estão a ver a  ligação, não é?).
Ainda não se sabe a verdadeira razão, mas seja da transpiração, das energias despendidas ou da  penetração, o que é certo é que dá saúde… sexo é sexo e faz sempre bem! Ás vacas, amolece-lhes a “vazia” e os bifes ficavam mais tenros.  


O companheiro (boi) parecia não saber disso. A Matilde bem se insinuava, mas ele só tinha olhos para outras vacas…se ela se queixava ele dizia: mas o que é que queres…? tu és vaca mas não és uma vaca qualquer… és uma "senhora" vaca deixa essa coisa para as estremalhadas da vida.


Mas chegou o dia fatídico, sim,  que na vida de qualquer  vaca que se preze existe sempre um dia  fatídico.
Estava Matilde muito bem sossegadinha a ruminar as ervinhas no seu canto quando ouviu assim uns olá ó linda.. !!
De inicio não passou cartão,  porque ela era uma vaca séria, ou seja uma “senhora” vaca metida consigo, não era  metia a andar por ai a dar ao  badalo…
 Mas até as vacas são curiosas… e com relutância lá prestou atenção.. …  Ao virar os  olhos amendoados deu de caras com o boi mais charmoso que ela podia imaginar… Assim tipo o (Brad Pitt) dos bois estão a ver…? Uma coisa assim para bom.
Sentiu então umas comichões nas  patas traseiras ..  Uma vaca sexy que se farta como a Matilde e farta de ser “esquecida” sentiu que estava ali quiçá uma oportunidade de ser feliz..
E se bem pensou melhor o fez, sentindo-se alvo de atenção e carinho, deliciou-se tanto quanto possível.. Até que as carnes ficaram  tão moles que a desgraçada da Matilde já quase nem conseguia pôr-se de pé .


O problema da infidelidade é mais ou menos como o tango.....para se dançar são precisos dois…  se o par “fixo “ não aprecia a dançar porque não procurar um novo par…
 Afinal de contas as pessoas só lhes falta ser sinceras…
Antigamente só os homens é que tinham este tipo de comportamento...mas hoje em dia acho que tanto homens como mulheres....traem em igual proporção.

Muitas das traições que acontecem têm possivelmente uma razão de ser… pode não ser falta de amor, nem porque obrigatoriamente se perdeu a tesão… pode é estar adormecido…  as vezes é necessário conversar e abrir a pestana, ou…!!

 Não há nada pior que a trair por vingançazinha.... !!

Antigamente os homens tinham certeza  ou a (  ilusão )que as mulheres lhes eram fiéis......e hoje????

As mulheres tem fraquezas...necessidades...carências igual aos homens, nem mais nem menos, e agora todos tem a vida facilitada….ele é internet com os respectivos chats, os telemóveis... etc etc… as vezes começam numa brincadeira “salvo seja” para até  substituir falhas na  relação e as duas por três tornam-se coisas  sérias...muitas delas chegando a verdadeiros casos extra conjugais.

Eu continuo a achar que a infidelidade é uma cobardia e vocês??

Saia Justa

publicado por Saia-Justa às 09:07
link do post | confessionário | ver confissões (20) | favorito
|
Sexta-feira, 17 de Julho de 2009

Sonhos molhados ou anseios escondidos...

Inácia vinha da sua aula de catequese quando se deparou com um bando de miúdos todos excitados a ver os cães a acasalar. Presa de uma legítima indignação, corre os cães à pedrada e desata a pregar moral aos miúdos!

- Seus devassos, seus impudicos, quereis arder no fogo dos infernos? isto é lá coisa que se veja! instintos animais, bestialidade pura! já para casa seus magarefes!

Os miúdos desandaram e ela foi para casa a bufar de indignação. Comeu qualquer coisa leve e depois de deixar a cozinha imaculada, lavou-se fez as suas orações da noite e deitou-se. Mal tinha fechado ainda os olhos quando....

 

«- Se viu rodeada por uma matilha de cães raivosos com membros enormes, dentes arreganhados, prontos a saltar-lhe em cima. Num acto de desespero puro, desatou a fugir pelo meio da mata sem sequer ter consciência dos espinhos que lhe rasgavam a roupa e lhe arranhavam a pele. Foi-se embrenhando cada vez mais no denso matagal, sempre com os cães a rosnar no seu encalço até que num último assomo de energia, produto do desespero, galgou um portal e sá aí se sentiu a salvo. Iluminada apenas pelo luar foi tacteando na escuridão até que esbarrou num corpo, dando conta só então da sua nudez.  A forma que dela se acercou, destablizou-a com o seu cheiro de animal primitivo e pouco depois, tremia de excitação e os seus gemidos impunham-se. Aquilo, mordiscava-lhe os ombros e humedecia-lhe a pele, arrastando os lábios pela base do pescoço. Segurava-lhe os seios com a mão e acariciava-lhe os mamilos com uma língua quente. Inácia não o travou. Atordoada, caiu de joelhos sobre um tapete de musgo e sentiu-o chupar com prazer um mamilo e outro, o estômago distendeu-se e sentiu uma dor aguda entre as pernas que a impeliu a agarrar a cabeça daquela forma indistinta.

O seu ventre foi percorrido com beijos, o umbigo invadido por uma língua quente ao mesmo tempo que umas mãos fortes lhe acariciavam as nádegas e desciam ao lugar mais recôndito do seu ser. Estás húmida e quente ouviu-o sussurrar ofegante enquanto os seus dedos desvendavam essa parte secreta, a sua boca procurou de novo a dele, enquanto os dedos continuavam a friccionar o pequeno vulto entre as pernas. Era tão bela a maneira como se tocavam, como os seus corpos se moldavam, lançou a cabeça para trás e ofereceu-lhe todo o seu corpo.Sem afastar os olhos, deixou-se acariciar até aqueles dedos a penetrarem ao mesmo tempo que o polegar lhe massajava o clítoris. Deixou escapar um suspiro, arfou e depois gemeu. as suas mãos apertaram-lhe a carne, as suas unhas enterraram-se e as suas ancas iniciaram uma dança ritmada e ouviu-se murmurar «Por favor», ao mesmo tempo que a sua vagina se distendia prevendo o orgasmo iminente. Quando por fim a tensão explodiu o seu corpo exprimiu-se em lascivos urros e grunidos de prazer. A sua mão fechou-se em torno daquele membro poderoso e guiando-o foi abrindo as pernas.

Mergulhado naquela húmida tepidez, sentiu o membro duro e pulsante penetrá-la milímetro a milímetro e então, com uma estocada seca e firme, iniciou-se a dança, um movimento ritmado, cada vez mais urgente, ao mesmo tempo que a sua vagina sofria espasmos em volta daquele corpo estranho, apertando-o, contendo-o, incitando-o. Os seus corpos moviam-se a um ritmo selvagem investindo e empurrando cada vez mais fundo. Levantou a cabeça e dirigiu o olhar para onde os seus corpos se uniam, ali onde uns pelos negros se enroscavam no ruivo dos seus. Fechou os olhos e elevou ainda mais as pernas e então começou a agitar-se e a gemer como se estivesse a ter uma convulsão. Louca de prazer, mordeu o punho quando aquela onda de fogo a submergiu. Depois daquele orgasmo, ficaram ambos parados, tensos, presos um ao outro, ele ainda dentro dela, as respirações agitadas contra as peles húmidas....»

 

-Inácia, Inácia, acorda mulher!

-Fiquei aflita faltas-te à missa das seis.

- Que te aconteceu? tens o pulso todo negro....

- Foi só um sonho Tia Emília, só um sonho...

 

-Inácia, vestiu-se e sentou-se para tomar o pequeno almoço mas, em vez da costumeira oração, só lhe acudia ao espírito aquela música :

«Eles não sabem que o sonho

É vinho, é espuma é fermento

Bichinho álacre e sedento

De focinho pontiagudo

Em perpétuo movimento...

 

Eles não sabem nem sonham

Que o sonho comanda a vida...»

Levantou-se danada  a resmungar entre dentes " malditos cães" e abalou para a missa das oito.

 

 

Texto de ficção escrito na posse das minhas faculdades mentais ao abrigo da lei que me permite ser eu própria.

publicado por tailleur-e-saltosaltos às 09:40
link do post | confessionário | ver confissões (26) | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

Conversas de... merda!!!

 

 

Eu (saia justa) sou mulher, e asseguro que a tailleur-e-saltosaltos que é minha sócia no   blog também é.
Sou maior de idade, livre (isto da liberdade é relativo… a nossa acaba sempre quando interfere com a do outro) e emancipada. Educada, pago os meus impostos, e contribuo para o poder económico deste país. Quando ligo o computador (que por acaso até é meu) não estou a desfalcar ninguém, quer seja “estado” ou patrão. A luz também sou eu quem a paga e o meu tempo… bom o que faço com o meu tempo só a mim me diz respeito. Dito isto…

Pecadoras..  é um blog de sexo,  mas bem vistas as coisas é tão soft.. que até pode ser considerado “familiar” até porque é na base do sexo que também  se constitui família.
 Mas nem só de sexo vive uma mulher/homem… sim porque quer se queira quer não nem sempre o sexo e o amor andam de mãos dadas.

Não sei se isso é bom ou mau e de facto também não me interessa nada ..

Embora ainda se pense que para a maioria das mulheres o sexo e o amor têm que conjugar o mesmo verbo.

O sexo deixou de possuir só  a função reprodutiva para ser associado ao prazer. E agora, estas também  são  conquistas nossas, deixaram de ter o domínio  masculino.
As mulheres começaram a pensar por si proprias, afinal o pensamento é livre caramba!! A cuidar  da aparência a procurarem o seu espaço e a utilizar uma linguagem que sempre tinha sido restrita ao velho macho…sexo, desejo, prazer, frustação,traumas, repressão. Ou seja, as mulheres começaram a perceber que tinham direito á liberdade de serem elas próprias …à gestão de si mesmas  o direito de mandar no seu  próprio corpo e de conduzir livremente a própria sexualidade .

Mas há coisas que nunca mudam..
E uma delas são pensamentos machistas e retrógrados enraizados nem algumas mentes.. e que não se pense que são só nas masculinas… era bom era…
Não sei se existe grandes diferenças entre os homens e as mulheres… quer dizer os homens mijam de pé  e as mulheres não…

Agora estou a lembrar-me daquela musica:
“Que diferença da mulher o homem tem?
Espere aí que eu vou dizer meu bem: é que o
homem tem cabelo no peito, tem o queixo
cabeludo e a mulher não tem”.

Fora isso existem diferenças mas são aquelas que nos distinguem como pessoa…

O que é que leva alguém a fazer um blog é a pergunta que me ocorre… 

Eu tenho a minha teoria , mas isto cada cabeça cada sentença … e nestas coisas não podemos estar todos de acordo… já dizia o outro deus que foi deus não agradou a todos.
Eu pessoalmente sinto muito mais prazer a escrever neste espaço do que sentiria na cadeira de um analista, e é seguramente muito mais barato! E sem medicação … talvez com uma ou outra injecção de boa disposição.
Não utilizo a net  para confessar segredos fantasias  íntimos ou desvarios muito menos para impressionar ninguém.  Um facto simples de comprovar, os blog são um círculo vicioso… existe quase uma moeda de troca, ou seja (comenta para seres comentado) eu ,(saia justa) muito raramente faço comentários e muito menos com o intuito de atrair comentários.

Comento se gosto e não faço favores a ninguém,.

Um blog de sexo que começou com um desafio que fiz a uma amiga, (tailleur-e-saltosaltos) não fala sobre as nossas intimidade nem pouco mais ou menos… porque aqui entre nós e como disse o outro, “Se cada um conhecesse a intimidade sexual dos outros, ninguém cumprimentaria ninguém” e eu não sou excepção a regra…

Aqui só vem quem quer, mas a titulo de exemplo, tenho um outro blog que até acho bastante engraçado e em um ano de existência não teve tantas visitas como este em 5 meses… será que isto quer dizer alguma coisa?
Existe de tudo neste universo, as santas e as pecadoras! Mas quem disse que santas não pecam?!
A hipocrisia é um pecado já para não falar nas pessoas dissimuladas..  Por trás de um pseudónimo pode-se tudo… até julgar os outros, eu gosto de pessoas com “tomates”.

E que existe tanta gente sonsa…  imagino a caras de certos chefes de algumas empresas deste país fora , se soubessem que nas horas de serviço, aquela tipa com ar de estafermo a sonsa do segundo andar, posta com linguagem libertina de fazer corar as pedras da calçada as fodas que infelizmente não dá mas sonha dar…
Ou a outra, que até diz mal do patrão , que lhe paga mal como o caraças, mas que o rendimento dela é ver blogs escaldantes para depois mandar e-mails escabrosos…

Talvez seja essa ou esse... porque isto quem vê e-mails não ve caras... Que se vem a ler os blogs e depois chega a casa e diz ao marido/mulher que lhe dói a cabeça… Porque  teve  uma tarde de fodas oftalmológicas.

O sexo é um tabu e vai continuar a ser enquanto existir gente que se dá ao trabalho de não só ser  idiota  mas fazer questão de também parecer.
Se  a linguagem que utilizo é descarada , se os postes são canalhas se falo de sexo ou de amor, de fodas ou de quecas  não me parece que isso possa ser da conta de ninguém, PECADORAS como o próprio nome sugere não vamos falar de culinária muito menos de rendas e bordados… só entra quem quer.

Pecadora com certeza, sem vergonha de o assumir, já à muito tempo que perdi a vergonha e a mandei as urtigas, peco sim e se escrever aqui é pecado peco também virtualmente.

Mas não espreito blog e fico com o credo na boca !
 Espasmos e grunhidos abafados... os únicos que por aqui fiz, foi quando a sapo destacou o pecadoras , e por isso não vou pedir desculpa.
Mas não era mais fácil junta-se a nós;)
É que ainda agora estamos a começar…  ainda só estamos na cama … há tanto para falar;)


Espero que este post responda a todas as dúvidas e anseios da pessoa que gentilmente me enviou este e-mail

mjvidal@sapo.pt

Não sei se são mulheres ou homens por trás dessa coisa escabrosa que vocês chamam de blog. Para mim,  que não li toda a náusea que têm escrito só digo que  liberdade anda junto com responsabilidade e  liberdade sexual também. Como eu gosto de dizer, eu sou livre para dizer sim, e principalmente para dizer não. Aqui é oferecido como opção a pouca vergonha e perder-se os poucos valores que restam. Eu sou qualquer coisa menos "careta", e para mim também sexo exige qualidade. Aliás eu defendo a Qualidade Sexual, quando se fala em sexo, é fundamental. Não é a pieguice do "fazer amor" mas para mim, o acto sexual, a energia sexual é uma chave, um portal... e não tem nada a ver com espasmos e grunhidos abafados... que vocês por aqui nos querem impingir. É algo muito mais além... e quem o sente assim, Quem "sente" isso, nivela por baixo, não só n sexo, mas em tudo.
Outra vez: a liberdade sexual não é obrigação de fazer tudo, de fazer qualquer coisa... mas estes blogs  são feitos para as mulheres patriarcais se distraírem do essencial, nem mais. Só não compreendo como podem ter destaque.
O que é que leva uma mulher a rebaixar-se, humilhar-se e contar as suas intimidades em publico?
Haja decência

 
 

Saia Justa

 

publicado por Saia-Justa às 16:30
link do post | confessionário | ver confissões (38) | favorito
|
Quarta-feira, 15 de Julho de 2009

Um pouco de lésbicas ou a lésbica que há em nós..

Cabe a vocês decidirem o que é verdade ou ficção. A mim só resta tentar!!!!

Nem eu sou propriamente a Angelina Jolie nem  vocês ai desse lado! De certeza também eles que lêem isto não são propriamente os Bred Pitt da vida.
Portanto vou começar por dizer que sou bem gira ;) e para quem gosta do género não estou mal… o meu maior trunfo é estar de bem com a vida e sorrir muito e atraio muitos olhares ( também sou muito modesta)

Este é possivelmente o meu último post no pecadoras, depois “deste” a minha sócia recusa-se terminantemente a vir de férias e não quer mas parceria de escrita. Mas mesmo assim vou arriscar.

Existem coisas polémicas e controversas...
Há um anos atrás, numa das minhas andanças por fora..” isto passou-se numa sala de bowling” em Atlantic City (estão agora vocês a perguntar como é que alguém num sitio de casinos e todo um mundo de jogo perde tempo no bowling)  pois, houve uma altura que era viciada …
Bom mas continuando…

Éramos um grupinho de seis no total, três casais. Eu como sempre faço a festa, atiro os foguetes e apanho as canas… a noite estava divertida muita gargalhada, muita brincadeira, e eis que quando, alguém me chama a tenção ..:
-Já notaste que sempre que vais jogar aquelas tipas que estão ali ao lado não tiram os olhos de ti?
-Que tipas? Como sempre eu despistada só vejo o que está mesmo á minha frente..
- Aquelas ali… não tiram os olhos de ti!
- Sabes que sou boa… e dei uma sonora gargalhada, e a partir dai passei a prestar atenção nas ditas criaturas.
Não há nada mais misterioso, nas relações humanas, do que o processo de sedução, e as mulheres podem ser bem chamativas e apelativas…
Ao verem que eu estava atenta, não se privaram de demonstrar claramente o que pretendiam… desde os olhares penetrantes aos movimentos do corpo sensuais, uma delas pareciam um pavão a pavonear-se para a presa pronto a dar o bote..

Comecei a gostar e resolvi entrar no jogo…  olhava descaradamente e sorria ( com ar de totó) digo eu…

Duas delas , envolveram-se ali mesmo num verdadeiro “linguado “   as mulheres eram duas brasas e sabiam disso … entre beijos e toques explícitos elas olhavam e eu não me fazia rogada… olhava também e descaradamente.
E confesso que me estava a dar um certo gozo ver aquelas duas a esforçarem-se “por mim”…

Será que todas nós temos um pouco de lésbicas ou uma lésbica dentro de nós???
Ou é apenas vaidade feminina…?

A brincadeira até ali animada, acabou quando uma delas (já depois de me ter ouvido falar) se dirige a mim e me pergunta se sou polaca …?
 O meu mais que tudo que até ali, ( e eu pensava que estava a leste…)  que  só nós, as mulheres do grupo estava-mos a perceber o que se estava a passar, pôs um ponto final no assunto com:
Não ,não é polaca, porque?
E vira-se para mim e diz-me : Não achas que já foste longe de mais com a  brincadeira…?
E lá se foi a minha oportunidade de ver como é que a história ia acabar…

Sou curiosa confesso, e resolvi que tinha que tirar a historia a limpo… se tinha gostado de me sentir admirada, e talvez até desejada por aquelas mulheres porque não ver como era na realidade…
Preconceituosa eu??  Nadinha .
Mas tenho algumas vergonhas como toda a gente… Mas chegado a fazer que seja uma coisa há seria… com alguém que realmente “use” saias.

 Confesso que não sou muito dada a praticas religiosas, mas uma freira… porque não…? 
Tal como eu, também não ia querer que a coisa se espalha-se …  E e bem o pensei melhor o fiz….!
Mal a  olhei sabia que era aquela, pelo menos para começar… foi atracão imediata tipo  ao primeiro olhar… tinha um ar apetitoso e doce e eu pensei : É isto mesmo que eu quero… Lá fomos juntas e em silencio como a prever algo que se anunciava de bom, muito bom…
Fomos para minha casa, sim que eu sou uma rapariga recatada que gosta de aconchego do lar… mas para apimentar mais a coisa, o “banquete” foi na cozinha… coloquei-a em cima da mesa … com todo o cuidado , queria que a “coisa” fosse perfeita…

 Ela olhava-me impávida e serena,  como quem diz: Come-me… e eu não me fiz de rogada…

Olhos nos olhos, comecei delicadamente a despi-la.. tirando cada peça de capa branca que a cobria…  devagar e  arrancando-a com os dentes… que barriga linda … maravilhosamente dourada… pergunto-me como..? Se está sempre tapada com uma capa branca… mas adoro o toque a textura daquela barriga… até me fazia crescer agua na boca… tal como no sexo o deleite pode estar também no prazer de olhar … 

Com a língua comecei a saborear toda a sua  doçura… tentava dar o jeito para não desperdiçar nada… …  hum… isto é mesmo bem… nem eu sabia o que estava a perder…  foram uns momentos de prazer únicos.

Mas sentia que me faltava algo… nestas coisas nunca se esta satisfeito, e só “ela” não me estava a satisfazer (por muito boa que fosse) é então que penso, já que estamos em maré de  “pecado” porque não ele… um  (Jesuíta)
Olho para ele  e penso , só tu vais acabar de me satisfazer…  lindo, também ele com ar dourado e apetitoso… comprido ,jeitoso , com aquele peito de formato em V… e com muito “recheio” que nem queiram saber…  Anda cá meu lindo…
Não resisti e fui-me a ele… comecei por lhe dar duas trincas em partes estratégicas e comecei a sentir que desfalecia e se deixava comer com prazer…

Passado um certo tempo, ouço que metem a chave à porta…
Já estava eu refastelada e satisfeita a fumar um cigarro…quando diz uma voz:
- Depois diz-me que precisas de fazer dieta… a comer bolos dessa maneira é natural…!

- Adoro (barrigas de freira) E jesuítas também é dos meus bolos preferidos.

Pensando nos prós e contar de uma relação com uma mulheres, cheguei a conclusão de no meu caso, ficaria a perder…

Numa discussão… normalmente as mulheres falam e o homem escuta “finge” escutar. Duas mulheres a discussão começa hoje e sabe deus quando acaba…

Já para não falar na hora de sair… as lésbicas são mulheres como outras quais queres, logo vaidosas e demoram horrores para se arranjar… se dizem que uma demora duas horas para se “ arrumar” imaginem isto em dose dupla… sai da frente do espelho, agora é a minha vez… não é a minha… !

Em vez de 20 unhas para pintar, pés e mãos passam a ser 40 , a roupa espalhada para ver o que nos fica melhor passa a ser em dobro…  ou seja, ou começam a preparar-se as nove da manhã para sair à hora do jantar ou só saem na manhã seguinte…

Já para não falar no sexo… Menstruação duas vezes no mês ou seja, mau humor em dobro… e se não têm a sorte de coincidir, lá se vão 15 dias em jejum…

Definitivamente não me sinto atraída por este tipo de relacionamento.

Embora sem preconceitos eu diria , toda lésbica é uma  "Super mulher" vida dupla com direito a identidade secreta  e na maioria  são descriminadas.

 

publicado por Saia-Justa às 11:20
link do post | confessionário | ver confissões (29) | favorito
|

.Elas....

.pesquisar

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.pecados/recentes

. Curiosidades do João "E...

. Realidade ou alucinação ....

. “Cu que não fala é cu sem...

. Quem disse que o tamanho...

. Conversa de WC

. Quem disse...???

. Afinal no que ficamos...?

. Hummm, pode ser quentinho...

. Traição

. Umas dirão que sim, outra...

.pecados/absolvidos

. Fevereiro 2012

. Outubro 2011

. Abril 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

contador de visitas
compteur gratuit
contador de visitas

.últ. comentários

Vou revelar meu segredoNInguém imagina que na inti...
Procuro mulher fogosa para inversão.Tenho cara voz...
SoParaEla.Net ( SexShop , Sex Shop )http://www.sop...
Interessante. E agora, tantos anos depois... Já fa...
Pelo menos eu percebo e adoro quando minha namorad...
Kkkk... o que eu mais gosto é de explorar os lábio...
Macarron chacarron
Mulher, e a coisaa material mais gostosa que Deus ...
olá rapariga. pela tua mentalidade e pela abordage...

.mais comentados

132 comentários
101 comentários
88 comentários
87 comentários
81 comentários
eXTReMe Tracker
provided by Inteliture.com
Inteliture.com
online
blogs SAPO